Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009
Epílogo de uma história...

 

"Trago dentro do meu coração,

Como num cofre que se

não pode fechar de cheio,

Todos os lugares onde estive,

Todos os portos a que cheguei,

Todas as paisagens que vi através

de janelas ou vigias,

Ou de tombadilhos, sonhando,

E tudo isso, que é tanto,

é pouco para o que eu quero.”

 

Fernando Pessoa

 

Há momentos na vida que nos marcam, que nos fazem crescer e que têm o seu ciclo de duração. Quando encerramos um capítulo damos início a um novo ciclo. Não é fácil aceitarmos e convivermos com o fim de alguma coisa. Mas devemos aproveitar estes momentos e pensar que tudo o que nos acontece na vida pode ser re-avaliado no futuro, independemente daquilo que sentimos hoje.

É curioso pensar que o que nos acontece de bom no presente pode um dia vir a ser considerado mau, assim como o que hoje consideramos mau pode num futuro ser visto como algo bom!

No presente temos a tendência para nos sentirmos tristes ou felizes com as surpresas da vida, mas quantas vezes nos acontece mudarmos de opinião mais tarde, face ao desenrolar da vida e ao encadeado de passos que damos dia após dia.

Ninguém consegue vislumbrar o futuro e tudo depende do que se suceder no futuro, depende do ângulo com que vamos analisando as situações e não podemos esquecer que nós próprios ao evoluir, crescer e mudar de atitude e forma de pensar ao longo da vida vamos também tendo diferentes pontos de vista sobre os acontecimentos.

 

Acima de tudo não podemos nunca desanimar, temos de procurar os pontos positivos em cada situação por mais frustrante que seja, por mais triste que seja o nosso estado de alma, temos de acreditar que existe algo de positivo ali que nos vai ajudar a recuperar o nosso sorriso.

 

A vida vai sendo feita de momentos únicos, momentos bons, momentos de escolha, momentos maus, momentos intensos, momentos calmos, momentos mágicos, alguns vão mesmo ficar bem gravados na nossa memória ao longo da vida, outros perdem a força com o passar dos anos acabando por serem ténues recordações.

 

Reviver o passado não nos faz mais felizes por mais feliz que ele tenha sido, mas pode sempre trazer uma pitada de tristeza mesmo que tenha sido bom. Devemos saber respeitar o passado mas não ter medo dele, foram momentos que já passaram, e no momento presente devemos tirar apenas deles a lição do que aconteceu ou deixou de acontecer. E ao viver o momento presente, não devemos perder de vista que temos ainda de viver muitos momentos únicos futuros e que as escolhas de hoje podem condicionar as de amanhã.

 

Vai haver sempre muita coisa boa para viver!

 

 

 

 

Querido Diogo, obrigado pelo teu email, pelo video que publico aqui no meu cantinho, pelo teu carinho, por essa força e coragem que demonstras hoje, face aos acontecimentos passados, presentes e futuros da tua vida. E parabéns pelo sucesso profissional. Ficaste lindo (já és aliás :P) na foto do J.N. Estarei sempre por perto e a fazer votos sinceros para que o futuro te traga rapidamente a felicidade que tanto mereces. Beijo enorme amigo! E nunca te esqueças que ainda há muita coisa boa para viver!

 

 



publicado por Sheila às 23:34
link do post | comentar | favorito

14 comentários:
De Marta a 4 de Setembro de 2009 às 06:28
Olá minha querida,
Sobretudo há que aceitar-mos todo o passado para avançarmos para um futuro confiantes e seguros.

Beijinhos


De Sheila a 8 de Setembro de 2009 às 00:54
Olá linda :)
Sem dúvida que teremos que aceitar o passado para conseguirmos prosseguir no caminho do futuro, com toda a confiança e segurança possíveis.
Grande beijo para ti


De descobrirafelicidade a 4 de Setembro de 2009 às 11:05
Que bom iniciar o dia a saber que ganhei uma amiga! Conheci-te através do blog da Marta de quem também fiquei amiga através da blogosfera. Sempre fui muito avessa aos computadores (tal como os meus mais próximos), mas resolvi dar um passo no sentido de sair da minha zona de conforto e mudar um pouco. Esse passo tem-me dado uma gratificação imensa. Ando mesmo entusiasmada com tudo o que me está a ser oferecido através deste novo mundo.
Agradeço-te muito todos os comentários que fizeste. Pelo que te tenho lido (que estás com tanto trabalho) o facto de os fazeres, com o tão pouco tempo que te resta ao fim do dia, mostram bem o teu carinho, sensibilidade, afecto e cuidado com os outros.
Quanto a este teu post aquilo que estou a viver é a prova de que como dizes: "temos de acreditar que existe algo de positivo ali que nos vai ajudar a recuperar o nosso sorriso". Os dias de sol mais brilhantes vêm a seguir às noites mais escuras, tenho a certeza disso também. Muito obrigada por todas as tuas palavras. Foste tu, hoje, que inspirou o meu dia.


