Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009
Post em jeito de Telegrama

Apesar da chuva e dos ventos fortes encontro-me em tour pelo Norte de Portugal. Neste momento em pleno Gerês, que apesar de chuvoso está bastante ameno com uns "deliciosos" 16º de temperatura lá fora. Aqui no apartamento de hoje, estamos mais quentinhos com todo o aquecimento ligado lol

Amanhã já começamos a descer, para que dia 30 já esteja em Coimbra e a tempo de preparar a entrada no novo ano que está já ai à porta.

Quero com calma fazer um balanço de 2009 e acima de tudo traçar objectivos para 2010. Essencialmente 2010 terá que ser um ano de viragem profissional. O ano em que ganho coragem e abro mão do comodismo profissional dos últimos dois anos. Cansei-me de dar o máximo, de vestir a camisola, de receber elogios. Assisto a mudanças que não me agradam e mesmo fazendo um esforço não consigo deixar de me sentir magoada com as alterações dos últimos dias: saida de colegas, entrada de outros a ganhar muito mais que os restantes... e com responsabilidades que não se comparam. Tenho amigos que me dizem que devo ter juizo... que não é de bom senso pensar em trocar uma empresa estável pelo desconhecido. Estou nesta empresa faço agora em Janeiro 12 anos já,  há dois anos que me mantenho num comodismo que começa a chatear-me e é hora de arriscar e de pelo menos fazer tentativas de mudança. 2010 será um ano de mudanças, ou pelo menos eu assim o desejo e com a forma e optimismo que me carateriza vou concerteza conseguir!

 

"De Tudo Ficam Três Coisas:

A certeza de estarmos sempre começando

A certeza de que é preciso continuar

E a certeza de que podemos ser interrompidos antes de terminarmos.

 

Portanto:

 

Fazer da interrupção um caminho novo,

Da queda um passo de dança,

Do medo uma escada,

Do sonho uma ponte,

Da procura um encontro."

 

Deixo muitos Beijinhos Doces e este video com uma mensagem lindissima

 

 Ps: Se tudo correr bem ainda volto antes do fim de ano :) Beijinhos



publicado por Sheila às 01:39
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Quinta-feira, 24 de Dezembro de 2009
Quem é que se lembra dele? Feliz Natal para todos :)

Tão fofo! Bons momentos e lindas recordações de infância :)

 

 

Agradeço de coração todos os emails, postais virtuais e comentários com votos de bom Natal. Na impossibilidade de conseguir responder a todos ou a passar em cada um dos vossos cantinhos, quero desejar-vos um Natal lindo e bem passado na companhia dos vossos amores e familia.

 

Felizmente entro de férias daqui a umas horas (até 4 de Janeiro wiiiiiiiiiiiiiiiii lol) pelo que voltarei a conseguir vir aqui com mais calma e disponibilidade. É incrivel como uns dias afastada, me fazem sentir saudades de tantas pessoas queridas, que muito estimo e que me têm acompanhado ao longo dos últimos meses. Os próximos dias vão ser de paragem obrigatória, de curtir cada segundo os momentos com aqueles que mais amo, com a minha filha, a quem não tenho conseguido dar a atenção que merece e com o meu marido que tem sido incansável e um excelente substituto nas lides de casa, em especial nos jantares, dado as horas tardias em que tenho chegado a casa! Vou aproveitar para viajar cá dentro, talvez ainda conseguir passar dois dias na neve. Acima de tudo preciso de descansar, esquecer vida profissional, de me divertir... de uma fuga à rotina e que de tempos a tempos é tão necessária como obrigatória.

 

Termino com este video da Radio Comercial, que está brutal lol e que já me fez dar umas boas gargalhadas lol

 

Esta boa disposição é contagiante! Por isso fiquem contagiados lol

 

 

 

Feliz Natal

 

Beijinhos Doces

 



publicado por Sheila às 00:38
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Domingo, 20 de Dezembro de 2009
Momentos de Natal... passado... presente... recordações

Não me canso de dizer que a vida é feita de momentos...

Tenho andado ausente e tenho imensa pena, mas esta última semana foi para esquecer.

O ritmo tem sido alucinante... demasiado trabalho, demasiadas horas na empresa e pela noite dentro, e demasiado stress no cumprimento de deadlines... Ando numa ansiedade (quase infantil) para que chegue o Natal... a Inês também mas por outros motivos completamente diferentes lol. Anseio sobretudo por fazer uma paragem de ritmo, de reunir a família e os amigos, de esquecer por uns dias a desmotivação que tenho sentido a nível profissional..  Optimismo é obrigatório! Mesmo!

