Domingo, 19 de Julho de 2009
Momentos de Festejar!

 

Desde algum tempo atrás que na vida faço por manter dois ficheiros distintos no meu interior.

Ao primeiro dou o nome de "arquivo morto" e ao segundo de "experiências".

 

No ficheiro do "arquivo morto", coloco todas aquelas lembranças que me causaram algum tipo de dano, que me colocaram em conflito com os meus próprios sentimentos: de erros cometidos e que jamais pensei em cometer, de desilusões que tive e não consegui ainda perdoar, da lembrança de amigos que falharam na hora em que mais precisava deles, de um amor que não deu certo, daquelas situações de uniões de alguém conhecido que acabam em desastre e até hoje se procuram os culpados, as frustrações, os desencantos, a raiva, o ódio por determinada situação e todos os sentimentos que de uma forma ou de outra me têm desiludido e magoado ao longo dos últimos tempos.

 

Preciso de me livrar destes pesos desnecessários. Tenho necessidade de me renovar para viver dias melhores, libertar-me de determinados sentimentos de uma prisão chamada "passado".

 

No ficheiro das "experiências", faço por guardar comigo e levar para onde for, as imagens e os detalhes dos momentos felizes, das situações difíceis que superei, das vezes em que dei a volta por cima, das lágrimas que chorei mas que consegui secar, da mão que estendi para alguém, do abraço que dei, que recebi e senti paz e alento, da alegria de ter amigos, da esperança que me socorreu várias vezes, do beijo bem dado e daquele bem recebido, do amor correspondido, daquela pessoa que me é muito especial, daquele trabalho que foi especial e me deu alento, enfim todos os sentimentos que me ajudaram a ser forte e me impulsionam para a próxima batalha.

 

Guardo um cantinho para os erros, acho saudável que eles existam na minha vida. Para mim eles servem de espelho para que não tropece no mesmo caminho que já conheço. Hoje sou uma pessoa mais selectiva, mais racional e embora tenha um sexto sentido apurado, prefiro dar tempo ao tempo e não ter pressa de formar uma opinião imediata e irrefutável.

 

Acho que temos que estar sempre prontos para a luta, porque a vida é a eterna batalha entre o bem e o mal, entre o sonho e o pesadelo, entre a esperança e o desânimo, entre a guerra e a paz, entre o amor e o ódio, entre o trabalho e a preguiça, entre os estudos e a ignorância, entre a visão e a cegueira, e só faz uma distinção entre as pessoas: busca os vitoriosos, entre os que lutam e não se acomodam, os que fazem mais e reclamam menos, entre os que preferem ver o lado bom em tudo aos que em tudo só sentem o mal, entre os que decidiram ser felizes e os que se acomodaram com a dor e o desalento da infelicidade e da pena.

 

É o momento de festejar sim, o que foi bom, guarda e aprende.

O que foi motivo de dor, descarta no lixo das emoções passadas.

Acima de tudo temos que estar preparados para seguir em frente e vencer.

 

Tenham uma Excelente Semana!

 



publicado por Sheila às 23:32
link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De green.eyes a 20 de Julho de 2009 às 09:46
Olá Sheila
Todos nós temos os nosso ficheiros internos ... que tentamos gerir da melhor maneira possivel.
Há até (tál como eu) quem tenha "ficheiros secretos" coisas que guardamos só para mós...
A vida por vezes trocanos as voltas, e mesmo quando tentamos seguir o melhor caminho, o caminho correcto acabamos por vacilar e cometemos erros conscientemente...
Mas a vida é assim mesmo, uma vezes acertamos outras erramos, o importante e tentarmos retirar todos os ensinamentos possiveis para nos podermos tornar as melhores pessoas possiveis e se possivél não voltar a errar.
Boa semana para ti amiga.
Beijinho


Image


De Sheila a 20 de Julho de 2009 às 23:01
Olá Linda :)
Também eu tenho os meus ficheiros secretos e esses até me dão algum equilibrio entre o que arquivo e o que mantenho constante na lembrança. Há uma frase curiosa que diz "quando sabemos todas as respostas vem a vida e muda todas as perguntas" e quando sentimos isso nas nossas vidas temos que retomar o rumo do nosso caminho, retirando precisamente os ensinamentos possíveis da nossa experiência e passado.
Beijinhos doces para ti minha querida
Espero que o teu filhote esteja bem :)