De Sheila a 8 de Setembro de 2009 às 01:02
Olá amiga :)
Fizeste bem em explorar um novo mundo, nem todas as pessoas têm essa coragem, mas sem dúvida que é mais um forma de ganharmos conhecimento, de visualizarmos que há um mundo bem real de amizade e de uma palavra amiga sempre que precisamos.
Sabes, tento sempre arranjar tempo para tudo. Ontem gostava de ter vindo cá, mas tive que trabalhar e preparar a minha semana, e só hoje encontro um tempinho para responder aos comentários. Mas há alturas que temos que estabelecer prioridades :)
Fico feliz por ter inspirado o teu dia :) Mas acima de tudo porque não sentires também uma grande inspiração em ti própria e pelo ser humano que és?
Quando o passado é pesado e teima em ficar é preciso termos muita força para o conseguirmos colocar num determinado ficheiro do cérebro e só o abrirmos quando estamos preparados. Mas acima de tudo há que seguir caminho, continuar a jornada e viver é o que nos mantém nesta jornada. Um dia tudo acaba e de que valeram os dias tristes?
Beijo grande amiga e o desejo que tenhas uma excelente semana


De descobrirafelicidade a 8 de Setembro de 2009 às 11:39

Li há tempos um texto de Ricardo Rios a respeito do tempo, que estou a pensar transcrever para um post, que diz basicamente que ganhar tempo é dedicar o nosso tempo aos demais. "Quando dou o meu tempo aos demais, quando lhes dedico o meu tempo, o meu tempo é infinito e a minha vida perdura ao longo do tempo." Por isso o teu tempo é infinito...
Quanto à inspiração também eu própria sou uma fonte de inspiração, sim (aliás, acho que sou a rainha da automotivação), mas sem tudo o que me rodeia a minha própria inspiração não faz sentido e é uma felicidade haver pessoas inspiradoras como tu. Obrigada pelo tempo que me dedicaste e excelente semana para ti também.


De Calimero a 4 de Setembro de 2009 às 12:24
Durante muitos anos vivi agarrada ao passado, porque ele so me trazia coisas boas ,positivas tentei-me agarrar a isso tanta vez,,mas o reverso da medalha e que o passado ficou la atraz,,ja nada o traz de volta ..o que podia ser uma força positiva tornou,se numa obseccçao e frustaçao de nao conseguir reportar para o presente tudo aquilo que tinha vivido...
Tive que me desligar forçosamente...nao conseguia mais viver assim..Talvez por isso tenha perdido alguma coisa do presente ,,talvez..
Por isso o passado as vezes pode ser um fantasma nas nossas vidas..se assim o permitirmos..
E sim ha sempre um amanha para viver..quero muito acreditar nisso .Preciso de acreditar nisso, E urgente!!
beijokas


De Sheila a 8 de Setembro de 2009 às 01:34
Olá amiga :)
Espero que andes mais animadita :)
Eu sei que é dificil nos desligarmos do passado, aliás nem o devemos fazer, mas tb não o podemos deixar ser um fantasma nas nossas vidas.
A vida nem sempre nos corre como queremos, por vezes talvez nos esteja a dizer que o caminho a seguir seja outro, mas por vezes vamos tão abaixo que não damos hipótese de ver nas situações que nos magoam algumas mensagens para o futuro.
Eu acho que não há apenas um amanhã para viver, há vários amanhãs, é um dia após o outro. Por mais tristes que sejam os cenários eles só existem porque estamos vivos, porque temos ainda a possibilidade de os transformarmos em coisas boas no nosso dia a dia. Por vezes só o pensamento e a energia positiva de acreditar a sério que tudo vai correr bem, faz milagres na nossa vida e em nós próprios! Acredita e acima de tudo tenta sentir isso mesmo dentro de ti!
Beijinhos doces minha querida e lembra-te que a vida é muito curta para a vivermos tristes.
Desejo-te uma excelente semana


De Selene a 4 de Setembro de 2009 às 13:41
Olá querida, os teus textos tocam-me sempre de uma maneira ou de outra, este toca-me particularmente na sua visão.
Concordo contigo, tudo é relativo depende do que sentimos no momento, o passado já passou, as escolhas do presente influenciam o futuro e relativamente ao futuro não sabemos o que vai acontecer resta-nos acreditar que vais correr tudo bem.
Um beijinho muito grande e mais uma vez, lindo texto...


