Terça-feira, 11 de Agosto de 2009
Bagagem da vida

 

Quando a nossa vida começa,  apenas temos uma mala muito pequenina.

À medida que os anos vão passando, a bagagem vai aumentando porque existem muitas coisas que vamos recolhendo pelo caminho, coisas que nós pensamos que são importantes...

A um determinado ponto do caminho começa a ficar insuportável carregar tantas coisas... pesa demais...

Então podemos escolher:

- ficar sentados à beira do caminho, e esperar que alguém nos ajude  (o que é difícil, pois todos que passarem por ali já terão a sua própria bagagem...)

- ou podemos ficar a vida inteira à espera, até que os nossos dias acabem...

- ou podemos aliviar o peso e esvaziar a mala.

 

Mas, o que tirar? O melhor é começar por tirar tudo cá para fora... vejamos agora o que temos lá dentro:

 

Amor, Amizade... maravilha!

Tem bastante... e é curioso que não pesa nada...

Tem também algo pesado... devemos fazer força para tirar... era a Raiva e o Rancor – e como eles pesam!

Quando começamos a tirar, eis que aparecem a Incompreensão, o Medo, o Pessimismo... nesse momento, o Desânimo quase nos puxa para dentro da mala...

É urgente puxa-lo para fora com toda a força, e no fundo aparece um Sorriso, sufocado no fundo da nossa bagagem...

Salta cá para fora outro sorriso e mais outro, e aí sai a Felicidade... Então colocamos as mãos, de novo, dentro da mala e tiramos para fora a Tristeza...

Agora, vamos ter que procurar a Paciência dentro da mala, pois vamos precisar de bastante...

Procuramos então o resto, a Força, a Esperança, a Coragem, o Entusiasmo, o Equilíbrio, a Responsabilidade, a Tolerância e o Bom e Velho Humor.

Convém tirar a Preocupação também... e deixa-la de lado, depois pensamos o que fazer com ela...

Bem, a nossa bagagem está pronta para ser arrumada novamente!

Mas, temos que pensar bem no que vamos colocar lá dentro de novo, certo?

Agora é convosco. E não se esqueçam de fazer isto mais vezes, porque o caminho é longo... muito longo...

Lembrem-se disto sempre...

 



publicado por Sheila às 14:16
link do post | comentar | favorito

18 comentários:
De comunicadoras a 11 de Agosto de 2009 às 17:45
Oi Amiga
Com esta receita tão bem elaborada o bolo deve ficar delicioso,mas que não falte nenhum ingrediente ,cuidado poderá ficar intragável.....
Até bre ve e parabéns
Herminia


De Sheila a 13 de Agosto de 2009 às 01:15
Olá Amiga :)
É verdade! Por vezes basta apenas um "ingrediente" errado para estragar tudo!
Beijinhos


De cuidandodemim a 11 de Agosto de 2009 às 18:28
Na minha mala vai só amor e alegria, porque o resto está lá incluído ;)
Bjns


De Sheila a 13 de Agosto de 2009 às 01:16
:) é isso mesmo amiga e que nunca te falte a boa disposição e a esperança de veres concretizados os teus anseios e sonhos :)
Beijo doce


De MIGUXA a 12 de Agosto de 2009 às 00:31
Sheila,

Uiiii minha querida as vezes que já abri, despejei e rearrumei a dita...Consegues criar sempre um clima historioso para apresentares os teus pensamentos...Vale a pena visitar o teu cantinho e acima de tudo, acompanhar os teus sentires...

Beijinhos doces
Margarida


De Sheila a 13 de Agosto de 2009 às 01:21
Doce Amiga :)

E como é bom poder contar contigo como acompanhante dos meus sentires e dos meus pensamentos :)
Confesso-te que nem sou muito de "arrumações" ... até porque fazer a mala pressupõe voltar arrumar tudo no sitio... e às vezes há coisas em que não perco energias arrumar lol
Muitos beijinhos para ti minha querida e doce amiga :)


De comecardenovopt.blogspot.com a 12 de Agosto de 2009 às 00:53
A vida é um constante começar de novo, sendo assim, temos constantemente de encher e de esvaziar a mala. a cada viagem escolhemos o que colocar lá dentro; pode ficar cheia de mais.., custar a fechar, mas, na próxima paragem há sempre a oportunidade de diminuir as tralhas. Todos os dias temos que preparar uma mala.., uma malinha..., uma simples bolsa...; vai depender do percurso que tivermos de fazer; o que se vai colocar lá dentro..., vai sempre depender da opção de cada um; não nos devemos esquecer que somos sempre só nós a decidir. Cada viagem é uma experiência nova e com o passar dos tempos cada vez sabemos melhor fazer uma mala...; penso que só com o tempo se aprende a arte de fazer uma mala...,Colocar dentro dela só o indispensável para que a viagem corra bem, nos satisfaça e a estadia seja agradável e feliz. O resto..., não interessa..., temos que aprender a jogar no lixo. . Interessante esta tua mala de conselhos. Beijinhos e vou colocar este texto na mala que estou preparando para a minha viagem de amanhã..., não vai ser grande..., uma simples bolsa serve..., levará o que é preciso: sorrisos.., olhares .., amizade e compreensão com todos os que me cercam; vou ver se levo pelo menos isto. Até breve, amiga e boas férias
Emília


De Sheila a 13 de Agosto de 2009 às 01:28
Tu és sábia minha querida e como concordo contigo!
Cada vez mais vamos sendo capazes de fazer uma mala e colocar apenas o que é indispensável ao nosso bem estar!
Há coisas que por vezes nos colocam na nossa bagagem e que devemos ter a coragem de não perdermos energias em arrumar...
Desejo-te uma boa viagem e que será excelente tendo em conta com o que já levas na bagagem dos teus sentimentos :)
Beijo grande e pleno de amizade e carinho


De Selene a 12 de Agosto de 2009 às 20:16
Preciso mesmo arrumar a minha mala. Mas há coisas que são tão difíceis de tirar de lá! Será que será com ajuda consiga fazê-lo melhor? Terei mesmo de ser só eu a fazê-lo?
Esta analogia da vida e da mala está muito boa, como sempre, exemplifica muito bem tudo aquilo que vamos aprendendo e carregando e a necessidade de a determinada altura pensar e reciclar pois o peso já é demais.
Obrigado pelo teu post, fez-me muito bem lê-lo...


