Sábado, 19 de Junho de 2010
Festa Fim de Ano da Inês :)
E como está linda a minha Princesa! :)


publicado por Sheila às 17:59
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

Sexta-feira, 4 de Junho de 2010
Update

 

 

Tu tens um medo:

Acabar.

Não vês que acabas todo o dia.

Que morres no amor.

Na tristeza.

Na dúvida.

No desejo.

Que te renovas todo o dia.

No amor.

Na tristeza.

Na dúvida.

No desejo.

Que és sempre outro.

Que és sempre o mesmo.

Que morrerás por idades imensas.

Até não teres medo de morrer.

 

E então serás eterno.

 

Cecília Meireles

 

  Olá Amigos queridos :) Não estava prevista esta ausência, mas a vida troca-nos um pouco as voltas e acontecimentos inesperados tiraram-me a vontade de escrever e aparecer. Face à apreensão e preocupação que vivo de um problema pessoal de saúde só o farmville têm sido a minha "terapia" nocturna para não pensar muito, para não me focar em mim e para não ter margem para pensar o pior.

 

Por causa de uma alto que me apareceu no pescoço, fiz recentemente uma ecografia que revelou a existencia de vários nódulos da tiroide em evolução.

O tal “alto” corresponde a um nódulo já com 2,4cm e um outro interior com 3,3cm!

Ainda não sei o que se seguirá, na próxima semana é que poderei falar com a minha médica, mas pelo que tenho lido (é inevitável não pesquisar sobre o assunto) preparo-me para fazer uma biópsia e eventuais exames à tiroide. É uma situação estranha, uma vez que não tenho sintomas de disturbios da tiroide. Assusta-me fazer a biópsia, assusta-me pensar que os resultados possam ser maus... mas ao mesmo tempo sinto-me a ganhar força para estar preparada para tudo. Isto de nunca ter ido à faca é bom por um lado, mas a falta de experiência faz-me ficar assustada é um facto!

O meu chefe perguntava-me ontem se eu precisava de alguma coisa... neste momento apenas preciso de coragem e de um reforço de optimismo. Sou muito óptimista, mas também muito realista: as coisas más não acontecem só aos outros e cada vez mais há que estar preparado para tudo!

Vou dando noticias, prometo! Brevemente publico fotos da minha princesa, que está linda de óculos e cuja adaptação tem sido muito boa mesmo!

Beijinhos doces 

 



publicado por Sheila às 00:29
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Terça-feira, 30 de Março de 2010
Há coisas que nos deixam...

 

 

No passado Sábado fui jantar a casa de uns amigos conhecidos de uns amigos meus lol

Neste jantar acabei por conhecer novas pessoas e presenciar uma situação que me deixou perplexa e passados alguns dias confesso que ao pensar nisso ainda fico completamente banzada!

Já muito li e ouvi sobre as crianças sobredotadas... mas nunca tinha privado com uma. Até este último Sábado!

Foi num misto de extasia e perplexidade que convivi com o Santiago, uma criança que completa 3 anos em Junho, que desde os 17 meses conhece as letras, os números e detém um conhecimento incrivelmente superior ao esperado para uma criança dessa idade.

Pois é, só passando pela experiência e assistindo in loco às capacidades e aos conhecimentos que esta criança, de quase 3 anos, dividiu naquela sala, com todos os presentes. Sabem o que é assistir a uma criança a desfolhar um livro, sobre Países de todo o Mundo e ele sabia de cor, todos os Países pelas bandeiras, as respectivas capitais, os monumentos mais emblemáticos de cada sítio, inclusive as iniciais de cada País.

 

UUOOUUU... uma experiência alucinante mas arrepiante também, porque uma coisa é certa depois disto confesso que não vou voltar a "maldizer" a preguicite aguda e a falta de interesse que a minha filha Inês, com 8 anos, revela no seu dia a dia. Se por um lado queremos ter filhos espertos e inteligentes, mudamos de ideias quando assistimos a uma situação destas e ouvimos dos Pais o quão difícil é acompanhar e ter pedalada para o filho!

