Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009
Para que a vida seja vitoriosa...

 

Tudo na natureza obedece a um ritmo.

As flores e folhas abandonam a árvore quando o Outono anuncia sua chegada... E retornam mais belas quando o período de recolhimento se finda e os galhos já estão prontos para receber a Primavera novamente.

Abandonar a árvore não significa morrer ou sair da vida, mas servir à vida; servir não como um executor de ordens, mas como aquele que se descobriu parte integrante de algo maior que a sua efêmera condição de folha ou flor; abandonar a árvore é permitir que o movimento continue e a vida seja vitoriosa.

O Inverno silencia a música eufórica do Verão para que os animais se recolham e a terra aquiete, a fim de preparar a festa da Primavera.

E quando tudo está pronto, a vida explode no milagre de cores e formas; os animais saem do seu silêncio sagrado e preparam-se para o acasalamento... Para que a vida seja vitoriosa.

Servir à vida significa penetrar nesse movimento sagrado - permitir-se ser acolhido pelos braços generosos do Universo, quando ainda não temos braços para acolher; recolher-se para preparar as flores e os frutos e, assim começar a aprendizagem de reconhecer-se fruto e não lavrador, só então, é chegada a hora de abrir os braços e o coração para que todos os seres possam desfrutar desses frutos, e assim realizar o sagrado ofício de se dar.

Existir é celebrar a maravilhosa oportunidade de fazer parte desse mágico espectáculo e, quando chegar a hora, abandonar os frutos, as flores e todos os seres que fizeram parte dessa trajetória, como um actor que sai de cena, quando a cortina se fecha e a peça já não existe mais no palco, mas no coração dos espectadores... Tudo isso, só para que a vida seja vitoriosa.

Por que nós, humanos, temos tanta dificuldade em participar desse movimento?

Por que tentamos agarrar a vida, como se fosse um objecto qualquer, pronto para ser incorporado ao nosso património?

Pobres de nós, humanos, que tentamos segurar esse fluxo, com as mãos e nos desesperamos quando percebemos que tudo se esvai pelos nossos dedos.

Não nos permitimos dançar com a música do Universo, porque estamos preocupados em congelar a melodia, cristalizar a nota e não percebemos que, com isto, matamos a música. Talvez seja o momento de nos consciencializarmos que o nosso ofício é participar com sabedoria e generosidade desse movimento sagrado... Para que a vida, seja vitoriosa!

 

Miriam Morata Novaes

E está tudo dito! Que façamos de cada dia da nossa efémera existência uma vitória!

 



publicado por Sheila às 02:36
link do post | comentar | favorito

10 comentários:
De Selene a 11 de Setembro de 2009 às 11:02
Pois é, por vezes estamos demasiados ocupados, desconcentrados no espectáculo que é a natureza, esquecemos-nos que fazemos parte dela e do milagre que é a vida...
Bjns doces.


De Sheila a 11 de Setembro de 2009 às 20:04
É bom encontrarmos equilibrio na sintonia com a vida e com o nosso dia a dia. Perdemos demasiado tempo a queixarmo-nos, a ansear por algo ou por alguém e perdemos momentos de vida. Mesmo quando andamos mais ocupados devemos fazer um forcing por manter aquele equilibrio interior. Se hoje estou a dar demasiado no trabalho, vou ter que saber compensar na minha vida pessoal e isto faz-nos viver em sintonia com o tal equilibrio que tanto necessitamos para viver bem e mais em pleno com o Universo :)
Desejo-te um excelente fim de semana amiga linda.
Beijo enorme


De Selene a 12 de Setembro de 2009 às 09:02
Pois é! A propósito da ansia sempre de algo escrevi um post que fala um pouco disso, se quiseres dá uma olhadela ao meu post "Agora".
Beijinhos doces e bom fim de semana para ti também.


