Sábado, 19 de Setembro de 2009
O Principe das Estrelas

 

Num tempo remoto, num reino distante, nasceu um homem que, desde pequeno, sonhava possuir algo de muito valor na vida.

Na sua infância deitava-se à sombra das árvores, imaginando... O anil dos olhos mirando o azul do céu, passava horas a fio a idealizar poder e riqueza. Mais que isso, ambicionava conquistar aquilo que de mais grandioso sabia: a natureza em todo seu esplendor...

A sua vida era planear o futuro. Um futuro brilhante.

Perdido em devaneios, carecia de tempo para notar as pessoas à sua volta. Assim foi que passou-lhe despercebida uma menina que, tinha por hábito espreita-lo, e silenciosamente, o observava com admiração...

Facto era ser belo este nosso jovem, e inteligente, e forte, e ambicioso. Primaveras e Invernos passaram velozes e ele cresceu. Muito e muito lutou pela sua prosperidade e poder... E, de todos, é sabido que se transformou de facto, não só no mais rico, como também no mais poderoso e invejado príncipe de todos os tempos, de todos os reinos. As suas façanhas alcançaram os sete cantos da Terra.

Tomou para si coisas nunca dantes conquistadas. Numa caixinha de ouro aprisionou o mais suave canto dos pássaros. Com cuidado guardou no baú o fino orvalho da madrugada. Num recipiente de madeira acalentou um subtil raio de Sol. Arquivou as rebuscadas palavras e os sinceros sentimentos dos poetas. Numa das luxuosas salas do seu castelo armazenou as mais belas melodias de líricos menestréis. E, o mais assombroso, conseguiu aprisionar o lume das estrelas numa caixa de cristal.

É bem verdade que o soberano passou anos felizes no seu castelo, alimentando-se de sua glória e fulgor...

Assim foi até que um dia instalou-se um enorme vazio no peito. Tinha poder e riqueza, honrarias e fama. Tudo com o que sonhara... ou quase tudo... Mas faltava-lhe algo inefável... Sim, uma presença companheira, alguém com quem pudesse compartilhar o sucesso.

Certa vez, o principe passeava-se pelos seus imensos pomares... deitou-se melancólico à sombra de uma das árvores, para o límpido do céu apreciar. Recordou a época em que era apenas um menino e almejava obter tudo aquilo que agora lhe era real... Subitamente pressentiu alguém espreitando-o, admirando-o, talvez... Olhou para os lados, vasculhou, mas nada viu. Era somente a vaga lembrança de uma menina travessa que se fazia presente. Teve o ímpeto de gritar o seu nome - qual mesmo seria ele? - e com ela conversar. Dizer das suas lutas e temores, mágoas e realizações...

Entretanto de nada adiantaria gritar. A sua ténue memória conseguia trazer de volta apenas a expressão dos olhos cor de mel daquela criatura longínqua. Foi aí que percebeu, com tristeza, que nem mesmo o tremeluzir das estrelas na sua caixa de cristal era tão enigmático, atraente e belo. Com amargura descobriu que seria o brilho daquele olhar o seu maior e mais valioso tesouro... O único que, em tempo algum, preocupou-se em conquistar. Aquele que jamais haveria de ter.

Ainda hoje, contam a história do príncipe das estrelas, como era conhecido este nosso personagem. A sabedoria popular acrescenta que, ao fazermos planos para o futuro, devemos cuidar para que neles não falte o lume dos olhos de alguém ao nosso lado. A trágica consequência deste esquecimento seria, sem dúvida, o maior de todos os sofrimentos: a solidão.

 

A Solidão é um daqueles lugares para visitar uma vez ou outra, mas muito mau de adoptar como morada. “Valorizar o que queremos perder, é Indecoroso. Valorizar o que perder não queremos, é Dignidade. Desvalorizar o que valor não tem, é Sensatez. Há que acatar tudo com decoro e sensatez porque a Vida é cheia de Horizontes e até o Sol os cruza, um de cada vez.”