 

Alguém já teve uma destas experiências de tirar o fôlego cultural a qualquer um? LOL

 



publicado por Sheila às 23:45
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Terça-feira, 23 de Março de 2010
Se eu pudesse...

Dêem-me uma parede branca!

Quero reescrever-me

desde o início

Quero-me noutra história

em que eu invente o princípio

sem deixar nada ao acaso

Quero saber o que faço

e para quê

Quero ser dono do tempo, do espaço

desenhar as personagens

a cruzar no meu caminho

Quero ser o narrador

o dono, rei e senhor

de uma vida desenhada

a régua e esquadro

por - para - mim

 

Rui de Morais (Ver InVerso)

Caminhante

 

 Hoje estou como este texto... e se pudesse mudava muita coisa na minha vida!

 

Boa Semana!

 



publicado por Sheila às 09:42
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Quarta-feira, 10 de Março de 2010
Sentimentos

 

Se desmorono ou se edifico,

se permaneço ou me desfaço,

- não sei, não sei.

Não sei se fico ou passo.

 

Cecília Meireles

Motivo

Pois é meus amigos, e hoje uma quota parte da minha tarde foi sentida exactamente na onda do estado de espírito deste texto e em jeito de continuação...

 

Não fico nem passo

mas apenas VOU

na onda do destino...

 

Gosto de acreditar que na nossa vida nada acontece por acaso... Surgiu um convite para um novo desafio laboral. Não é em Coimbra, mas a uma hora de caminho... o que à partida me poderá obrigar a re-organizar toda a minha rotina. Amanhã saberei condições. Amanhã saberei avaliar se valerá a pena atirar-me de cabeça ou se continuo agarrar-me ao para-quedas de serviço!

Não me sinto nervosa... a idade trás-nos uma segurança incrível e a experiência ensinou-me a não sofrer por antecipação ou colocar demasiados "ses" no pensamento..

Amanhã o sol vai brilhar e isso é o que mais interessa lol

 

PS ultra Importante para a minha querida Marta M (vi o teu coment mas não vou conseguir responder), queria dizer-te que foi um enorme prazer e uma delicia ter-te conhecido hoje. Que bom que me reconheceste e me falaste. Adorei muito mesmo :)). Fico à espera de combinarmos um almoço ok? Beijinho doce para ti amiga :)

(... cross your fingers for me please! )

 



publicado por Sheila às 23:50
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 2 de Março de 2010
Serenamente contagiante...

Momentos serenamente contagiantes que enchem os meus dias de luz, carinho, afecto e tranquilidade. Momentos singelos e puros que me transmitem sorrisos e serenam o meu coração num final de dia...

 

 

 

 

"Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira" (Goethe)

 



publicado por Sheila às 23:05
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010
Saudades de Ti!

 

Já que não estás mais neste mundo para ouvir as palavras que ficaram presas no meu coração, deixa-me escrevê-las para libertar as frases e as histórias que já não te poderei contar, como quem apanhou beijinhos à beira-mar toda a sua vida e os devolve agora ao mar…

 

Sabes o quanto me fazes falta?

Eras o peso que fazia equilibrar a balança dos meus dias difíceis. Eras a cafeína que dava energia às minhas horas lentas.

 

Agora que já não estás aqui para temperar as minhas emoções e sentimentos, sinto-me vazia e tenho dias em que não consigo preencher essa solidão que me submerge, tantas vezes que acordo de manhã sabendo que não voltarei a ver-te, a falar contigo, sinto-me tão triste!

 

Tenho saudades das nossas longas e produtivas conversas. Aprendi tanto contigo sabias?

 

Passaram 8 anos, sei que muitos não compreendem porque não supero a tua ausência, mas como explicar-lhes? Como fazer sentir no coração dos outros aquilo que só o meu abrange? Por incrível que pareça sempre achei que íamos ser amigos até sermos velhinhos, e continua a ser difícil aceitar que já partiste.

 

Por isso, escrevo-te esta carta, porque mesmo não existente, és o único que entenderá… o quanto me fazes falta!

 

 

Beijinho doce meu Anjo!

