Domingo, 23 de Agosto de 2009
A borboleta Azul

 

Havia um viúvo que morava com as suas duas filhas curiosas e inteligentes.

As meninas tinham por hábito fazer muitas perguntas. Algumas ele sabia responder, outras não.

Como pretendia dar-lhes a melhor educação, decidiu que as meninas iriam passar uns dias com um sábio, que morava no alto de uma colina.

O sábio respondia sempre a todas as perguntas sem hesitar.

Impacientes com o sábio, as meninas resolveram inventar uma pergunta que ele não saberia responder.

Então, uma delas apareceu com uma borboleta azul e que iria usar para pregar uma partida no sábio.

- O que vais fazer? - perguntou a irmã

- Vou esconder a borboleta nas minhas mãos e perguntar ao sábio se ela está viva ou morta! Se ele disser que está morta, vou abrir minhas mãos e deixá-la voar. Se ele disser que ela está viva, vou apertá-la e esmagá-la. E assim qualquer resposta que o sábio nos der estará errada!

As duas meninas foram, então, ao encontro do sábio, que estava a meditar.

- Tenho aqui uma borboleta azul – disse a menina

Diga-me sábio, ela está viva ou morta?

Calmamente o sábio olhou para a menina, sorriu e respondeu:

- Depende de ti. Ela está nas tuas mãos.

 

E assim é a nossa vida, o nosso presente e o nosso futuro.

Não devemos culpar ninguém quando as coisas correm mal. Somos os autores do livro da nossa vida.  Somos os responsáveis por aquilo que conquistamos (ou não).

O curso da nossa vida está nas nossas mãos, assim como a borboleta estava nas mãos da menina... só nós podemos decidir e escolher o que fazer com ela...

 



publicado por Sheila às 00:56
link do post | comentar | favorito

10 comentários:
De noitesemfim a 23 de Agosto de 2009 às 16:56
Na "mouche"! Culpar alguém de quê? Ao longo do caminho que traçamos (escolhemos) as pessoas ou mesmo as pedras já lá estão. É necessário contornar os obstáculos,as pessoas e as pedras se não as queremos para partilhar o caminho.

1 Beijo


De Sheila a 23 de Agosto de 2009 às 23:51
:) Só acrescentaria que por vezes não basta contornar obstáculos mas ter também a destreza de passar por eles e ultrapassá-los :)
Beijo grande para ti


De cuidandodemim a 23 de Agosto de 2009 às 18:07
Essa história dá para fazer várias interpretações. Um sábio tem sabedoria, não é adivinho.
A menina tinha maldade em si, não se importando com a vida da borboleta, mas ansiosa apenas para provar que pode enganar o sábio... (Como acontece muitas vezes na nossa vida...)
A borboleta estava nas mãos da menina, à sua mercê, como nós às vezes estamos nas mãos de outros, dependendo deles para sobreviver. Teve azar em ser capturada. Quando somos capturados e estamos nas mãos de quem nos pode fazer mal ou então salvar-nos, é tudo uma questão de sorte...
Bjns


De Sheila a 24 de Agosto de 2009 às 00:00
Perdoa-me linda e apesar de concordar que se podem fazer várias interpretações é giro como focas de imediato as mais pessimistas. Nada na vida se adivinha mas o nosso conhecimento e sabedoria vão nos dando experiência e destreza para evitar cometer determinados erros. Quando estamos nas mãos dos outros, só o estamos porque o permitimos e por isso não devemos culpar os outros. Mesmo quando nós temos azar em sermos capturados por situações na vida só nos deixamos estar prisioneiros até querermos ou deixarmos daí sermos os autores do comando que queremos dar às nossas vidas. A sorte é fundamental sem dúvida, mas quando temos mais tendência para o pessimismo do que para o optimismo (por piores que sejam as situações) acabamos por não conseguir acreditar na sorte e não a conseguiremos nunca atrair para nós.
Beijinhos grandes e plenos de optimismo sim linda?
Boa semana :)


De cuidandodemim a 24 de Agosto de 2009 às 12:39
Eu sei que ando muito pessimista e desanimada... Estou a tentar combater esse estado de espírito, mas não está a ser fácil... Não está a ser fácil voltar a acreditar na sorte...
Bjns


De Sheila a 24 de Agosto de 2009 às 14:58
Eu sei linda, não é nada fácil e há mesmo alturas em que sentimos tudo a fugir do nosso alcance :(
Mas não deixes nunca de acreditar por favor!
Beijinhos doces


De FilipeP a 23 de Agosto de 2009 às 21:46
Gostei tanto desta pequena história e do teu comentário a ela. Não estava á espera daquela resposta. :)
Também concordo contigo. Nós temos dentro de nós o que é necessário para chegarmos a onde queremos chegar. Temos é de saber onde fica esse destino e esforçarmo-nos por ele.

Beijinho e um sorriso


De Sheila a 24 de Agosto de 2009 às 00:06
... e foi uma resposta carregada de sabedoria e até de lógica :))
Acima de tudo costumo dizer imensas vezes que sei bem demais o que não quero na minha vida. É óbvio que não passo a vida a fugir de nada e quando me vejo em situações que não escolhi tento é arranjar formas de esforço para ultrapassar e seguir em frente no meu caminho . Por mais negra que veja determinada situação, por mais complicado que seja um problema tento ao máximo ser optimista, focar-me no que realmente é importante e arregaçar as mangas e lutar! Lutar para que o caminho da minha vida me leve ao destino do que eu quero para mim, da minha paz interior e da minha felicidade.
Muitos sorrisos e um beijo enorme :)


De cumplicedotempo a 24 de Agosto de 2009 às 22:36
cabe nos a nos projectar e construir a vida que desejamos
com as nossas mãos se assentam os tijolos no presente, para com eles criar uma base forte para edificar o nosso futuro , com as nossas lutas se ultrapassa as adversidades que se nos podem deparar na construção do mesmo
cabe nos a nos a escolha das cores , dos ornamentos e dos acabamentos
que darão ao nosso dia-a-dia uma razão de ser


beijos cúmplices



De Sheila a 25 de Agosto de 2009 às 00:10
É isso mesmo Cúmplice :)
Tudo depende tanto de nós e do quanto damos de nós mesmos para atingirmos o que mais desejamos. Nada se consegue sem luta, sem esforço, sem empenho. Tantas vezes que é nas contrariedades que aprendemos a ser mais assertivos no futuro para edificarmos as tais bases fortes que referes.
Não vejo a minha vida como propriedade de ninguém, muito menos presa de coisa alguma. Bastam-me situações que não procurei mas que a dada altura me vi inserida, e nestas quanta força temos que ter para alterar o rumo dos acontecimentos... Acima de tudo temos livre arbitrio sobre a nossa vida, porque nas páginas das nossas vidas () os autores somos NÓS!

beijinhos doces e o desejo de uma óptima semana!
feliz!


Comentar post

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!