Como sou bem disposta por natureza e em jeito de época de Natal aqui deixo momentos especiais. Uns pertencentes a um passado mais longínquo, outros mais recentes, mas todos reflexo de boa disposição, sintonia e alegria partilhada.

 

 

Natal de 2003 - A Inês ia a caminho dos 2 aninhos e neste Natal deu as chupetas ao Pai Natal... eu ainda "jogava" na equipa dos (v)intes! Saudades...

 

 

 

Natal 2008 - a Inês não tinha os dentes da frente LOL

 

 

 

 

 

Natal 2009 - a Inês cada vez mais crescida e eu a ficar mais velha lol

 

E para terminar nós...

 

 

 

... desejamos a todos um Feliz Natal, com muita saúde, bem estar familiar, harmonia, tranquilidade, amor e amizade...

e que no vosso sapatinho encontrem o que mais desejem.

Beijinhos Doces

 

 



publicado por Sheila às 02:13
link do post | comentar | ver comentários (31) | favorito

Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009
Pérolas para a minha filha (2)

 

A minha noite de Natal

 

"Eu vi um boneco de neve que falava e eu perguntei:

- Tu falas?

- Sim, eu falo.

- Queres ir passear comigo?

O boneco de neve não ia desistir do passeio. Ao longo da viagem começou a ficar sol e o boneco de neve começou a derreter e eu comecei a ficar cada vez mais triste e mais triste e ouvi o Pai Natal e ele disse:

- Não chores Inês, para o ano fazes mais um.

Eu cheguei a casa e a minha mãe perguntou:

- Onde estiveste?

- Estive a passear no parque mãe. Podemos abrir as prendas?

- Sim podemos, a minha prenda está escondida na cozinha, vai procurar.

De repente bateram à porta e eu ouvi hohoho.

- Olha é o Pai Natal! O Pai Natal disse:

- Olá Inês, tu estás boa?

- Sim, estou. Toma é para ti Inês

- Eu também tenho uma coisa para ti Pai Natal"

 

Inês Ventura em 15/12/2009

Ontem já cheguei tardíssimo a casa, e quando a minha filha me diz que trazia trabalhos de casa... AIII... afinal entra de férias já esta 6ªf e ainda há trabalhos de casa... brrrr lol

O trabalho era escrever uma história sobre o Natal... e este  foi o texto com que a minha filha me presenteou. Digam lá que não está Brutal para uma menina de 7 anos e que fez sozinha!

Lindo!

Eu diria que tem futuro! :)

 

PS: Lembram-se deste desenho? Acabou por ficar em 2º lugar com uma diferença de 4 votos do primeiro lugar.  Acho que ainda não vos tinha dito :)

 



publicado por Sheila às 16:59
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009
O meu post do ano

Aceitando o excelente desafio da equipa do Sapo, o post que mais prazer me deu escrever foi

O COLORIDO DAS MINHAS FÉRIAS.

Este ano foi marcado por algumas rasteiras e o facto de não ter tido o mesmo tipo de férias, como nos outros anos, foi algo que me desanimou um bocadinho.

As três semanas de férias foram preenchidas por mais de 1.300km's de deslocações diárias com a minha filha entre Coimbra - Fig. Foz - Coimbra  e os fins de semana a três foram pequenas escapadinhas por alguns pontos do País. Acabei por me divertir na mesma, porque não é o sitio que nos diverte, mas sim a enorme vontade de nos querermos divertir independentemente do sitio!

 

Feliz Natal Sapinho!


tags:

publicado por Sheila às 00:23
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Domingo, 13 de Dezembro de 2009
Sinais da Vida...

 

Hoje e enquanto ajudava a minha filha a fazer os trabalhos de casa, achei engraçada a dúvida dela em relação à seguinte questão: Os sinais de trânsito são importantes? Porquê?

 

Na estrada, assim como na vida somos regularmente confrontados com sinais ao longo do nosso percurso. São avisos que vão surgindo para que tenhamos atenção e tomemos decisões. Uns são informativos mas também podem indicar perigo ou proibição.

 

Se na estrada as regras e sinais são bem conhecidos e por isso a sua interpretação é simples, já na vida não existe nenhum código que nos decifre os sinais e por isso cabe a cada um de nós tentar ler ou estar bem atento ao que esses sinais podem significar...

