Quinta-feira, 4 de Junho de 2009
A Generosidade

 

 

A generosidade é uma qualidade que está a cair em desuso. Cada vez mais as pessoas raramente dão alguma coisa sem esperar nada em troca.

Confesso que nunca gostei da fábula “da cigarra e da formiga” de Jean de la Fontaine, e em pequena sempre tive a ideia que a formiga exagerava na sua labuta. Olhando hoje para a fábula, considero que a sua moral até é bastante actual, pois retrata uma certa avareza e mesquinhez presentes nas sociedades ocidentais do século XXI. Sem dúvida que nos devemos precaver para o futuro, não gastar o que temos e o que não temos, i.e. que devemos poupar hoje para futuros problemas que possam surgir, mas também não é preciso fazer disso cavalo de batalha e esquecer que o resto do mundo existe, até porque é meio caminho andado para não se viver plenamente o presente!

A generosidade está intimamente ligada à compaixão, algo bem diferente da piedade costumeira. Compaixão é estar atento aos problemas e ao sofrimento dos outros e estar disponível para ajudar, encontrar soluções. Piedade é fingir que se lamenta, às vezes, até se dando uma moedita, e depois segue-se em frente sem nunca mais se lembrar do sucedido.

As pessoas generosas têm disponibilidade efectiva e afectiva. Mesmo carregadas de problemas, de tarefas por fazer, arranjam sempre um tempinho para ouvir, fazem o possível e o impossível para estarem presentes, abdicando até, por vezes, de coisas suas.

Generosidade não é sinónimo de prenda. Há quem encha os outros de coisas, compensando a falta de afecto com prendas caras. Não é preciso comprar nada a quem precisa de amor. Por vezes basta apenas a simples presença, o acompanhamento, um par de ouvidos atentos, um sorriso, um olhar ou um abraço sentido.

Uma pessoa generosa está atenta a quem anda descalço e é capaz de dar um par de sapatos novos que tem no armário; repara que alguém passa fome e vai à despensa para ver o que pode dar. Uma pessoa generosa dá sem esperar retribuição. Sabe que há quem nunca tenha hipótese de devolver a ajuda e que outros simplesmente esquecerão depressa quem lhes deu a mão. Dá mesmo assim, porque é da sua natureza partilhar.

A generosidade alimenta-se do afecto e do amor porque quem ama dá mais do que recebe, em qualquer circunstância…

 



publicado por Sheila às 13:32
link do post | comentar | favorito

26 comentários:
De Just Moments a 4 de Junho de 2009 às 13:46
Querida linda!

..perfeita a descrição!!
e como não muito mais a dizer..vou leva-lo comigo, e tu sabes porque!

beijoca grande


De Sheila a 4 de Junho de 2009 às 23:28
Minha doce e linda amiga :)
Sabes que é sempre um elogio para mim quando me dizes que vais levar contigo, levas sempre um pedacinho de mim :)
E mais! ...generosidade é também sinónimo de just moments!
Beijocas docinhas docinhas


De comecardenovopt.blogspot.com a 4 de Junho de 2009 às 14:50
Olá. Gostei muito da diferença que faz entre generosidasde e piedade. Ser generoso é muito mais do que dar uma moeda a quem pede. É estar atento às necessidades dos outro que muitas vezes nem são materiais; quantas vezes só estão a precisar de uns minutinhos de conversa, de um olhar amigo, de uns ouvidos que as escutem por uns momentos. Temos demais... ,não precisamos de tanto.., podemos sempre repartir um pouco com os outros. Como já alguém disse: « só precisamos do suficiente» O suficiente é o bastante para nos considerarmos pessoas de sorte. Um beijinho e que tenha sempre o SUFICIENTE
Emília Pinto


De Sheila a 4 de Junho de 2009 às 23:32
Olá amiga Emília :)
Na vida e ao contrário do que muita gente pensa são as coisas mais pequeninas que fazem a diferença e é uma grande verdade que só precisamos do suficiente! :)
E eu desejo-te que também tu tenhas sempre pequeninas coisas que te preencham sempre :)
Beijinhos grandes
Sheila


De Estrela a 4 de Junho de 2009 às 14:52
Tens um miminho e desafio no meu cantinho


De Sheila a 4 de Junho de 2009 às 23:34
Olá linda :)
Oba um miminho pa mim :) que bom :)))
Bigada doce :)
Prometo que já lá passo!
Muitos Beijinhos para ti


De Tudo SobreTudo a 4 de Junho de 2009 às 15:24
Como eu concordo contigo. Costumo pensar para mim que sou generosa demais! E não é para me enaltecer... porque ADORO mesmo dar, ter gestos carinhosos com os meus amigos e familia. São muitas as vezes que tiro me mim, só para ter o prazer de dar... e admito que algumas vezes me arrependo, mas continuo a ser assim!