De comecardenovopt.blogspot.com a 11 de Setembro de 2009 às 11:29
A vida é feita de ciclos, de etapas; acaba uma começa outra e quando essa outra começa já é diferente; tudo mudou.., tudo se transformou...; nada nem ninguém é igual; é assim com a natuteza, é assim com os animais e com os humanos; tudo caminha em perfeita sintonia e se não interviessemos não haveria animais em extinção, plantas ameaçadas, mares a avançarem cada vez mais, rios a ficarem cada vez menores. Mas o homem acha-se no direito de interferir, pois é o inteligente, o que sabe tudo e por isso o nosso planeta está a pedir socorro. Um beijinho e até breve


De Sheila a 11 de Setembro de 2009 às 20:14
Tens muita razão no que dizes e o Homem, ser humano racional apresenta cada vez mais um péssimo uso do seu raciocinio.
Para tudo o equilibrio, o dar valor e a sintonia de sentimentos verdadeiros e humanos é cada vez mais necessário para a evolução.
A vida é efémera, A Vida é cheia de contrariedades mas é a nossa vida e devemos dar-lhe todo o sentido e conseguir vive-la plenamente.
Grande e enorme beijo para ti amiga
Desejo-te um excelente fim de semana :)

Ps: espero que os teus netinhos estejam bem e continues uma avó bem babada :))))


De Sindarin a 11 de Setembro de 2009 às 13:17
Olá minha amiga. Peço desculpa se talvez te tenha deixado um pouco triste. Vejo-te como uma mulher de sucesso, uma mãe extraordinária naquele sorriso lindo de criança. E dona de uma sensibilidade enorme. Agradeço tudo o k tens feito por mim. E este texto lindo onde nos deixas um convite. Deixo um grande beijinho amiga. obrigao pela amizade e carinho.


De Sheila a 11 de Setembro de 2009 às 20:19
Olá linda :)
Olha eu não fiquei triste, a sério que não. Ando extremamente cansada com tantos afazeres e reuniões profissionais. Foram duas semanas de Auditorias que me deixaram KO, entre muitas coisas assincronas acontecer ao mesmo tempo, aliado ao facto das aulas da Inês terem começado e com elas os horários madrugadores... é natural que me ressinta. Bem digo para mim mesma, no máximo à 1h da manhã tenho que tar na cama... mas enfim... é como o deixar de fumar LOL Há alturas que não domino a minha força de vontade e depois sofro as consequências. Mas amanhã é sábado e posso dormir até tarde lol, e agora vou jantar com uns amigos, e o cansaço passa agora para 2º plano LOL
As tuas palavras carinhosas sabem-me sempre tão bem :)
Desejo-te um excelente fim de semana amiga linda, e quase quase estou a iniciar a leitura do teu livro :))
Beijo muito doce e com amizade


De MIGUXA a 12 de Setembro de 2009 às 13:02
Sheila,

Minha querida amiga,

Texto lindo que nos alerta para a necessidade de nos tocarmos mais com a beleza que nos é proporcionada e à qual por vezes quase não damos valor.

Continuas com excesso de trabalho??? pensa em ti e nos teus amores e disfruta bem do fim de semana!!!

Beijinhos doces
Tua amiga para sempre
Margarida


De descobrirafelicidade a 12 de Setembro de 2009 às 14:40

Olá
Eu ontem escrevi-te logo um comentário, mas não sei se leste porque acho, não sei porque carga de água, que não devo ter enviado. É que logo de manhã quando me sentei ao computador com o propósito de escrever um postzito, fui ver os mails e dei logo com a tua resposta a um outro comentário, que por sua vez me levou ao teu blog e ao teu post de ontem. Eu que tinha guardada uma história para um futuro post acabei por mudar de ideia e de a colocar no de ontem porque estava relacionada com as tuas últimas palavras: "Que façamos de cada dia da nossa efémera existência uma vitória!" e belíssimo texto que, connosco, partilhaste. Se já leste isto delete. Eu ainda ando meio à nora com os blogs. Bom fim de semana (com descanso, sobretudo)



De cumplicedotempo a 12 de Setembro de 2009 às 19:03
já vem sendo habito minha doce amiga me identificar em pleno com aquilo que por este refugio nos vais transcrevendo
sendo sem duvida esta celebração da vida mais um belíssimo exemplo disso mesmo
e destaco deste texto a frase "participar com sabedoria e generosidade desse movimento sagrado..."
pois só quando assim comecei a encarar a vida e o tempo , me senti verdadeiro cúmplice desta celebração.
talvez com o amadurecimento e a sensatez que os anos me foram trazendo , talvez com uma nova forma de olhar e sentir o que me rodeia e de o saber valorizar , e assim ter a certeza que na hora de partir os frutos das minhas cumplicidades para com a vida tenham deixado as sementes para que outras cumplicidades nascem nos tempos que depois virão e onde aqueles que eu amo irão continuamente celebrar nos exemplos por mim deixados :)


Comentar post

* mais sobre mim
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* pesquisar