 

Atender aos sinais da vida é uma decisão individual porque o seu significado resulta de uma leitura pessoal. Não existem multas nem penas como acontece na estrada mas continuam a existir riscos para o caso de não lhes darmos a importância certa. Sejam eles pequenos ou grandes, os riscos são quase sempre difíceis de antecipar e só mesmo a vida nos pode vir mostrar o verdadeiro sentido de cada um deles com o passar do tempo.

 

Há que permanecer alerta para os sinais mas sem viver obcecado por eles.

Há que deixar a vida fluir mas sem desprezar os sinais.

Há que os interpretar mas sem entrar em excessos enganadores.

Há que viver e ao mesmo tempo saber conviver com os sinais.

 

Na estrada da minha vida os sinais que me forem aparecendo serão sempre informativos dos comportamento e regras pessoais a seguir nas rectas ou curvas que me aparecerem ao longo de cada percurso...

 

Desejo-vos uma Excelente Semana!

 



publicado por Sheila às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009
Traço a traço... fazemos Laços

Os livros são importantes, para quem os lê e para quem os faz. Através deles, o autor oferece-nos uma visão de si  mesmo e do seu mundo e neles, podemos encontrar um lugar para nós próprios, uma imprevisível riqueza que passa a ser património cultural e afectivo de cada um de nós.

 

Para as crianças fazer um livro é apropriar-se de uma parte importante da nossa cultura, é participar num mundo maior, é compreender que aquilo que se pensa ou diz pode ser escrito, ilustrado, composto graficamente, impresso e devolvido à comunidade, deixando um legado às gerações futuras.

 

"Traço a traço... fazemos Laços"

 

Este é o livro que foi lançado hoje pela Fundação Bissaya Barreto. Um livro fruto do projecto "Um Ilustrador na Escola", que é o resultado de um projecto de aprendizagem lúdica que transformou as crianças em ilustradoras das histórias que para elas escreveram autores consagrados.

 

 

Este livro torna-se mais especial

quando uma das ilustradores foi a minha princesa Inês.

Aqui está ela na sessão de autógrafos lol

 

Hoje foi dia de lançamento!

Um final de dia lindo, em que o meu orgulho como mãe

e a emoção falaram bem alto.

 

De entre as cinco história, em forma de conto, que compõem esta obra, deixo-vos este texto da autoria de José Jorge Letria, e que é lindissimo!

 

"A Felicidade veste-se de azul

para abraçar a doce claridade das manhãs

e depois convida os meninos

para se juntarem numa doce canção de roda.

Enquanto cantam,

vão nascendo asas nas palavras

e fios de luz no corpo da melodia.

A Felicidade não gosta de ter pressa,

porque não tem comboios para apanhar,

nem aviões a chamarem por ela.

Gosta de se demorar junto de quem ama.

Só assim é capaz de sentir feliz.

Sim porque a Felicidade

tem mesmo de ser feliz.

Quando o dia finda, a Felicidade

abre a porta da noite, devagarinho,

e aninha-se dentro do sono para que todos

os meninos possam dormir tranquilos

até que o sol chegue e lhes diga

que nasceu mais uma manhã feliz

e tão mansa e azul como a alegria

esvoaçante das andorinhas"

 

 

Momentos únicos, daqueles que nos ficam na retina, daqueles que temos a certeza que nunca vamos esquecer na vida. Momentos que não perdem o brilho passada a emoção, e que no momento vivido são mesmo únicos.

 



publicado por Sheila às 01:23
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito

Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2009
Percepção de solidão

 

Uma mulher entra no cinema, sozinha. Acomoda-se na última fila. Desliga o telemóvel e espera o início do filme. Enquanto isso, outra mulher entra na mesma sala e acomoda-se na quinta fila, sozinha também. O filme começa.

 

Charada: qual das duas está mais sozinha?

 

Só uma delas está realmente sozinha: a que não tem um amor, a que não está com a vida preenchida de afectos. Já a outra foi ao cinema sozinha, mas não está só, mesmo numa situação idêntica à da outra mulher. Ela tem uma família, ela tem alguém, ela tem um “álibi”.

 

Muitas mulheres já viveram isso - e homens também. Uma pessoa viaja sozinha, almoça sozinha em restaurantes, mas não se sente só porque é apenas uma contingência do momento - há alguém à sua espera em casa. Esta retaguarda alivia a sensação de solidão. Um pessoa está sozinha, mas não é sozinha!