De comecardenovopt.blogspot.com a 20 de Julho de 2009 às 11:18
Olá amiga. Parabéns pelo texto. Gostei muito desta tua divisão da vida em ficheiros: o arquivo morto e as experiências. Do passado temos que enterrar aquilo que não interessou, que nos fez sofrer e que não acrescentou nada de novo à nossa vida. O das experiências, esse de vez em quando temos que o abrir ..., vasculhar aquilo que nos interessa, seja para nos deliciarmos com a lembrança de momentos felizes, seja para nos emocionarmos por alguém que passou pelas nossas vidas e que, de algum modo deixou marcas positivas. Temos tabém de procurar um ou outro erro para meditarmos nele e não voltar a cometê-lo. E por que não procurar também aquele ressentimento, aquela mágoa do nosso amigo e tirá-los destes ficheiros e colocá-los no arquivo morto? Para o lugar deles írão a compreensão e perdão; não é fácil fazer esta troca em alguns casos, mas de certeza que o nosso coração agradecerá.Este ficheiro das experiências tem-me ajudado muito..., sempre que o abro e reflicto, fico melhor, mais selectiva, mais assertiva, mais maleável. Abro-o muitas vezes, porque todos os dias preciso de fazer opções e nada melhor do que nos servirmos dete arquivo para fazermos a melhor escolha. Um beijinho e uma boa semana
Emília


De Sheila a 20 de Julho de 2009 às 23:14
Olá Amiga,
E como sempre o teu comentário é mágico e complementa a minha forma de ver as coisas :)
Mentalmente tenho sempre bem presentes esses dois ficheiros, não arquivo e esqueço, pelo contrário quando arquivo determinado assunto tento vive-lo dessa forma. Um det. assunto ou pessoa ou situação que arquive no arquivo morto, passa a ser algo resolvido, algo que vivi com uma intensidade num dado periodo presente, mas que bem ou mal ficou resolvido na minha vida. O que tento acima de tudo é seguir para a frente, deixar fantasmas e evitar pedras no sapato para que não tenha que sofrer diariamente com esse passado e por isso preciso deixar no passado. Quanto ao perdão nem sempre se consegue é um facto, mas a partir do momento que arquive, mesmo que num arquivo morto, está para mim resolvido e perdoado, apenas me recuso viver sofrimentos e desilusões ad eternum!
Beijinhos doces para vocês


De miúda a 20 de Julho de 2009 às 16:19
Excelente organização... Tenho pena que comigo nem sempre funcione assim tão eficazmente. Tenho tendencia a ter alguns muito bem arrumados e classificados por ordem alfabetica até e outros uma completa confusao a saltar de arquivo em arquivo sem saber onde os arrumar.. Gostei muito do teu texto :)
Beijinhos grandes***


De Sheila a 20 de Julho de 2009 às 23:19
Linda,
Nem sempre as coisas funcionam, mas eu sou teimosa e obrigo a que corram.
Afasto-me de imediato do que me faz sofrer, do que me abala, do que me magoa, acho mesmo que já criei anti-corpos nesse sentido :)
Acho que na vida temos que ter consciência do bom e do mau, do que nos é importante e do que não é. Mesmo não separando as coisas em ficheiros, e a termos esta noção, torna-se mais fácil vivermos a nossa vida de uma forma mais feliz!
Beijo enorme para ti
doces


De libel a 20 de Julho de 2009 às 20:51
Isto faz-me lembrar as minhas gavetas, por mais que as goste de ver arrumadas, não consigo!!.Existe sempre uma peçinha ou outra que tende a ficar na gaveta errada. Então chega uma altura em que digo: é hoje, não passa d`hoje, vou organizar isto e pôr tudo nos devidos lugares, já chega de desarrumação. Encho-me de coragem e lá vai disto, a selecção já está memorizada, o pior é mesmo o espaço, pois tenho mais coisas "velhas" que "novas"...então resulta que tenho que tomar uma atitude mais drástica, se as coisas velhas não fazem falta, para quê guardá-las??..só estão a tirar lugar ás novas e quanto mais espaço livre tiver, mais novidades posso arrumar. Para além de ficarem mais fáceis de limpar, pois o pó tem tendência a acumular e de vez em quando temos que arejar as gavetas mesmo que novas.
Agora se a tendência é deixar as coisas velhas permanecerem na gaveta a criar mofo, é porque ainda não estamos preparadas para nos desfazermos delas, ora aí sim cria-se um big problema, pois é sinal que ainda nos incomodam...entendes!!..e se um elefante incomoda muita gente, imagina uma gaveta cheia deles!!...ah..não prefiro o meu sapinho...lol...
Beijokas adorei o texto!!


De Sheila a 20 de Julho de 2009 às 23:26
Compreendo bem essa tua analogia das gavetas, também tenho assuntos que teimam em não querer ficar fechados de vez. Nestas situações acabamos por nos desgastarmos um pouco mais, mas a dada altura conseguimos ultrapassar e finalmente arrumar bem arrumadinho em algum lado. Se não for numa gaveta, poderá haver sempre um sotão ou um buraquinho na garagem lolol
Coleccionar muitas coisas "velhas" também não é bom, porque é indicativo que demoramos, às vezes, tempo demais a fechar/resolver determinado assunto e isto desgasta-nos por dentro.

Pois uma gaveta ou um guarda fatos cheio de elefantes... ui ui só de pensar até assusta lol mais vale termos alguns sapitos sim... sempre são mais magros e esguios e talvez mais fáceis de lidar lol
Beijinhos grandes e eu gostei muito do teu comentário :) Grande afinidade!


Comentar post

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!