 



publicado por Sheila às 02:37
link do post | comentar | favorito

12 comentários:
De comecardenovopt.blogspot.com a 19 de Setembro de 2009 às 09:21
Eu costumo dizer, amiga, que nesta correria dos tempos modernos devemos arranjar um pouco de tempo para cultivar as nossas amizades, os nossos relacionamentos; regá-los com cuidado, nem que seja com um simples tetefonema de vez em quando, um cafézinho juntos, uma saída de quando em vez: Se assim não fizermos corremos o risco de, quando não pudermos correr mais, de quando os nossos pássaros voarem, de quando o nosso emprego se for, ficarmos sós, pois os nossos amigos ficaram para trás e agora é difícil trazê-los de volta. Chamo muitas vezes a atenção para isso ao meu filho que já casou; que arranje sempre tempo para manter contacto com 2 ou 3 casais, pelo menos, pois, além de um relacionamento ser difícil de manter sem AMIGOs, um dia , quando envelhecermos, estaremos sós. Um beijinho e parabéns pelo tema

Emília


De Sheila a 21 de Setembro de 2009 às 00:57
Olá Emilia,
Não é fácil mantermos contacto assíduo como gostariamos com todos aqueles que gostamos, além de que isso nem sempre depende exclusivamente de nós. No entanto é possível e é sem dúvida importante não vivermos a vida a olhar apenas para nós porque sem os amigos nunca poderemos ser completamente felizes.
Felizmente tenho sempre muitas pessoas por perto e é raro o fim de semana que não tenha programas combinados, mas também tenho alturas que tenho necessidade de me isolar, de ficar no meu cantinho a curtir umas boas horas em casa, enroscada no sofá... como me sabem bem esses momentos! Em suma é muito importante cuidar bem das nossas amizades, principalmente daquelas que nos dão alento, sintonia e que se traduzem em relaccionamentos de imensas cumplicidades. Com o tempo tornamo-nos mais selectivos e chegamos a uma altura da vida que cuidamos com extremo carinho das relações que nos são importantes e vitais para o nosso equilibrio e paz interior.
Beijo enorme para ti e o desejo para que nunca fiquemos sós!
Boa semana amiga linda


De ♥ Flor Cintilante ♥ a 19 de Setembro de 2009 às 22:00
Bom fim de semana amiga

°..°..°Que a cada amanhecer,°..°..°
°..°..°raios de sol penetrem a tua alma°..°..°
°..°..°enchendo-a de paz e da certeza°..°..°
°..°..°pois a vida é feita sempre de Esperança !
°..°..°e a cada manhã temos a chance,°..°..°
°..°..°e a oportunidade de um recomeçar !°..°..°
°..°..°Que teus sonhos sejam realizados,°..°..°
°..°..°teus ideais sempre preservados°..°..°
°..°..°e um toc toc bata em tua porta°..°..°
°..°..°trazendo como o presente,°..°..°
°..°..° "A FELICIDADE!!!!" °..°..°
]...._.;_'.-._
...{`--..-.'_,}
.{;..,__...-'/}
.{..'-`.._;..-';
....`'--.._..-'
........,--\..,-"-.´´
........`-..(..'-...´´
................;---,/´´
..........,-""-;´´
......../....-'.).\
........,---'`...\´ beijinho cintilante***


De Sheila a 21 de Setembro de 2009 às 01:00
Olá minha doce e cintilante amiga :)
Bem haja por este poema lindo que aqui me deixas.
E eu desejo que no teu coração esteja sempre bem presente a Felicidade e que dia após dia consigas sempre alcançar os teus anseios e metas.
Beijinhos doces para ti amiga
Boa Semana!