 

Então de repente perde-se o amor e a sensação de solidão muda completamente. Uma pessoa pode continuar a fazer tudo o que fazia antes - sozinha - mas agora a solidão pesará como nunca pesou. Agora ela não é mais uma opção, é um fardo.

 

Isso não é nenhuma raridade, e acontece vezes demais. A nossa percepção de solidão infelizmente ainda depende do nosso status social. Quando se tem alguém,  encara-se a vida sem preconceitos, expõe-se sem se preocupar com o que pensam os outros, lida-se com a solidão com maturidade e bom humor. No entanto, se uma pessoa carrega o estigma de solitária, a sua solidão triplicará de tamanho, ela não será algo fácil de levar, como uma bolsa. Ela será uma cruz de chumbo. É como se todos pudessem ver as ausências que se carregam, como se todos apontassem na sua direcção: ela está sozinha no cinema por falta de companhia! Por que ninguém aponta para a outra, que está igualmente sozinha?

 

Porque ninguém está, de facto, apontando para nenhuma das duas. Quem aponta somos nós mesmos, para o nosso próprio umbigo. Somos nós que nos cobramos, somos nós que nos julgamos. Ninguém está sozinho quando curte a própria companhia, porém somos reféns das convenções, e quando estamos sós, a nossa solidão parece piscar uma luz vermelha chamando a atenção de todos. Relaxe. A solidão é invisível. Só é percebida por dentro.

 

Martha Medeiros

 

 



publicado por Sheila às 01:32
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Terça-feira, 8 de Dezembro de 2009
ABC das minhas Rotinas...

 

A palavra rotina é uma daquelas palavras que assusta muito boa gente. Para mim a rotina é algo que, em certas coisas, me dá segurança e me faz sentir preenchida. Se aplicarmos a rotina a coisas, objectos ou situações acabamos por olhar para a palavra 'rotina' de uma forma completamente diferente lol.

Se não, vejamos: O início é a rotina do final, a escolha é a rotina do gosto, a rotina do espelho é o oposto. A rotina da mão é o toque, a rotina do perfume é a lembrança, a rotina da boca é o desejo e a batida é a rotina do coração.

 

ABC das minhas Rotinas

 

A de acordar, de almoçar, de água, de agenda, de amor e amizade, de aprender

B de boa disposição, de blog, de bolachas, de beijos

C de conduzir, de café, de chocolate, de cereais, de conversar,  de comer, de correr, de cozinhar, de cansaço

D de decisões, de despesas, de duches rápidos, de desejos, de dormir, de dúvidas, de desafios

E de escrever, de experiências, de emails, de escolhas, de emoções, de educar

F de fumar, de falar, de fotos, de familia

G de gargalhadas, de guloseimas, de gostar de viver

H de horas extra de trabalho,

I de iogurte liquido, de internet, de ideias

J de jantar, de jornais

L de livros, de lareira, de lembranças, de lugares

M de M&Ms ao lanche, de música, de msn, de mimar e de mimos

N de noticias, da natureza à minha volta, de namorar

O de olás matinais, de outlook, de ouvir determinadas músicas

P de pentear o cabelo, de papeis sobre a minha mesa, de perfumes, de prazeres mundanos, de planos futuros, de preocupações, de preguiças

Q de quebrar tarefas rotineiras, de quase tudo e quase nada

R de rir, de reuniões, de revistas, de roupas

S de semáforos, de sumol de ananás ao almoço, de sofá ao fim do dia, de skype, de sonhar, de stress, de saudades

T de trabalho, de telemóvel, de trânsito, de televisão , de tarefas, de troca de ideias

U de ultrapassar dificuldades

V de vicios bons, de vaidades

X de xixi (llooll)

Z de zelo, de zangas por vezes

 

A rotina do caminho é a direcção

A rotina do destino é a certeza

Toda a rotina tem a sua beleza!

 

Bom resto de semana

 

 

              ... fecha os olhos e adivinha... quanto é que eu gosto de ti....

 



publicado por Sheila às 23:57
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009
Raros Melhores Amigos

 

“As pessoas povoam a nossa vida como os malmequeres crescem nos campos. Algumas passam e não reparamos nelas. Outras destacam-se por qualquer motivo. Várias se tornam amigas. Raramente, uma ou duas pessoas se tornam as melhores amigas.