 

 

"E de novo acredito que nada do que é importante se perde verdadeiramente. Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas, dos instantes e dos outros. Comigo caminham todos os mortos que amei, todos os amigos que se afastaram, todos os dias felizes que se apagaram. Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

Miguel Sousa Tavares

 

 

 

Querido H, passaram 8 anos e não há dia que não me lembre de ti. 8 anos em que revivo a imagem do meu marido a dar-me a noticia de que o meu melhor amigo tinha falecido num acidente. Um amigo insubstituível, companheiro incansável nos momentos bons e maus. Tu que me fazes falta em cada dia que passa. Tu que não esqueço, momentos que a memória e o coração mantém vivos sempre. Onde quer que estejas eu sei e sinto que estás sempre comigo. Que me proteges, que me visitas, que continuas a cuidar de mim. Em sonhos disseste-me um dia que tinhas de partir, mas que sempre que precisasse bastava fechar os olhos e chamar por ti. Quando esta noite me deitar, vou fechar os olhos e esperar que me visites no meu sonho e me contes as tuas aventuras... como dantes quando regressavas de uma das tuas viagens e trazias a magia do conhecimento dentro de ti. A vida nunca mais foi igual sabes! No entanto e desde que te perdi, aprendi a viver com outra intensidade, com uma esperança renovada e com a vontade de viver mais intensamente cada momento. O facto de raramente me chatear com alguém ou alguma coisa devo-o a ti.

Beijo doce e terno meu querido amigo.

Até já! 

 



publicado por Sheila às 00:25
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Sábado, 6 de Fevereiro de 2010
8 anos...

E faz hoje 8 anos que estava a umas horas de dar entrada nas urgências da Maternidade Bissaya Barreto, em Coimbra. Um misto de ansiedade e felicidade com um pouco de receio pelo meio, que foi rapidamente ultrapassado quando ao fim de algumas horas pude vivenciar o maior milagre da vida!

 

A 6 de Fevereiro de 2002 a minha vida ficou, definitivamente, mais enriquecida e ano após ano agradeço por este milagre chamado Inês.

 

Há momentos que deixam uma enorme saudade. Momentos únicos... Momentos especiais... Momentos que eu jamais esquecerei!

 

Aqui fica um breve olhar sobre os últimos 8 anos...

 

(Set 2001 - 5 meses de Gestação)

 

(2002 - 4 meses)

 

(Agosto 2003)

 

(2004)

 

(2005)

 

(2006)

 

(2007)

 

(2008)

 

(2009)

 

(2010)

 

Parabéns minha Princesa linda :) 

Sorri sempre para a vida,

 ela sorrir-te-á de volta!

Doce e Feliz dia de Aniversário minha Noquinhas

 

Excelente Fim de Semana para todos :)

 



publicado por Sheila às 03:23
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito

Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010
Momentos de Amor

 

 

Amar-te é:

 

     Ouvir-te como o som mais agradável e meigo

     que abafa por completo o ruído estúpido dos problemas;

 

     Ver-te como um horizonte, sempre constante mas diferente

     como o céu sempre a nascer à minha frente;

 

     Sentir-te como eco dos meus gestos, próximo e sorridente

     metade de mim, num todo de nós!

 

Amar-te é o que não posso dizer, assim sem mais nem menos

porque é só o que posso sentir!

 

                                                                   Sheila Marques

                                                                    14-01-1994

 

Meu amor, escrevi-te este texto já lá vai um tempito!

Passados 16 anos continuo a sentir exactamente o mesmo.

Parabéns neste dia especial, de mais um aniversário, de mais

um ano em que continuas a envelhecer junto a mim.

 

Quando os teus olhos verde água sorriem para mim, sinto que

tudo vale a pena! O melhor da minha vida és tu! Bora continuar a rodar??

 

 



publicado por Sheila às 00:34
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Sexta-feira, 29 de Janeiro de 2010
Procelas da Vida

 

 

É tão comum utilizarmos provérbios em dada situação que experienciamos e quantos não encaixam totalmente nas situações? Frases feitas e usadas ao longo dos tempos, que aprendemos, que escolhemos e usamos à medida que sentimos que podem ser aplicados.

 

Curioso que também há provérbios sábios e lógicos mas que na prática podem não se aplicar.

