Quinta-feira, 6 de Agosto de 2009
Pérolas

 

 

 

As Pérolas são produto de dor, resultado da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra, como um parasita ou um grão de areia.

 

A parte interna da concha de uma ostra é uma substância lustrosa chamada nácar.

 

Quando um grão de areia penetra, as células do nácar começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas para proteger o corpo indefeso da ostra.

 

Como resultado: forma-se uma linda Pérola.

 

Uma ostra que não foi ferida, de algum modo, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.

 

Quem é que nunca se sentiu ferido pelas palavras rudes de um amigo?

 

Quem é que nunca foi acusado de ter dito coisas que não disse?

 

Quem é que já viu as suas ideias e atitudes serem rejeitadas ou mal interpretadas ?

  

Nestas situações devíamos conseguir produzir a nossa própria pérola: injectar aquela força positiva chamada auto-estima, formar a tal capa protectora das nossas mágoas, rejeições sofridas, tristezas e frustrações sentidas e não deixarmos que estes aspectos negativos, que fazem parte da vida, se tornem feridas difíceis de cicatrizar.

 

"Um dia a lágrima disse ao sorriso: invejo-te porque vives sempre feliz. O sorriso respondeu: enganas-te, pois muitas vezes sou apenas o disfarce da tua dor."

 



publicado por Sheila às 01:08
link do post | comentar | favorito

12 comentários:
De Selene a 6 de Agosto de 2009 às 08:20
Mais uma analogia fantástica!
Uma ostra que nunca foi ferida nunca produziu pérolas, é verdade...
Tal como o sorriso as lágrimas também tem duplo sentido, de tristeza ou felicidade.


De Sheila a 7 de Agosto de 2009 às 02:18
:)
Há de facto pequenas analogias que assumem um grande significado!
Beijinhos doces para ti linda


De Subjectividades a 6 de Agosto de 2009 às 12:24
Não é por nada mas estou a achar-te um nadinha...triste!

Tá tudo bem miúda? Olha as pérolas são valiosas, as ostras hum...gostosas, a concha em si é linda e nada existe sem o se quê de sofrimento.

Nós também temos um antiduto para curar o sofrimento, é o riso! vá lá sorri, depois sorri ouytra vez , daqui a nada estás a rir à gargalhada

Bjinhos


De Sheila a 7 de Agosto de 2009 às 02:24
Doçura,

Tenho que admitir que tens razão no teu achar... ontem não foi um dia particularmente feliz, foi um pouco dificil. Mas está tudo bem querida :) Às vezes é preciso sentirmo-nos tristes para que a Alegria volte :)
Nada existe sem o seu quê de sofrimento... é uma grande verdade e isso dá-me algum alento para aceitar estes momentos menos bons que por vezes nos assolam o coração.
E tens razão é preciso rir e muito! Só assim conseguimos fazer com que o bom humor regresse às nossas vidas :) E por falar em rir lol eu já vi assim na diagonal o teu último post... espectacular como sempre :) e já te lá vou bater à porta!
Beijo grande amiga e obrigada pela força, que ajuda sempre muito :)


De MIGUXA a 6 de Agosto de 2009 às 12:56
Sheila,

Minha querida e doce amiga,

Outro texto que diz tanto sobre a nossa atitude perante a vida...Tens toda a razão quando afirmas que temos de saber criar uma capa protectora contra o negativismo que nos é incutido ou que nos assola aqui e além, sem sabermos muito bem porquê...

Tudo de bom para ti meu doce de amiga e que um sorriso do tamanho do mundo te acompanhe para sempre

Beijinhos ternurentos
Margarida


De Sheila a 7 de Agosto de 2009 às 02:29
My Sweety :)
É complicado barrarmos a entrada à tristeza ou à decepção ou à desilusão... são sentimentos com uma força enorme e bastante pesada. Mas temos que ser fortes, temos que avaliar bem e pensarmos que há determinado tipo de sofrimentos que não devemos deixar que interfiram e é preciso criarmos capas protectoras para alguns sentimentos que nos conseguem consumir por dentro :)
Também eu te desejo tudo de bom minha querida e doce amiga. Bem haja por esta linda amizade que vamos mantendo dia após dia e que me dá um alento do tamanho do mundo.
Beijo muito terno
doce!


