Sábado, 8 de Agosto de 2009
A Cítara da Amizade...

 

 

"É bom lembrar, a quem não sabe, que a cítara é composta de duas camadas de cordas sobrepostas, uma sobre a outra, muito próximas, sem nunca se tocarem.

A camada de cima é sensibilizada pelo músico, e a de baixo não pode nunca ser tocada pelos dedos.

Quem pouco entende dos segredos sonoros pode perguntar-se por que razão um instrumento musical tem cordas que não são tocadas.

A beleza desse mistério está justamente na harmonia que enlaça as duas camadas.

Os dedos não tocam a de baixo para que suas cordas possam vibrar pela magia de uma coisa muito mais subtil que os dedos.

Tangidas pelos sons que brotam das primeiras elas reverberam e fazem nascer uma outra música, diversa daquela que o artista produziu.

Eis o segredo.

Eis a sensibilidade.

Olhemos agora para nós.

Quem sabe sejamos cítaras humanas, que vivem dentro de um encanto chamado vida, provocado pelo carinho criador de Deus;

Lá dentro, no fundo de nossa essência, estão as segundas cordas de uma única verdade, que os dedos nunca tocam, mas que fazem ouvir uma outra voz, a vibrar pelos escaninhos do silêncio...

Vem de lá uma canção imortal, jamais tocada, mas que, se ouvida, pode dizer muito de nós.

Talvez seja esta a melodia diferente que os bons médiuns ouvem. Aqueles que lêem com amor o não-dito das palavras humanas, separando a mentira da verdade, o joio do trigo, e escolhendo o bem.

Talvez seja, essa música oculta, a melhor definição de amizade.

Afinal, o que um amigo faz senão educar-se para escutar o nosso silêncio, que às vezes busca um abraço, um momento de atenção para aplacar a sua melancolia?

Um companheiro, é primeiro um amigo e um amigo é também algo mais.

É aquele que faz do seu sossego um recanto confiável, onde o outro pode guardar os seus segredos se não tiver medo de perdê-los.

Um amigo é aquele onde a nossa segunda pauta encontra eco, porque sabe que no âmbito da amizade a solidão é um convite ao recolhimento, para que sejamos ouvidos, para que possamos reverberar.

Nos braços de um amigo, a nossa solidão se dilui no suave aroma da partilha.

Você, a quem muitos consideram verdadeiro irmão, pode treinar os ouvidos do sentimento para escutar uma nova melodia.

Preste, porém, menos atenção no que as pessoas irão tocar e mais nos sons daquelas cordas que nunca serão tangidas.

Aproveite, também para apreciar a beleza da música que brota de todo lugar.

Mesmo a do silêncio...

Aí escutará a segunda canção de Deus, convidando-o a que habite uma realidade nova: a de ser, finalmente, um bom e melhor amigo, que com muito amor, aprendeu a chamar os outros para fora da solidão..."

 

 

"Um Amigo se faz rapidamente, já a amizade é um fruto que amadurece lentamente." Aristóteles

 

Grande Beijo para todos e o desejo de um excelente Fim de Semana!

Xi-Kor Miguxa e um bem haja pela foto linda que aqui deixas no meu doce refúgio :)

 



publicado por Sheila às 01:40
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Sexta-feira, 7 de Agosto de 2009
Orgasmo da Vida

 

"Alegria é aquilo que sentimos no orgasmo,

felicidade é aquilo que nos faz

querer o orgasmo novamente.

Alegria dura um momento,

felicidade invade a eternidade…

E a coragem é o que nos faz sentir

o orgasmo pela vida

e nos momentos das dores,

nos mantém de cabeça erguida,

na esperança de um novo orgasmo."

 

Subscrevo na íntegra!

 



publicado por Sheila às 01:28
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

Quinta-feira, 6 de Agosto de 2009
Pérolas

 

 

 

As Pérolas são produto de dor, resultado da entrada de uma substância estranha ou indesejável no interior da ostra, como um parasita ou um grão de areia.

 

A parte interna da concha de uma ostra é uma substância lustrosa chamada nácar.

 

Quando um grão de areia penetra, as células do nácar começam a trabalhar e cobrem o grão de areia com camadas e mais camadas para proteger o corpo indefeso da ostra.

 

Como resultado: forma-se uma linda Pérola.

 

Uma ostra que não foi ferida, de algum modo, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.

 

Quem é que nunca se sentiu ferido pelas palavras rudes de um amigo?