É costume dizer-se que “quem semeia ventos, colhe tempestades” e regra geral relacionamos às consequências de um determinado acto. No entanto e se pensarmos bem, as tempestades levam, regra geral, tudo à sua frente, não escolhem as suas vitimas e estas que sofrem com as tempestades não tem absolutamente relação nenhuma com quem semeou os ventos... E quantos semeiam ventos e conseguem fugir bem a tempo do local onde o caos foi semeado ou antes mesmo da tempestade chegar... lol. Dou comigo tantas vezes a pensar como é que me vi envolvida em determinada tempestade... e que ventos ainda soprarão por ai...

A minha maior admiração é a existência de pessoas que parecem ser imunes aos ventos que vão semeando e que conseguem ir escapando à merecida sentença da tempestade.

 

Ahhhh se vocês imaginassem o que este post já me “rendeu” de ventos fortes e baixas pressões... uiiiiii! Mas lá está, se há ditado que convém acreditar é que “depois da tempestade vem a bonança...” e os momentos menos bons são meramente passageiros...

 

Beijinhos

 



publicado por Sheila às 00:26
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Domingo, 24 de Janeiro de 2010
Momentos - 1ª escapadinha de 2010 - Serra da Estrela

Há momentos em que nem as mais belas palavras podem transmitir o intenso e o forte sentimento vivido.  Há sentimentos que a linguagem não expressa e há emoções que as palavras não sabem traduzir.

 

Aqui ficam as imagens do meu fim de semana, do meu carregar de baterias para mais uma semana de trabalho. Esta foi a escapadinha de Janeiro e a primeira de pelo menos uma escapadela em cada mês que for chegando.

 

Trabalho não é tudo. Tenho na minha vida coisas bem mais importantes onde sou verdadeiramente feliz, que quero preservar e que peço a Deus que me continue a dar a oportunidade de manter. Vivo num grande amor e estou rodeada de amigos que me preenchem, verdadeiros tesouros de uma existência e de uma vida bem vivida!

 

Serra da Estrela - 1ª escapadinha de 2010

 

 

 

 

 

 

 

 

Visitem o Hotel Alambique, no Fundão.

Só por estes magníficos jardins vale bem a pena :)

 

 

 

 

 

 

Tenham uma Excelente Semana!

 



publicado por Sheila às 23:37
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

Sábado, 23 de Janeiro de 2010
Aqui vou eu...

Daqui a umas horas estarei por aqui...

 

 

Já sei que lá não está a nevar... mas sei também que ainda há neve suficiente para fazer as delicias de todos!

 

 

Desejo-vos um excelente Fim de Semana! Até Domingo :)

 

wiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

 



publicado por Sheila às 01:50
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010
Triste é não sentir nada...

 

 

É possível entristecermo-nos por vários motivos ou por nenhum motivo aparente.

A tristeza pode ser por nós mesmos, pode vir de uma palavra ou de um gesto ou de uma dada situação. Quando ela aparece devemos esforçarmo-nos para recebê-la.

 

A tristeza não faz realmente bem à saúde, mas a introspecção é um recuo providencial, pois é quando silenciamos que melhor conversamos connosco próprios. E dessa conversa saiam lições, sinais, forças inesperadas, e a tristeza acaba também por sair, dando espaço a uma alegria nova e revitalizada. A tristeza é considerada uma anomalia do humor, uma doença contagiosa, que é melhor eliminar desde o primeiro sintoma.

 

Hoje acordei desmotivada, foi difícil sair da cama mesmo sabendo que um ténue sol se exibia lá fora e convidava-me a viver mais um dia. Hoje acordei desmotivada, foi com algum esforço que cumpri os rituais de sempre. Hoje não foi um dia como os outros, não encontrei energia nem para me sentir culpada pelo meu desanimo. A minha voz interior bem grita “anima-te!”... O meu subconsciente bem que me sussurra “- há muita gente que vive coisas graves”... mas a pouca energia desta manhã lá me empurrou a voltar a ser aquela que sempre fui... e a enfrentar a velha guerra de sempre, apesar do cansaço acumulado.

 

A verdade é que eu não acordei triste, mas assim fiquei durante o dia.