O melhor amigo como os simples amigos tem afinidades connosco, tem gostos em comum, tem qualidades e defeitos mútuos, ri-se e chora connosco, ouve-nos nos dias maus e conta-nos o que lhe apetecer, liga-nos sempre que pode e atende-nos sempre que pode, mas a diferença entre o simples e o melhor está aqui: sabemos que onde quer que se encontre, a que fuso horário estiver, a fazer o que calhar, podemos contar com ele. Sabemos que conhece o melhor de nós, mas que também conhece o pior, e mesmo assim não desiste de nós…

O amigo novo é mais fácil de guardar porque podemos esconder-lhe os dias negros da nossa existência e apenas mostrar o que temos de bom. Podemos criar uma espécie de super eu para o amigo novo, como se fóssemos um livro ao qual arrancámos as páginas de passado e mostramos apenas as páginas novas que queremos ser no futuro. Passamos a ser um livro estranho, com uma lombada mole, com folhas que se podem soltar porque estão descosidas do seu próprio passado. Um dia, as folhas arrancadas podem ser encontradas por acaso pelo amigo novo… Será que o conseguiremos manter quando descobrir que omitimos uma grande parte de nós? Talvez sim, talvez não…

Os raros melhores amigos com os quais temos o privilégio de partilhar a nossa vida são demasiado preciosos para podermos ser ingratos com eles, para os negligenciarmos, para os pormos de parte e o que mais quero na vida é que isso nunca me aconteça. Deus queira que eu saiba sempre estimar os meus raros melhores amigos…”

By Jacky

 



publicado por Sheila às 12:38
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Lição de Perseverança..

 

"A vida é cheia de términos e novos começos.

A cada curva há algo que nos desafia,

seja o novo, formidável, ou simplesmente o familiar.

O que para uns é uma montanha intransponível,

para outros um desafio a vencer.

O que se torna sombrio para alguns

ainda permanece iluminado para outros.

Os optimistas vêem o caminho à frente,

os pessimistas ficam tão ocupados

em olhar para trás que não conseguem

ver a solução bem diante deles.

Se ficarmos segurando a corda

que nos arrasta para trás

não teremos mãos livres

para agarrar a corda que nos

puxa para frente."

 

Já observaste a atitude dos pássaros diante das adversidades?

Ficam dias e dias fazendo o seu ninho, recolhendo materiais, às vezes trazidos de locais bem distantes... E quando já ele está pronto e estão preparados para pôr os ovos, as inclemências do tempo ou a acção do ser humano ou de algum animal destrói o que com tanto esforço se conseguiu...

O que faz o pássaro?

Pára, abandona a tarefa?

De maneira nenhuma. Começa, uma outra vez, até que no ninho apareçam os primeiros ovos. Muitas vezes, antes que nasçam os filhotes, um animal, uma criança, uma tormenta, volta a destruir o ninho, mas agora com seu precioso conteúdo...

Dói recomeçar do zero... Mas ainda assim o pássaro jamais emudece, nem retrocede, segue cantando e construindo, construindo e cantando...

 

Já sentiste que a tua vida, o teu trabalho, a tua família, os teus amigos não são o que sonhaste? Tens vontade de dizer basta, não vale a pena o esforço, isto é demasiado para mim?

Podes estar cansado de recomeçar, do desgaste da luta diária, da confiança traída, das metas não alcançadas quando estavas a ponto de conseguir? Mesmo que a vida te golpeie mais uma vez, o importante é que a vontade de continuar em frente prevaleça e para isso é necessário que sejas perseverante e fiel a tudo em que acreditas! 

A vida é um desafio constante, mas vale a pena aceitá-lo.

E sobretudo... mesmo em desafino há que continuar a cantar!

 



publicado por Sheila às 00:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 2 de Dezembro de 2009
Um sonho sobre uma vida de sonho!

 

Para bem do nosso equilibrio todos devemos ter a capacidade de sonhar.

Sonhar pode ser muito positivo, se isso nos permitir projectar a nossa vida de sonho pela qual desejamos lutar.

Podemos sonhar com uma vida diferente, uma vida de sonho que reflecte aquilo que queremos vir a ser.

Vida de sonho, não são os sonhos com castelos, príncipes e princesas, nem tão pouco são os sonhos de riqueza ou de beleza. Vida de sonho é simplesmente a vida com que ambicionamos, é aquilo que  queremos atingir por mais impossível que nos possa parecer. É bom quando vivemos intensamente a caminho da nossa vida de sonho em vez de viver apenas do sonho.

Importante não é simplesmente o sonho, mas sim a sua capacidade para nos motivar de forma a lutarmos por atingir esse sonho.