De Sheila a 13 de Agosto de 2009 às 01:34
Olá linda :)
Acima de tudo é importante TU saberes o que não queres ter a pesar na tua bagagem e se conseguires aliviar parte desse peso sozinha, o teu esforço valerá sempre a pena :)
Temos uma sintonia imensa com tudo o que nos rodeia, nós é que muitas vezes não nos dedicamos tempo a analizar. Somos os autores do livro da nossa vida e devemos "caprichar" na vivência de cada trecho no nosso presente, para que o passado seja bom de visitar e o futuro seja um melhor trecho ainda! :)
Obrigado pelo teu carinho e deixas-me muito feliz por sentir que este post te foi importante! Agora toca aliviar algum excesso de bagagem que por ai pese... combinado?
Beijinhos doces para ti :)


De FilipeP a 12 de Agosto de 2009 às 22:15
Com o tempo acabamos por guardar apenas aquilo que é bom de guardar, como diz a musica .
Não sendo nenhum de nós uns iluminados, todos temos os nossos momentos maus, mas o importante como dizes é não os deixar permanecer mais do que o necessário.
Bonito texto este


De Sheila a 13 de Agosto de 2009 às 01:44
Olá Filipe
Com o tempo vamos sabendo sempre o que de bom devemos guardar. Sem dúvida que ninguém vive em felicidade constante e é como e muito bem dizes, todos nós temos os nossos momentos de desânimo, que eu acredito serem necessários para valorizarmos os tais momentos felizes e pelos quais tanto anseamos :)
Acima de tudo nada de gastar boas e positivas energias no que não vale mesmo a pena!
Beijinho para ti


De Marta a 12 de Agosto de 2009 às 23:35
Olá amiga,
E com o tempo a mala necessária vai sendo cada vez mais pequena .. porque só vamos querer levar aquilo que interessa.

Beijinhos


De Sheila a 13 de Agosto de 2009 às 01:45
Olá linda :)
Sem dúvida alguma... apenas passamos a levar o indispensável para o nosso bem estar :)
Beijo grande


De cumplicedotempo a 13 de Agosto de 2009 às 17:13
ao longo da vida a nossa bagagem vais se acumulando de sentimentos , outros bons , outros menos bons , e da nossa capacidade perante o assumir aquilo com o qual devemos seguir viagem e aquilo que devemos deixar para trás se escreve o nosso futuro e o tipo de caminhada iremos fazer
vamos crescendo e amadurecendo , e talvez coisas que no passado seria parte integrante da mala hoje ja se tornaram insignificante e nem dela fazem parte, fardos que carregávamos agora ultrapassados são sinónimos de alivio e equilíbrio ; atitude , entusiasmo e esperança de tão leve só se irão notar em nos mesmos e nunca no peso que a mala tem ;)
quando se consegue isso atinge se a harmonia , que faz da mala e de nos mesmos um só, em perfeita sintonia com a vida

ps: mim vai de volta a mais uns dias de descanso , mas vou espreitando sempre que posso
bjs cúmplices amiga


De Sheila a 15 de Agosto de 2009 às 03:15
grande verdade quando dizes que há coisas que se tornam insignificantes quando precisamente ultrapassamos os tais fardos do passado :) a isto chamo de crescimento e maturidade, além de que devemos ter sempre consciência que as coisas, pessoas ou situações só assumem importância ou o valor que lhes queremos dar. Por isso nada como valorizar o equilibrio, a harmonia e a nossa paz interior e tudo isso se reflecte em excelentes vivências e a uma bagagem recheada de sentimentos bons!

ps: tu que descanses e te divirtas muito e vai espreitanto sim que eu deixo
beijos cumplices "meu" cúmplice


De mafalda-momentos a 13 de Agosto de 2009 às 19:30
Bonito e verdadeiro texto o teu.
"É irrecuperável o único capital que todos nós esbanjamos; O Tempo" - António Vieira

Através dos tempos o tempo que perdemos a acumular coisas que devíamos deitar no lixo. Ao olharmos para trás, percebemos que na nossa bagagem já não há tanto tempo.
Encher a mala da nossa vida de esperança ajuda a que ela se torne leve, nos deixe ver a maravilha que é sorrir e nos deixe voar no tempo que não espera e que por isso é preciso ser vivido.
Mafalda


De Sheila a 15 de Agosto de 2009 às 03:19
e bem verdadeira a frase de António Vieira que aqui me deixas :)
Lindo o teu último parágrafo e com o qual concordo em pleno. Nada como nos sentirmos equilibrados e plenos de paz interior para que a nossa vivência se torne mais leve e possamos sorrir e aproveitar ao segundo o tempo que é tão precioso e precisa de ser bem vivido!
Beijinhos para ti e um muito obrigada pela tua visita
Sheila


Comentar post

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!