Apesar de triste, tudo está normal. Afinal ficar triste é um sentimento tão legítimo como ficar alegre. É um registo da nossa sensibilidade, que ora gargalha em grupo, ora busca o silêncio e a solidão. Estar triste não é estar deprimido.  Estar triste é estar atento a si próprio, é estar desapontado com alguém, com vários ou consigo mesmo, é estar um pouco cansado de certas repetições, é descobrir-se frágil num dia qualquer, sem uma razão aparente, embora no meu caso, eu saiba bem a razão. As razões têm essa mania de serem discretas.

 

Há dias em que a tristeza aparece e não há medicamentos mágicos para camuflar a nossa introspecção e desanimo.

 

Mas se pensarmos bem, até que pode existir uma alegria inesperada na tristeza, e que vem do facto de ainda conseguirmos senti-la.. Sentir alimenta, sentir ensina, sentir aquieta. Sentir é um retiro. O sentir não pode ser escutado, apenas auscultado, e às vezes é bom sermos o nosso médico de serviço.

 

Sentir é um verbo que se conjuga para dentro ao contrário do fazer, que é conjugado para fora. A vida assenta nesta dualidade entre o sentir e o fazer.

 

Inicio aqui uma nova etapa da minha vida. Estou cansada de sentir que devia ter feito isto ou aquilo e hoje é o dia que impulsiona a mudança e a minha força no combate ao cansaço de muitas repetições que me magoam, me afectam e me deixam triste.

 

Vou refazer o meu Curriculum, redireccionar a minha tristeza no sentido de alcançar uma alegria nova e revitalizada. É disto que estou a precisar para que amanhã ao sair da cama possa ser eu a gritar à minha voz interior: “estou animada... e vou conseguir!”

 

Desejo-vos uma doce semana!

 



publicado por Sheila às 23:52
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito

Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009
Post em jeito de Telegrama

Apesar da chuva e dos ventos fortes encontro-me em tour pelo Norte de Portugal. Neste momento em pleno Gerês, que apesar de chuvoso está bastante ameno com uns "deliciosos" 16º de temperatura lá fora. Aqui no apartamento de hoje, estamos mais quentinhos com todo o aquecimento ligado lol

Amanhã já começamos a descer, para que dia 30 já esteja em Coimbra e a tempo de preparar a entrada no novo ano que está já ai à porta.

Quero com calma fazer um balanço de 2009 e acima de tudo traçar objectivos para 2010. Essencialmente 2010 terá que ser um ano de viragem profissional. O ano em que ganho coragem e abro mão do comodismo profissional dos últimos dois anos. Cansei-me de dar o máximo, de vestir a camisola, de receber elogios. Assisto a mudanças que não me agradam e mesmo fazendo um esforço não consigo deixar de me sentir magoada com as alterações dos últimos dias: saida de colegas, entrada de outros a ganhar muito mais que os restantes... e com responsabilidades que não se comparam. Tenho amigos que me dizem que devo ter juizo... que não é de bom senso pensar em trocar uma empresa estável pelo desconhecido. Estou nesta empresa faço agora em Janeiro 12 anos já,  há dois anos que me mantenho num comodismo que começa a chatear-me e é hora de arriscar e de pelo menos fazer tentativas de mudança. 2010 será um ano de mudanças, ou pelo menos eu assim o desejo e com a forma e optimismo que me carateriza vou concerteza conseguir!

 

"De Tudo Ficam Três Coisas:

A certeza de estarmos sempre começando

A certeza de que é preciso continuar

E a certeza de que podemos ser interrompidos antes de terminarmos.

 

Portanto:

 

Fazer da interrupção um caminho novo,

Da queda um passo de dança,

Do medo uma escada,

Do sonho uma ponte,

Da procura um encontro."

 

Deixo muitos Beijinhos Doces e este video com uma mensagem lindissima

 

 Ps: Se tudo correr bem ainda volto antes do fim de ano :) Beijinhos



publicado por Sheila às 01:39
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009
Pérolas para a minha filha (2)

 

A minha noite de Natal

 

"Eu vi um boneco de neve que falava e eu perguntei:

- Tu falas?

- Sim, eu falo.

- Queres ir passear comigo?