De comunicadoras a 20 de Setembro de 2009 às 00:02
Oi sheila
Quantos n~ao seguem as pegadas do princesinho...
Mas sheila, a vida da´ tantas voltas, que nem sempre, quem semeia colhe..
Por isso amiga fazemos o melhor , que pudemos e sabemos , mas mesmo assim sei que a solid~ao vai chegar e eu vou chorar...
At´´e breve
Herminia


De Sheila a 21 de Setembro de 2009 às 01:04
Olá Hermínia
A vida dá muitas voltas é verdade amiga. Mas ninguém está absolutamente sozinho neste mundo. Uns amigos vão outros virão, além de que não podemos fazer planos a tão longo prazo, se vivermos bem o presente, valorizando cada momento, não dúvido que mesmo que um dia estejamos sós fisicamente, teremos forçosamente muita companhia no nosso pensamento e acima de tudo no nosso coração. Não sofras por antecipação, ou não chores por um momento que não chegou e pode nem vir a chegar... o momento presente é hoje e sem lágrimas combinado?
Beijinhos doces para ti e desejo-te uma boa semana


De cumplicedotempo a 20 de Setembro de 2009 às 19:08
bonita lenda minha amiga
e estou completamente de acordo no que dizes , a solidão pode se visitar de tempos em tempos numa forma de introspecção , mas dessa visita fazer estadia prolongada e realmente nocivo
a solidão quebra o prolongamento dos sorrisos , faz com que eles se abrem e se fechem num só rosto
e nada como ver os sorrisos se abrirem num rosto e se prolongarem por aqueles que com eles se cruzam :)

beijo cúmplice doce amiga


De Sheila a 21 de Setembro de 2009 às 01:12
Olá doce cumplice :)
sem dúvida que a solidão é apenas "saudável" em momentos decididos por nós. Quantas vez declino convites quando o que me apetece mesmo é ficar no meu sossego, enroscada no sofá a ler ou a ver um filme. Também temos momentos em que nos vemos sós e não gostamos... é raro mas por vezes acontece ter que almoçar sozinha, confesso que me custa, mas dou a volta, compro uma revista ou decido ir a um restaurante onde conheça alguém (felizmente conheço meio mundo em Coimbra e raramente tenho momentos sós), mas há que mesmo nesses momentos conseguir "desafiar" o que de negativo nos faz sentir!
Que a solidão exista apenas em momentos precisos e que a nossa luz consiga ser sempre forte o suficiente para iluminar os que nos acompanham e de nos iluminar nos momentos em que caminhamos sós...
Grande beijo de cumplicidade para ti


De Just Moments a 20 de Setembro de 2009 às 19:47
Olá fofusca linda!

lindo como sempre..e concordo totalmente..é daqueles sítios para se visitar e por vezes até temos uma enorme necessidade de o fazer..mas não para morar!
afinal somos seres sociais, que vivemos em sociedade..

E até o SOL os cruza!

beijinhos lindos


De Sheila a 21 de Setembro de 2009 às 01:18
Olá Linda
:) uma lenda que nos arrebata e nos assusta ao mesmo tempo, mas tão possível de acontecer não é?
Tantos que vivem as suas vidas atrás de um objectivo, e esquecem-se dos que estão à sua volta, até que um dia acordam para a vida e enfim é tarde demais! Acima de tudo precisamos todos uns dos outros, a vida não faz sentido sem que a passemos em sintonia com o que nos rodeia, com os nossos amigos e familiares, com os colegas de trabalho... tudo reunido é que faz sentido!
Que o Sol nos visite sempre e nos brinde sempre com o seu calor e brilho

Beijos muito doces e plenos de carinho!
Desejo-te uma excelente semana fofusca linda :)


De Nuno Cadete a 21 de Setembro de 2009 às 10:07
Excelente Conto, parabéns...

Beijinho a todos

Nuno


De Sheila a 24 de Setembro de 2009 às 01:33
:) Olá Nuno,
Obrigado pelas palavras de carinho :)
Espero que estejas bem!
Beijinho grande da patareca e outro beijo meu :)
Abraço do Rui


Comentar post

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!