Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009
Ser Feliz ou ter Razão?


Para reflexão...


Oito da noite, numa avenida movimentada.

O casal já está atrasado para  jantar na casa de uns amigos.

O endereço é novo e ela consultou no mapa  antes de sair.

Ele conduz o carro. Ela orienta e pede para que vire, na  próxima rua, à esquerda.

Ele tem certeza de que é à direita. Discutem.

Percebendo que além de atrasados, poderiam ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida.

Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado.

Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno.

Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados.

Mas ele ainda quer saber: - Se tinhas tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devias ter insistido um pouco mais...

E ela diz: - Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz.

Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!

Esta pequena história foi contada por uma empresária, durante uma palestra  sobre simplicidade no mundo do trabalho.

Ela usou a cena para ilustrar quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão, independentemente, de tê-la ou não. Desde que ouvi esta história, tenho me perguntado com mais frequência: 'Quero ser feliz ou ter razão?'

Outro pensamento parecido, diz o seguinte: 'Nunca se justifique.

Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam.

Eu já decidi... EU QUERO SER FELIZ e vocês?

 



publicado por Sheila às 09:43
link do post | comentar | favorito

12 comentários:
De comecardenovopt.blogspot.com a 28 de Outubro de 2009 às 12:13
Isto fez-me rir, porque retrata bem a maioria dos homens; primeiro, eles detestam parar e perguntar quando se sentem perdidos no caminho; o meu detesta fazer isso; costumavamos armar uma discusão por causa disso; com o tempo fui aprendendo que é melhros agir como o personagem do texto e faço muitas vezes isso agora; digo: está bem..pronto..tu é que sabes e acabo a conversa; isto só com o tempo se vai aprendendo, mas chega-se lá. O Gps veio resolver esse problema, mas mesmo assim há alturas em que não o liga e outras vezes tem~se perdido porque não obedece às instruções, achando que...« não é nada por aí..»; eu fico calada e daí a pouco ele diz...» afinal é..deve ter mudado aguma coisa. Enfim...deixemo-los pensar que sabem tudo e sejamos felizes. Mas, olha, eu estou casada há 34 anos e passaram-se poucos desde que comecei a optar por esta atitude; não é fácil!!! Um beijinho
Emília


De Sheila a 28 de Outubro de 2009 às 23:59
É verdade :) Valha-nos o GPS, mas nem assim deixam de ser teimositos lol
Também já adoptei há imenso tempo essa táctica e tantas vezes que me divirto sempre que há enganos de percurso, mas chatear-me ou stressar por causa disso, acabo por não ter muito feitio para isso :)
Espero que esteja tudo bem ctgo e com os teus,
um grande beijinho para ti amiga


De MIGUXA a 28 de Outubro de 2009 às 16:13
Sheila,

Minha querida,

Na flor da idade, inexperiente, sempre de nariz empinado, tive frequentemente a leviandade de demonstrar que quando tinha razão, ninguém me retirava o respectivo estatuto. Coitada da pequena, pouco a pouco, a vida foi passando, ela foi crescendo e concluindo à custa de algumas trocas de palavras menos bem conseguidas e alguns amuos que, é óptimo ter razão mas ser feliz é sem qualquer dúvida bem melhor.

Beijinhos doces e uma semana serena cheia de paz e amor.

Margarida


De Sheila a 29 de Outubro de 2009 às 00:08
Minha doçura :)
assim de repente tentei imaginar-te de nariz empinado LOL e não fui capaz
Mas é verdade, numa determinada idade achamos que sabemos e conseguimos tudo, depois vamos crescendo, experienciando, contactando com outras pessoas que tb acham que sabem tudo (e às vezes até sabem lol) e vamos mudando, crescendo e melhorando a nossa forma de estar na vida.
Eu sempre fui muito frontal e impulsiva e engolir sapos era coisa que não admitia. De há uns anos para cá amadureci muito e o que antes considerava sapos, hoje vejo-os de outra forma... já me habituei a contar até x antes de reagir e não reajo a quente. Vamos envelhecendo, mas sem dúvida com uma serenidade de espírito incrivel e que nos faz passar a ter uma postura e atitude completamente diferentes.
Beijinhos doces plenos de carinho e o desejo de uma noite feliz, com sonhos doces :)


De Selene a 28 de Outubro de 2009 às 18:10
Eu prefiro ser feliz...
Já me apanhei numa situação idêntica e fiz isso mesmo, disse que não queria continuar a "discutir" porque não me queria chatear com o meu amor. Ele compreendou, calou-se e depois abraçamo-nos...
Eu percebo que quando não vale a pena não argumento mais mas sinto-me injustiçada por dentro quando tenho razão e me mandam calar independentemente se tenho razão ou não.
Isso aconteceu-me uma vez no trabalho, nunca mais esqueci...
Beijinhos doces.