O boneco de neve não ia desistir do passeio. Ao longo da viagem começou a ficar sol e o boneco de neve começou a derreter e eu comecei a ficar cada vez mais triste e mais triste e ouvi o Pai Natal e ele disse:

- Não chores Inês, para o ano fazes mais um.

Eu cheguei a casa e a minha mãe perguntou:

- Onde estiveste?

- Estive a passear no parque mãe. Podemos abrir as prendas?

- Sim podemos, a minha prenda está escondida na cozinha, vai procurar.

De repente bateram à porta e eu ouvi hohoho.

- Olha é o Pai Natal! O Pai Natal disse:

- Olá Inês, tu estás boa?

- Sim, estou. Toma é para ti Inês

- Eu também tenho uma coisa para ti Pai Natal"

 

Inês Ventura em 15/12/2009

Ontem já cheguei tardíssimo a casa, e quando a minha filha me diz que trazia trabalhos de casa... AIII... afinal entra de férias já esta 6ªf e ainda há trabalhos de casa... brrrr lol

O trabalho era escrever uma história sobre o Natal... e este  foi o texto com que a minha filha me presenteou. Digam lá que não está Brutal para uma menina de 7 anos e que fez sozinha!

Lindo!

Eu diria que tem futuro! :)

 

PS: Lembram-se deste desenho? Acabou por ficar em 2º lugar com uma diferença de 4 votos do primeiro lugar.  Acho que ainda não vos tinha dito :)

 



publicado por Sheila às 16:59
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009
Traço a traço... fazemos Laços

Os livros são importantes, para quem os lê e para quem os faz. Através deles, o autor oferece-nos uma visão de si  mesmo e do seu mundo e neles, podemos encontrar um lugar para nós próprios, uma imprevisível riqueza que passa a ser património cultural e afectivo de cada um de nós.

 

Para as crianças fazer um livro é apropriar-se de uma parte importante da nossa cultura, é participar num mundo maior, é compreender que aquilo que se pensa ou diz pode ser escrito, ilustrado, composto graficamente, impresso e devolvido à comunidade, deixando um legado às gerações futuras.

 

"Traço a traço... fazemos Laços"

 

Este é o livro que foi lançado hoje pela Fundação Bissaya Barreto. Um livro fruto do projecto "Um Ilustrador na Escola", que é o resultado de um projecto de aprendizagem lúdica que transformou as crianças em ilustradoras das histórias que para elas escreveram autores consagrados.

 

 

Este livro torna-se mais especial

quando uma das ilustradores foi a minha princesa Inês.

Aqui está ela na sessão de autógrafos lol

 

Hoje foi dia de lançamento!

Um final de dia lindo, em que o meu orgulho como mãe

e a emoção falaram bem alto.

 

De entre as cinco história, em forma de conto, que compõem esta obra, deixo-vos este texto da autoria de José Jorge Letria, e que é lindissimo!

 

"A Felicidade veste-se de azul

para abraçar a doce claridade das manhãs

e depois convida os meninos

para se juntarem numa doce canção de roda.

Enquanto cantam,

vão nascendo asas nas palavras

e fios de luz no corpo da melodia.

A Felicidade não gosta de ter pressa,

porque não tem comboios para apanhar,

nem aviões a chamarem por ela.

Gosta de se demorar junto de quem ama.

Só assim é capaz de sentir feliz.

Sim porque a Felicidade

tem mesmo de ser feliz.

Quando o dia finda, a Felicidade

abre a porta da noite, devagarinho,

e aninha-se dentro do sono para que todos

os meninos possam dormir tranquilos

até que o sol chegue e lhes diga

que nasceu mais uma manhã feliz

e tão mansa e azul como a alegria

esvoaçante das andorinhas"

 

 

Momentos únicos, daqueles que nos ficam na retina, daqueles que temos a certeza que nunca vamos esquecer na vida. Momentos que não perdem o brilho passada a emoção, e que no momento vivido são mesmo únicos.

