Terça-feira, 21 de Julho de 2009
Reflexão

 

“(…) O que me inveja não são esses jovens, esses fintabolistas, todos cheios de vigor. O que eu invejo, doutor, é quando o jogador cai no chão e se enrola e rebola a exibir bem alto as suas queixas.

A dor dele faz parar o mundo!

Um mundo cheio de dores verdadeiras pára perante a dor falsa de um futebolista. As minhas mágoas que são tantas e tão verdadeiras e nenhum árbitro manda parar a vida para me atender, reboladinho que estou por dentro, rasteirado que fui pelos outros.

Se a vida fosse um relvado, quantos penalties eu já tinha marcado contra o destino? (…)”

(Mia Couto, in O Fio das Missangas)

 



publicado por Sheila às 12:42
link do post | comentar | favorito

17 comentários:
De Tudo SobreTudo a 21 de Julho de 2009 às 12:56
Bem... a verdade que estas palavras têm!!
Sem duvida que por tudo isso e muito mais não gosto de futebol!


De Sheila a 21 de Julho de 2009 às 22:32
Olá :)
Este texto é de uma profunda verdade sim!
Beijinhos doces para ti


De libel a 21 de Julho de 2009 às 14:19
Não invejo o Mar ...
Que sempre te banha !
Não invejo o Sol ...
Que te faz brilhar !
Não invejo a Lua ...
Que para Ti brilha !
Invejo o Vento !
Porque ...
Te toca a todo o momento !!

Se a vida fosse uma tempestade, quantas vezes te teria tocado?

Existe sempre o lado bom!!

Beijinhos



De Sheila a 21 de Julho de 2009 às 22:35
Olá miga,
sem dúvida que existe sempre um lado bom e sem dúvida que por piores que vejamos as coisas num dado momento, nunca nos devemos esquecer do tal outro lado!
Adorei o teu poema. Lindo, Mágico e Verdadeiro :)
Beijinhos doces e uma feliz!


De Infinito e Mais Além a 21 de Julho de 2009 às 14:54
Boas! =)

E perante isto, quem somos nós para nos atrevermos a dizer seja o que for?
As palavras falam por si, e deixam-nos conscientes daquilo a que muitas vezes damos, erradamente, valor.

Beijinhos grandes


De Sheila a 21 de Julho de 2009 às 22:42
Olá lindo :)
É não é. Contra factos não há mesmo argumentos!
Eu acho que no fundo até temos consciencia que há coisas que não devemos valorizar, mas acabamos por lhes dar algum crédito... até que chega uma altura que tomamos uma outra consciência das coisas e re-pensamos. E acho que já é muito bom quando conseguimos tomar consciência de algumas coisas! É sinal que estamos vivos!
Beijo enorme para ti e espero que tenhas tido um excelente dia de aniversário :)


De Armando Correia a 21 de Julho de 2009 às 18:29
Bonito trecho este:


De Sheila a 21 de Julho de 2009 às 22:43
Olá :)
É muito bonito mesmo... deixa-nos a pensar e muito!
bjos


De Nuno Cadete a 21 de Julho de 2009 às 18:43
Brutal :) Parabéns.

Já agora, e dentro do contexto, e os ordenados trilibiliomilionários... São esses os homens que fazem o mundo andar? Então que trabalhem eles.
Isto da crise não toca a todos pelos vistos, sobretudo ao mundod do futebol, lá diz o outro "só se falaem crise e ela anda por todo o lado...deve ser um grande negócio..."

Força nos post excelentes que tens inserido.


De Sheila a 21 de Julho de 2009 às 22:47
Olá Nuno :)
Este trecho está excelente. Faz-nos pensar e muito!
Também concordo, com o que eles ganham bem que podiam só trabalhar eles !
Olha eu já nem sei se há crise se não há... no mundo do futebol não há de certeza. Hoje no jornal da noite deu uma reportagem sobre quanto é que os 3 grandes de Portugal tinham gasto em contratações! Dei por mim abanar a cabeça! Enfim não se compreende mesmo.
Apesar de tudo o que se tem passado, agradeço mesmo muito o teu carinho!
Beijinhos doces


De cuidandodemim a 21 de Julho de 2009 às 20:01
Adoro a escrita de Mia Couto.
E tantas vezes que eu já desejei que o mundo parasse por causa da minha dor... É puro egoísmo, mas em algumas vezes a dor é tão grande que só pensamos em nós... E queríamos que o tempo parasse para nos dar tempo de recuperar...
Bjns


De Sheila a 21 de Julho de 2009 às 22:51
Olá linda,
Também gosto imenso de Mia Couto.
Por vezes desejavamos que o mundo parasse, umas vezes para nos acabar com as dores outras vezes para perpetuar momentos felizes. Não acho que sejamos egoístas por isso, Apenas e em determinados momentos da nossa vida é inevitável não nos sentirmos assim :)
Que haja sempre tempo suficiente para conseguirmos recuperar daqueles acontecimentos que por vezes nos machucam e derrubam tanto! Haja coragem e força interior para isso!
Beijinhos doces


De MIGUXA a 22 de Julho de 2009 às 01:16
Sheila,

Minha querida e doce amiga,

Este trecho tem um profundo siginificado...De facto, temos muitas vezes a tendência de sobrevalorizar determinadas situações, dolorosas ou não mas que no fundo se tornam insignificantes se olharmos com atenção à nossa volta...

Beijinhos doces e desculpa a ausência (too much work), mas podes estar certa que moras no meu coração

Margarida


De Sheila a 22 de Julho de 2009 às 01:30
Olá Doçura :)

A vida lá se vai encarregando de nos fazer ver as coisas com olhos de ver... e é muito bom quando de facto o conseguimos. Quantos nunca chegam a isso sequer!

Minha querida nada de pedir desculpas, moramos no coração uma da outra, e não é por não aparecer-mos que isso muda. Saber que estás bem é que importa :)))

Beijo enorme para ti minha doce amiga
muito feliz!


De Marta Martins a 26 de Julho de 2009 às 12:04
Que lindo trecho, que bonita escolha.
Tenho-a seguido por aqui e pelo blog da Laurinda.
É sempre reconfortante esta partilha,não é?
Mais, porque somos ambas de Coimbra ;)
Bom Domingo
Marta


De Sheila a 27 de Julho de 2009 às 11:14
Olá Marta,
É um prazer ter-te no meu cantinho e muito gratificante sentir essa partilha.
E ainda por cima ambas de Coimbra, muito bom mesmo :) Possivelmente já nos teremos cruzado por ai :))
Volta sempre sim?
Beijinhos para ti e votos de uma excelente semana!

PS: trata-me por tu please :)
Sheila


De teresa a 5 de Abril de 2010 às 22:23
Por sugestão da Marta M.
http://domeulugar.blogs.sapo.pt

aqui vi o convite

estamos perto do final... se final houver.
o capítulo 18, é o último capítulo do livro
quem já leu o "Continuando assim...", sabe como termina o livro.
A todos vocês que têm andado por aqui pacientemente , lanço o desafio prometido .
Antes de publicar o último capítulo , gostava que me dissessem como gostariam de terminar esta história de Alice e André.
Podem publicar os "vossos finais" nos comentários ou mandar directamente para o mail
queirozteresam@gmail.com
Irei postar aqui todos os finais possíveis , todos os "vossos finais" :)
Estou quase certa que algum de vós encontra o final perfeito.
está lançado o desafio, para já espero as vossas respostas
um grande beijo a todos !!

teresa



Comentar post

* mais sobre mim
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* pesquisar