De noitesemfim a 6 de Agosto de 2009 às 15:47
Quanto mais transparente for a tua concha maior será o numero de invasores a tentar penetrá-la.
A transparência que refiro acima, tem a ver com as fragilidades, sensibilidades, entrega a causas ou pessoas.
Na verdade, não conhecemos sempre com quem lidamos e se de uma forma desprendida nos entregamos ficamos expostos. Mas isso tem a ver com cada um e há coisas quase imutáveis em nós.
Gostei do teu texto (como SEMPRE).
Fica bem.
Um beijo


De Sheila a 7 de Agosto de 2009 às 02:36
é curioso que por momentos me pareceste um amigo meu a dizer olhos nos olhos a mensagem que aqui deixas :)
Eu sei que não deviamos deixar transparecer determinados sentimentos, mas quando alguém como eu que é diariamente bem disposta e bem humorada e de bem com a vida, está num dia mais dificil, toda a gente nota... até há quem note pelo telefone... é q nem sempre consigo fazer aquele esforço de que está tudo bem, porque há dias que até isso é demasiado dificil!
Sou uma pessoa que se entrega em tudo, mesmo correndo o risco e saber que me vou magoar ou desiludir, tento sempre não desistir e acredito até à última. Apesar de ter tido situações de admitir que afinal todo o meu esforço foi em vão... acima de tudo não me arrependo de ter tentado ou de ter demonstrado a minha fragilidade, não consigo viver de outra forma! Tenho é arranjado formas de ultrapassar, porque isso devo-o a mim mesma!
Gostei muito do teu coment. Obrigado pelo carinho :)
duas grandes beijocas :)



De cumplicedotempo a 7 de Agosto de 2009 às 01:06
auto estima acima de tudo , sem ela somos uma completo barco a deriva
e tão verdade essa ultima frase, o sorriso por maior que seja ,nem sempre significa felicidade , tantas vezes e uma forma de disfarçar e fazer com que os outros não sofram as nossas feridas interiores

bjs cúmplices amiga :)



De Sheila a 7 de Agosto de 2009 às 02:39
:)
mais um excelente comentário que me dá um alento enorme :) Bem haja pela tua cumplicidade :)
... a última frase diz tudo de facto!
beijo cúmplice


De Marta M a 7 de Agosto de 2009 às 16:24
Percebemos que às vezes as dores nos levam aonde temosque ir...Já se percebeu isso. Mas será que têm que vir das pessoas que mais amamos?...



Nota possível: Qualquer dia podemos ir tomar um café ;)
Também esteve no Instituto da Juventude a ouvir a Laurinda em Fevereiro?


De Sheila a 8 de Agosto de 2009 às 02:17
Olá amiga :)
Sabes é no seio das pessoas que mais amamos que sofremos mais, ou que a dor nos atinge mais fortemente. Com "estranhos" conseguimos, mais facilmente, demonstrar uma determinada força, mas entre aqueles que amamos ou nos amam há geralmente mais autenticidade e ausência de máscaras e há situações em que doi muito sim.
Terei imenso prazer em tomar um café contigo... é só combinarmos um dia destes :) MAs com uma condição: tens que me tratar por tu :) Sabes é que nem o Presidente da minha empresa trato por você e confesso-te que me custa quando me tratam por você lol prometido?

Não estive no IPJ em Fevereiro, acompanho o blog da Laurinda desde há muito pouco tempo e fiquei fã da sua forma de estar na vida e da sua enorme cultura :)

Beijinhos doces amiga :)

PS: e sim hoje fui à praia :))), que apesar do vento, deu para me dar aquele alento e felicidade interior que só o mar tem uma capacidade inata de nos transmitir :) Amanhã de manhã rumo à Praia Azul (em Torres Vedras) para fugir um pouco de Coimbra, que bem preciso! Até Domingo à noite amiga, e desejo-te um fim de semana muito feliz e tranquilo :)


Comentar post

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!