 



publicado por Sheila às 01:23
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

Terça-feira, 1 de Dezembro de 2009
Quem Ama Educa

 

(sintonia entre mãe e filha - Junho 2002)

 

Ao olharmos um navio no porto, imaginamos que ele esteja no seu lugar mais seguro, protegido por uma forte âncora. Mal sabemos que ali está em preparação, abastecimento e provisão para se lançar ao mar, ao destino para o qual foi criado, indo ao encontro das próprias aventuras e riscos. Dependendo do que a força da natureza lhe reserva, poderá ter que desviar da rota, traçar outros caminhos ou procurar outros portos. Certamente retornará fortalecido pela aprendizagem adquirida, mais enriquecido pelas diferentes culturas percorridas. E haverá muita gente no porto, feliz à sua espera.

 

Assim são os FILHOS.

 

Estes têm nos PAIS o seu porto seguro até que se tornem independentes. Por mais segurança, sentimentos de preservação e de manutenção que possam sentir junto aos seus pais, eles nasceram para singrar os mares da vida, correr os seus próprios riscos e viver as suas próprias aventuras.

Certo que levarão consigo os exemplos dos pais, o que eles aprenderam e os conhecimentos da escola, mas a principal provisão, além das materiais, estará no interior de cada um: A CAPACIDADE DE SER FELIZ.

Sabemos, no entanto, que não existe felicidade pronta, algo que se guarda num esconderijo para ser doada, transmitida a alguém.

 

O lugar mais seguro que o navio pode estar é o porto. Mas ele não foi feito para permanecer ali.

 

Os pais também pensam que sejam o porto seguro dos filhos, mas não podem esquecer-se do dever de prepará-los para navegar mar a dentro e encontrar o seu próprio lugar, onde se sintam seguros, certos de que deverão ser, em outro tempo, este porto para outros seres.

Ninguém pode traçar o destino dos filhos, mas deve estar consciente de que na bagagem devem levar VALORES herdados como: HUMILDADE,  HUMANIDADE, HONESTIDADE, DISCIPLINA, GRATIDÃO E GENEROSIDADE.

 

Filhos nascem dos pais, mas devem tornar-se CIDADÃOS DO MUNDO. Os pais podem querer o sorriso dos filhos, mas não podem sorrir por eles. Podem desejar e contribuir para a felicidade dos filhos, mas não podem ser felizes por eles.

 

A FELICIDADE CONSISTE EM TER UM IDEAL A BUSCAR E TER A CERTEZA DE ESTAR DANDO PASSOS FIRMES NO CAMINHO DA BUSCA.

 

Os pais não devem seguir os passos dos filhos e nem devem estes descansar no que os pais conquistaram.

 

Devem os filhos seguir de onde os pais chegaram, do seu porto, e, como os navios, partirem para as próprias conquistas e aventuras.

Mas, para isso, precisam ser preparados e amados, na certeza de que: “ QUEM AMA EDUCA ”.

 

Içami Tiba

 

 

E como os pais fazem o máximo pela felicidade dos filhos... qual o melhor programa para um dia de feriado, qual é? De preferência seria não ter hora para levantar... mas amanhã não me vai calhar essa sorte! A minha filha tem uma festa de anos às 10h da manhã (acho que vai ser mais às 11h... não sei porquê lol ... ). Custa um bocado... sim já aqui o disse e volto a dizer... adoro dormir e custa-me a um dia de feriado ter que levantar mais cedo!! Mas quando penso que a festinha é de uma coleguinha da creche, que a Inês já só vai vendo em festinhas, sinto que é fundamental não se perderem estes laços da infância, e que nem o facto de terem seguido para escolas diferentes irá conseguir quebrar estes elos, que nós Pais somos também responsáveis por manter!

 

Deixo o Desejo de um excelente dia de Feriado!

Nós vamos divertir-nos muito... lol

 

 (... a sintonia continua...)

 



publicado por Sheila às 01:44
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito

Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009
A força da nossa vitória

 

 

Há quem diga que falar de nós próprios é subjectivismo ou vontade de protagonismo.

Sinceramente acho que falar de mim, das minhas experiências, dos meus desejos, medos e alegrias , é dar-me a conhecer, é partilhar o que sinto com mais alguém, é sermos nós próprios e demonstrar que não temos receio de ser quem somos com todas as nossas vicissitudes. Acho que o mesmo acontece quando alguém se partilha connosco. Sempre gostei de coisas simples, sem grandes floreados, de pessoas simples, humildes, sem tendências para grandes protagonismos.