De Sheila a 8 de Setembro de 2009 às 01:39
Minha querida,
Sem dúvida alguma que o passado e como o próprio nome indica passou... o presente é o momento actual que temos e o futuro enquanto por cá andamos tem que ser visto como o palco de muitas coisas que ainda vamos enfrentar e sentir e como bem dizes resta-nos acreditar que vai correr tudo bem. Não tenho dúvida que a nossa vontade e a nossa atitude positiva influencia o futuro para melhor! Precisamos de ser positivos e ter sempre energias positivas por pior que seja o cenário em que nos vejamos.
Beijo enorme para ti, pela companhia e carinho que me fazes neste doce cantinho.
Até breve amiga


De Selene a 8 de Setembro de 2009 às 11:25
Não tens nada que agradecer, ADORO os teus textos!!
Beijo enorme!


De cumplicedotempo a 4 de Setembro de 2009 às 19:05
acho que um pouco da mesma forma que a natureza nos ensina a reciclar o nosso meio ambiente
nos o devemos fazer com nos próprios , do passado devemos retirar o melhor daquilo que aconteceu e reciclar esses momentos de uma forma a se adequarem ao presente , pois os tempos mudam tal nos mudamos , mas o espírito que se deu a esse momento pode se repetir se assim o quisermos no presente , dos momentos passados que não queremos voltar a viver , absorver os seus porquês sem nunca deixar que nos atormentem e deles retirar suas ilações para que conscientemente não se repitam e ao mesmo tempo seremos voz para que outros não caiem no mesmo erro :)

neste reciclar de sentimentos deixo um exemplo que me aconteceu a dias
"olhava para uma marioneta de trapos que ofereci a minha sobrinha a uns anos ( tem agora 12 anos) na altura mudamos lhe as roupas aos seus gostos e ideais ( tons cor de rosa muito vivos e floridos) e recordava o quanto nos divertimos com ela , ao lado estava o meu sobrinho ( 9 meses ) muito espantado que la pousou o seu inseparável becas para se deliciar com os movimentos que la ia fazendo com a marioneta , nisso chamei a minha sobrinha e depois de segredarmos um com o outro la resolvemos dar novas cores e trapos a marioneta para ela agora se identificar com o meu pequeno sobrinho"
neste reciclar de momentos passados abrimos porta ao mesmo espírito de a uns anos atrás , feitos agora momentos deste presente tão nosso sem nunca esquecer aqueles que já vivemos


De Sheila a 8 de Setembro de 2009 às 01:47
lindo o teu exemplo :) e tão bem visto neste cenário de passado-presente-futuro. E que num próximo futuro a marioneta possa voltar assumir novas roupas e cores e acompanhar o crescimento do teu sobrinho.
Hoje em dia dou-me conta que muitas pessoas vivem demasiado agarradas ao passado. Não sei se será pela frustração da quebra de um futuro idealizado, que a dada altura não evoluiu no sentido esperado. Noto é que se prefere ficar a curtir as mágoas que a reagir positivamente, a melhorar o presente e preparar terreno para um futuro mais sorridente, porque isso é sempre possível e é o desejável para todos.
Admiro quem tem a coragem de seguir em frente, quem aprende e aceita o seu passado mas acima de tudo que toma as rédeas da sua vida e a decide viver!
Grande beijo amigo cúmplice
Boa semana :)


De Jéssica Marie a 4 de Setembro de 2009 às 21:14
Há já muito tempo que não passava pelo teu blog e já tinha muitas saudadinhas dos teus post :o Amanha vou-me actualizar :)
Um bom fim de semana Sheila.


De Sheila a 8 de Setembro de 2009 às 02:05
E eu já me tinha lembrado de ti também e das tuas histórias lindas :)) Mas em época de férias tens é que aproveitar o máximo, as aulas estão ai não tardam não é?
Também me lembro muitas vezes da Sugar, espero que ela esteja bem também, manda-lhe um grande beijo meu.
Desejo-te uma semana linda :))
Beijinhos doces


Comentar post

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!