De Sheila a 29 de Outubro de 2009 às 00:14
:))))
É importante quando percebemos que não vale a pena querermos ter razão. É tão bom sentirmos-nos tranquilos, sem stresses, sem chatices ou arrufos. A vida é tão efémera que o importante é procurarmos alento e reforçarmos o nosso equilibrio.
Eu também tenho situações que já aprendi a ficar calada, mesmo que por dentro até tenha argumentos para inverter a situação, mas já aprendi que tudo se resolve, e a nossa serenidade é a chave!
Um beijo enorme e muito carinhoso para ti linda
Sonhos Doces
Dia lindo amanhã


De cuidandodemim a 28 de Outubro de 2009 às 19:01
Ui amiga, este assunto dava "pano para mangas"...
Há pessoas que gostam de ter sempre razão, levam a sua opinião até ao fim, independentemente de tudo... Eu gosto mais da paz que sinto quando estou em sintonia com as outras pessoas, de as compreender e de aceitar que há pessoas que têm opiniões diferentes... Que nem sempre estou certa.
"Dar o braço a torcer" nem sempre é fácil, mas quando se tem amor pelo outro, é o melhor a fazer. Compreender, respeitar, são sinais de que se tem o outro em conta e não se é egoísta para se querer ter sempre razão.
Outra coisa aqui envolvida é o perdão, o saber perdoar um erro e o pedido de desculpas quando se viu que se errou...
Bjns


De Sheila a 29 de Outubro de 2009 às 00:21
ó se dava amiga :)
Há de facto pessoas que personificam em si a razão e tudo o que defendem é que é lógico e verdadeiro. Confesso-te que fujo destas a sete pés, no entanto e no meu seio de amizades tenho alguns amigos assim... o "truque"é evitar entrar em confronto de ideias, ou de assuntos em que à partida se nota logo diferenças de opinião! Não é fácil!
Tens muita razão quando falas na questão de perdoar, para muitas pessoas é impensável dar o braço a torcer ou conseguir emitir um pedido de desculpas, enfim é triste! Eu quando erro sou a primeira admitir e a pedir desculpas.
Excelente comentário a este post :)
Um beijo enorme para ti linda :)
Noite de sonhos serenos e doces


De Segredos!!! a 28 de Outubro de 2009 às 20:50
Eu também quero ser feliz...:)

Beijinhs****


De Sheila a 29 de Outubro de 2009 às 00:24
Olá :)
Desculpa ainda não te tinha respondido. Mas sei que já me tinhas deixado um coment num outro post, e eu agradeço muito a tua presença aqui neste doce refúgio :)
Adicionei-te no Hi5 :P Espero que não te importes lol
E sinceramente?
Eu acho que tu já és feliz!!! ehehe
Beijinhos doces


De jangadadecanela a 29 de Outubro de 2009 às 10:40
olá Sheila,

sem ler o texto e respondendo ao titulo: ser feliz sem dúvida...

lendo o texto, faz todo o sentido....

um abraço
Luís


De cumplicedotempo a 29 de Outubro de 2009 às 16:54
ser feliz sem duvida minha amiga , ser feliz
a razão embora não lhe podemos retirar o seu valor e a sua necessidade em muitos casos não passa de um simples argumento
a felicidade e muito mais do que isso , e o bem estar , a harmonia , o equilíbrio das relações
recordaste me um episódio que me aconteceu a uns anos atrás , uma vizinha minha pediu me para dar explicações ao seu filho , que sofria de uma pequeno atraso mental e tinha dificuldades em acabar o 6º ano
com o passar do tempo percebi que esse pequeno atraso aparente , nada tinha a ver com falta de inteligência ou algo que se parecesse
mas sim de uma falta de auto estima enorme que aliada a uma gaguez e a uma infância perturbada (suicídio do pai) o paralisava aquando alguém o pedisse para intervir , responder ou simplesmente comentar
ou seja todo o trabalho reverteu se em chamar a sua felicidade de volta , antes se quer de o chamar a razão fosse pelos erros que fosse
nunca nos primeiros tempos lhe disse estas errado ou o martirizei com adjectivos negativos
de forma simples e bem elaborada fui o cativando a aprendizagem , desde a coisas mais simples ate chegar as matérias que esse 6 ano assim o exigiam
ele foi ganhando uma auto confiança enorme , nesse positivismo que lhe fui presenteando , e se antes chegaria a casa e se fechasse no seu canto , passou então a devorar pequenos livros sempre avido de no dia seguinte me surpreender com algo mais que tivesse aprendido (sozinho com ele dizia)
ai se sobrepôs a felicidade a razão , e ela razão veio de forma natural
orgulhosamente digo te passou esse sexto ano , e a mim fez me passar a mensagem que a razão tem o seu espaço na felicidade e não o contrario :)


beijo cúmplice


Comentar post

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!