 

Este video que hoje aqui deixo, projecta-nos para um sonho. Sinceramente não é o meu tipo de vida de sonho... mas que nos projecta para um outro patamar...  não tenho qualquer dúvida :)

 

Enjoy this "aquatic dream" :)

 

 

http://www.why-yachts.com/#/Making%20of%20WHY%2058x38

(cliquem onde diz Making of WHY) 

 

Bom regresso ao trabalho... felizmente que vão ser só 3 dias e é de novo fim de semana comprido LOL. Difícil é re-ajustar o relógio biológico para voltar acordar cedo... ai ai

 



publicado por Sheila às 01:29
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito

Terça-feira, 1 de Dezembro de 2009
Quem Ama Educa

 

(sintonia entre mãe e filha - Junho 2002)

 

Ao olharmos um navio no porto, imaginamos que ele esteja no seu lugar mais seguro, protegido por uma forte âncora. Mal sabemos que ali está em preparação, abastecimento e provisão para se lançar ao mar, ao destino para o qual foi criado, indo ao encontro das próprias aventuras e riscos. Dependendo do que a força da natureza lhe reserva, poderá ter que desviar da rota, traçar outros caminhos ou procurar outros portos. Certamente retornará fortalecido pela aprendizagem adquirida, mais enriquecido pelas diferentes culturas percorridas. E haverá muita gente no porto, feliz à sua espera.

 

Assim são os FILHOS.

 

Estes têm nos PAIS o seu porto seguro até que se tornem independentes. Por mais segurança, sentimentos de preservação e de manutenção que possam sentir junto aos seus pais, eles nasceram para singrar os mares da vida, correr os seus próprios riscos e viver as suas próprias aventuras.

Certo que levarão consigo os exemplos dos pais, o que eles aprenderam e os conhecimentos da escola, mas a principal provisão, além das materiais, estará no interior de cada um: A CAPACIDADE DE SER FELIZ.

Sabemos, no entanto, que não existe felicidade pronta, algo que se guarda num esconderijo para ser doada, transmitida a alguém.

 

O lugar mais seguro que o navio pode estar é o porto. Mas ele não foi feito para permanecer ali.

 

Os pais também pensam que sejam o porto seguro dos filhos, mas não podem esquecer-se do dever de prepará-los para navegar mar a dentro e encontrar o seu próprio lugar, onde se sintam seguros, certos de que deverão ser, em outro tempo, este porto para outros seres.

Ninguém pode traçar o destino dos filhos, mas deve estar consciente de que na bagagem devem levar VALORES herdados como: HUMILDADE,  HUMANIDADE, HONESTIDADE, DISCIPLINA, GRATIDÃO E GENEROSIDADE.

 

Filhos nascem dos pais, mas devem tornar-se CIDADÃOS DO MUNDO. Os pais podem querer o sorriso dos filhos, mas não podem sorrir por eles. Podem desejar e contribuir para a felicidade dos filhos, mas não podem ser felizes por eles.

 

A FELICIDADE CONSISTE EM TER UM IDEAL A BUSCAR E TER A CERTEZA DE ESTAR DANDO PASSOS FIRMES NO CAMINHO DA BUSCA.

 

Os pais não devem seguir os passos dos filhos e nem devem estes descansar no que os pais conquistaram.

 

Devem os filhos seguir de onde os pais chegaram, do seu porto, e, como os navios, partirem para as próprias conquistas e aventuras.

Mas, para isso, precisam ser preparados e amados, na certeza de que: “ QUEM AMA EDUCA ”.

 

Içami Tiba

 

 

E como os pais fazem o máximo pela felicidade dos filhos... qual o melhor programa para um dia de feriado, qual é? De preferência seria não ter hora para levantar... mas amanhã não me vai calhar essa sorte! A minha filha tem uma festa de anos às 10h da manhã (acho que vai ser mais às 11h... não sei porquê lol ... ). Custa um bocado... sim já aqui o disse e volto a dizer... adoro dormir e custa-me a um dia de feriado ter que levantar mais cedo!! Mas quando penso que a festinha é de uma coleguinha da creche, que a Inês já só vai vendo em festinhas, sinto que é fundamental não se perderem estes laços da infância, e que nem o facto de terem seguido para escolas diferentes irá conseguir quebrar estes elos, que nós Pais somos também responsáveis por manter!

 

Deixo o Desejo de um excelente dia de Feriado!

Nós vamos divertir-nos muito... lol

 

 (... a sintonia continua...)

 



publicado por Sheila às 01:44
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!