Gosto de falar com quem quer que seja, de me relacionar, gosto de uma boa conversa, de gargalhadas e de tirar prazer daquelas pequenas coisas, e tão elementares da vida, como as brincadeiras, como as piadas, de até tropeçar nas brincadeiras dos outros e com isso rir ou fazer alguém sorrir.

Para mim a simplicidade pronuncia-se através de pequenos momentos como aquele em que a lareira me acompanha nas noites frias de Inverno, ou simplesmente passear à beira mar, sentir a brisa fresca que sacode os meus cabelos, em molhar os pés no vaivém das ondas, em deitar-me sobre a relva fresca num dia de Primavera e fechar os olhos e ouvir a vida em meu redor, em ter momentos de silêncio apenas meus sem ninguém por perto, em conduzir sem destino e parar onde me apetecer, em sentir o cheiro a terra molhada, a mar, a pão ainda quente...

Há de facto prazeres que dão sentido à vida, que nos dão alento, momentos de felicidade plena e cumplicidade com o que de bom a vida nos proporciona,

Há também momentos de derrotas pessoais, mas também de vitórias individuais e por vezes secretas que só nós conseguimos sentir.

Ontem, e depois de uma manhã intensa de karting e de um belíssimo almoço com amigos, o meu sofá saiu vitorioso e levou-me a uma entrega absoluta de momentos de leitura, descanso e dolce faire niente, mas ontem foi um dia importante para mim: comemorei uma vitória pessoal ao fazer um ano em que ultrapassei a pior situação da minha vida. Um problema pessoal, que durava há três anos e que só parou porque não aguentei mais, porque o admiti e decidi lutar contra ele. Poucos amigos pessoais sabem deste problema. Não o ocultei ou não o dividi com mais pessoas, porque há coisas que nos deixam tão em baixo que assumirmos o problema é já por si parte da força que precisamos para ultrapassar e conseguir dar a volta por cima.

Há, no entanto, um amigo que prezo muito, o primeiro a quem contei e que me ajudou muito. Dado o seu “alto status” sempre pensei que se afastasse, ou me passasse a desprezar, mas foi o que me ajudou naquele momento, que criou as condições necessárias na partida para uma possível resolução. Apesar de não nos vermos frequentemente e termos vidas bastante diferentes, bastou enviar-lhe uma sms a dizer: doce amigo, passou um ano! A resposta foi quase imediata: “tenho a firme convicção que vai ser para sempre...”. Um ano passado, em que me sinto orgulhosa de mim mesma, que quero comemorar 12 meses vitoriosos e que me dão tanta esperança e me fazem acreditar que quando queremos muito uma coisa, a nossa vontade é superior a qualquer vício!

 

Um dia prometo publicar um post e falar do mau que é o vício do jogo!

 

Desejo uma Óptima Semana :)

 

 



publicado por Sheila às 23:33
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito

Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009
Momentos de Ternura

 

 

 

 

 

 E esta ternurinha é o Twiggy, o nosso novo membro na familia desde 28 de Agosto. Só foi díficil na primeira noite, porque sentia a falta da mãe, mas desde ai até agora tem sido espectacular ver a sua adaptação dia após dia.

Adora dormir, mas tem também os seus momentos de brincadeira, de correrias, de saltos. Um encanto! Momentos de ternura é o que sinto sempre que olho para ele. Desejo que seja feliz connosco ( e que não nos estrague muita coisa cá por casa...)

 

Excelente Semana!

 



publicado por Sheila às 23:20
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Festa Fim de Ano da Inês ...

* Update

* Há coisas que nos deixam....

* Se eu pudesse...

* Sentimentos

* Serenamente contagiante.....

* Saudades de Ti!

* 8 anos...

* Momentos de Amor

* Procelas da Vida

* Momentos - 1ª escapadinha...

* Aqui vou eu...

* Triste é não sentir nada....

* Post em jeito de Telegram...

* Pérolas para a minha filh...

* Traço a traço... fazemos ...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!