Domingo, 20 de Dezembro de 2009
Momentos de Natal... passado... presente... recordações

Não me canso de dizer que a vida é feita de momentos...

Tenho andado ausente e tenho imensa pena, mas esta última semana foi para esquecer.

O ritmo tem sido alucinante... demasiado trabalho, demasiadas horas na empresa e pela noite dentro, e demasiado stress no cumprimento de deadlines... Ando numa ansiedade (quase infantil) para que chegue o Natal... a Inês também mas por outros motivos completamente diferentes lol. Anseio sobretudo por fazer uma paragem de ritmo, de reunir a família e os amigos, de esquecer por uns dias a desmotivação que tenho sentido a nível profissional..  Optimismo é obrigatório! Mesmo!

Como sou bem disposta por natureza e em jeito de época de Natal aqui deixo momentos especiais. Uns pertencentes a um passado mais longínquo, outros mais recentes, mas todos reflexo de boa disposição, sintonia e alegria partilhada.

 

 

Natal de 2003 - A Inês ia a caminho dos 2 aninhos e neste Natal deu as chupetas ao Pai Natal... eu ainda "jogava" na equipa dos (v)intes! Saudades...

 

 

 

Natal 2008 - a Inês não tinha os dentes da frente LOL

 

 

 

 

 

Natal 2009 - a Inês cada vez mais crescida e eu a ficar mais velha lol

 

E para terminar nós...

 

 

 

... desejamos a todos um Feliz Natal, com muita saúde, bem estar familiar, harmonia, tranquilidade, amor e amizade...

e que no vosso sapatinho encontrem o que mais desejem.

Beijinhos Doces

 

 



publicado por Sheila às 02:13
link do post | comentar | ver comentários (31) | favorito

Quinta-feira, 20 de Agosto de 2009
O colorido das minhas férias...

 

 

 

Qual a melhor forma de guardar no baú das minhas lembranças as minhas férias de Verão?

Para mim a vida é colorida, não tem sentido ser de outra forma.

Gosto de escrever colorido, as palavras ficam mais expressivas se estivermos atentos às tonalidades que nos rodeiam.

 

Assim escrevo as minhas férias baseada num variado colorido de tintas:

 

Escrevo a tinta azul, o mar e a linha do horizonte que se perde no mar; o céu, a melancolia dos fins de tarde na praia, a frescura do orvalho matinal...

 

Escrevo a tinta branca, as nuvens fofas por cima do mar e que por vezes me taparam o sol, a luminosidade dos dias, a serenidade de ver a Inês brincar e fazer novos amigos, a dança das ondas sobre os meus pés à beira mar, a areia macia na minha pele...

 

Escrevo a tinta verde, os campos verdejantes a caminho da Figueira da Foz, o cheiro das noites, os calipos de limão que comi à saida da praia, a passadeira da via verde...

 

Escrevo a tinta lilás, a modéstia e a sinceridade das crianças que se sentaram na minha toalha e partilharam lanches com a Inês, a sabedoria presente nas violetas à beira da praia...

 

Escrevo a tinta rosa, as mensagens e fotos que recebi sobre o nascimento dos filhos de alguns amigos e colegas, as conversas de fim de dia com a minha cara metade...

 

Escrevo a tinta vermelha, o meu saco de praia, a alegria e paixão de muitos namorados, os tons do céu em ínicio de noite que pelo retrovisor me acompanharam nas viagens para casa, os baloiços de um dos hoteis, o andar de mão dada aos fins de semana...

 

Escrevo a tinta amarela, os dias solarengos de praia, o gosto doce das bananas, o estaladiço das batatas fritas, o riso espontâneo da minha filha…

 

Escrevo a tinta laranja, a minha toalha de praia, o cheiro e o sumarento das laranjas, a quentura do sol na minha pele, o belissimo arroz de polvo e camarão da Praia Azul...

 

Escrevo a tinta cinzenta, um dia de praia submerso em nevoeiro, a preguiça de algumas manhãs em me levantar da cama, a solidão em alguns momentos…

 

Escrevo a tinta dourada, o reflexo do sol na areia, a felicidade de ter chegado bem, todos os dias, a casa …

 

Escrevo a tinta castanha, o meu spray solar da piz buin, a magestade de algumas árvores em Sintra, a mousse de chocolate especial do Mar do Inferno em Cascais, a tonalidade da minha pele,...

 

Escrevo a tinta preta, as letras do meu livro de férias, as lapas e os mexilhões agarrados às rochas, o conta km’s do meu carro a marcar 1328kms de idas diárias à praia com a minha filha, a noticia de um cancro numa pessoa amiga...

 

Escrevo a tinta prateada, a luminosidade das estrelas nas noites amenas que passei no pátio, a areia da beira-mar...

 

É hora de regressar ao trabalho e à rotina e levar dentro de mim um colorido de experiências e coisas boas que me enriquecem o passado, me fazem valorizar estes momentos de pausa, mas que, acima de tudo, me enriquecem como pessoa, mulher, mãe, educadora, amiga e profissional!

 



publicado por Sheila às 01:54
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito

* mais sobre mim
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Momentos de Natal... pass...

* O colorido das minhas fér...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* pesquisar