De Sheila a 4 de Junho de 2009 às 23:38
Olá linda :)
Acho que nunca se é generoso de mais ou menos lol a verdadeira essencia da generosidade é apenas de darmos de nós sem o intuito ou a necessidade de retorno. E como sei que o que dás é de coração aberto acho que não te deves arrepender nunca!
Beijinhos doces amiga


De cuidandodemim a 4 de Junho de 2009 às 18:19
Concordo totalmente. A pessoa generosa é aquela que dá pelo simples gosto de dar, pelo simples gosto de ver as outras pessoas felizes. E não só a nível material, mas principalmente quem dá de si, o seu amor, a sua amizade. Quem corre para junto do amigo que precisa sem olhar às suas próprias necessidades, mas porque sinceramente se preocupa mais com as necessidades do outro. A generosidade é espontânea, não é planeada nem se enaltece, vem do fundo do coração e é humilde.
Bjns


De Sheila a 4 de Junho de 2009 às 23:41
Olá amiga linda :)
A generosidade mais autêntica é sem dúvida a que damos de nós próprios através da nossa amizade, do nosso amor, do nosso afecto, do nosso abraço... e esta é espontânea, acontece de imediato e é mesmo como dizes vem do fundo do coração.
Lindo o teu comentário. Obrigada Linda!
Beijinhos doces


De Sugar a 4 de Junho de 2009 às 19:52
Olá minha querida, passei só para ver como as coisas andam por aqui, sei que tenho andado ausente mas não me esqueci de ti. A escola é que não me tem dado descanso !
Mas as férias já estão ai e eu já tenho mais tempo.
Espero que tudo esteja bem, muitos beijinhos!


De Sheila a 4 de Junho de 2009 às 23:46
Minha Doce Sugar,
Tão bom ver-te e saber de ti, não tens aparecido no msn e eu vi logo que era por causa da escola. espero do fundo do coração que esteja tudo a correr pelo melhor e que termines este ano ainda com melhores notas que no período passado :)
Eu também tenho estado ausente de alguns blogs, com muito trabalho e só tenho vindo mesmo um cadinho ao meu cantinho. Hoje quero ver se meto a leitura em dia por alguns cantinhos que gosto muito de visitar :)
Grande beijo minha querida e um até breve sim?
Abraço forte amiga linda
Sheila


De MIGUXA a 4 de Junho de 2009 às 22:54
Sheila,

Lindo este teu texto e que bem tipifica a verdadeira generosidade


A ti amiga deixo ficar o que tenho de mais valioso para repartir, amor...

Beijinhos doces
Margarida


De Sheila a 4 de Junho de 2009 às 23:51
Doce amiga Margarida :)
E é assim que sinto o que é a generosidade, ainda acrescentaria a relação de afectividade que se cria com alguns animais domésticos e que exemplica uma generosidade também autêntica da parte destes... algum dia destes ainda disserto sobre isso
Amiga aceito o teu amor e amizade e garantidamente que o meu sentimento é bem recíproco.
Beijinhos doces e com muito carinho


De eu.confesso a 4 de Junho de 2009 às 23:48
Aos aimgos posso confessar-me sem receios...e ... porque as estrelas deixaram de brilhar no deserto. :)))
tn


De Sheila a 4 de Junho de 2009 às 23:58
LINDO LINDO LINDO
Adorei a surpresa!

Adorei o blog!
Beijinho doce minha querida :)
Sheila

PS: já te lembraste? lolol


De Mónica a 5 de Junho de 2009 às 00:13
"A generosidade alimenta-se do afecto e do amor porque quem ama dá mais do que recebe, em qualquer circunstância…"

Não é cópia... é subscrição.
Grande este teu post, e não me refiro à quantidade de caracteres.
Pena que seja difícil muita gente não sentir esta mensagem. Os dias seriam tão mais ricos!

Beijinhos, Tigra linda :)


De Sheila a 5 de Junho de 2009 às 00:19
fofa linda :)
Não consigo explicar a afinidade que sinto por ti! Mas é bem real lol !
Saber que existem pessoas que sentem esta mensagem, nem que seja uma, acredita que já é muito bom mesmo! Infelizmente tudo corre é atrás de outras riquezas bem mais pobres.

Beijinhossss docinhosssssss mas com muitas calorias, já que da outra vez fiquei sem provar as farturas!!
Tigra doce (ui ui)


De pingodemel a 5 de Junho de 2009 às 11:08
olá amiga

a generosidade é talvez o mais nobre dos sentimentos quando é realmente gratuita...existe quem a pratique para aparecer etc...mas a genuina é de se lhe bater palmas é rara :)

beijinhos


De Sheila a 5 de Junho de 2009 às 14:38
Olá Linda,
Ser-se verdadeiramente generoso é das qualidades mais genuínas que conheço! Apesar de rara ainda se pratica, pena é que não possa ser ensinada a muito boa gente...
Beijinhos doces e um excelente fim de semana para ti e para o Luis :)
Sheila


Comentar post

* mais sobre mim
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* pesquisar