 

Quem é que nunca foi acusado de ter dito coisas que não disse?

 

Quem é que já viu as suas ideias e atitudes serem rejeitadas ou mal interpretadas ?

  

Nestas situações devíamos conseguir produzir a nossa própria pérola: injectar aquela força positiva chamada auto-estima, formar a tal capa protectora das nossas mágoas, rejeições sofridas, tristezas e frustrações sentidas e não deixarmos que estes aspectos negativos, que fazem parte da vida, se tornem feridas difíceis de cicatrizar.

 

"Um dia a lágrima disse ao sorriso: invejo-te porque vives sempre feliz. O sorriso respondeu: enganas-te, pois muitas vezes sou apenas o disfarce da tua dor."

 



publicado por Sheila às 01:08
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009
Realidades

 

"O Sol sempre se põe a oeste.

Os pontos cardeais foram criados pelo homem, que necessita de referências de espaço e constância.

O movimento do Sol é aparente, não é real.

Não é o Sol que nasce ou morre, é o planeta que gira. Assim como leste e oeste e direita e esquerda, certo e errado são conceitos.

O julgamento representa apenas um ponto de vista, não a realidade absoluta. Se nos fixamos no detalhe, corremos o risco de perder a visão do todo.

O vaivém das ondas é eterno. Faça chuva ou faça sol, os rios correm para o mar. E olhar o mar ajuda-nos a compreender a lição do desapego, pois a vida leva e traz, contrai e expande, em constante mutação...

Esse fluxo traz a renovação. Se o interrompemos porque desejamos apenas receber e acumular o que chega, ocorrerá um desequilíbrio.

Muitas vezes o que nos faz criar atrito com a vida é querer que tudo dure para sempre. Quando paramos de resistir às mudanças naturais da vida, entramos num fluxo de paz e serenidade.

Sempre a Primavera, nunca as mesmas flores, sintetiza o delicado e o subtil relacionamento entre o mutável e o imutável no Universo e na nossa vida. A natureza diz-nos que tudo acontece gradualmente, na interacção e transformação. Em vez de fixar os acontecimentos, podemos saborear o fluxo da vida e prestar mais atenção aos pequenos sinais de mudança que ocorrem a todo instante.

Seja onde for, o chão está sob os pés e o céu acima da cabeça. Quem garante é a lei da Gravidade, e a natureza também revela que existem posições naturais. Cada um tem a sua singularidade e função no mundo.

Para os chineses o céu representa o criador e a terra é a que realiza materialmente o impulso do Criador.

O que nos torna iguais é o facto de sermos diferentes. Este paradoxo ensina-nos que devemos aceitarmo-nos como somos, aceitar os nossos limites, peculiaridades e transformações. E não há motivo para termos inveja de outras pessoas. O céu representa espiritualidade e elevação, e a terra simboliza o aspecto material.

Perceber os ciclos e as mudanças ajuda-nos a confiar mais na vida!"

 



publicado por Sheila às 00:49
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Terça-feira, 4 de Agosto de 2009
Flor Amarela

 

 

"Um dia observando um terreno baldio, fiquei comovido ao identificar no meio de várias ervas daninhas um linda flor de cor amarela.

 

Não era difícil percebê-la, a sua cor e forma contrastavam enormemente com as ervas de coloração verde que a rodeavam.

 

Durante alguns minutos essa súbita observação suscitou em mim uma série de reflexões: pensei no quanto estamos num mundo difícil de se viver e no quanto é importante não nos deixarmos sufocar pelos problemas.

 

Conclui que por mais que o mundo esteja cheio de ervas daninhas, nós não temos que nos tornar uma delas. Não importa qual sejam as dificuldades haverão sempre flores amarelas…

 

Quando deixamos de percebê-las é porque a pretensão de achar que sabemos tudo nos tapa os olhos.

 

Nisso, perdemos um pouco da nossa identidade e passamos a achar o nosso lugar ruim de viver. Invejamos o jardim do vizinho. Achamos que seríamos mais felizes com uma outra casa, carro, emprego… vã ilusão! Poucos são os jardins onde não existem ervas daninhas.

 

O que torna uns mais belos que os outros é tão somente a maneira como os observamos e a capacidade que temos, ou não, de identificar as flores no meio das ervas daninhas."

 

Marcos Lima e

Ronaldo Oliveira

 

Existe um provérbio Árabe que diz "Por causa da rosa, a erva daninha acaba sendo regada".

No nosso dia a dia não conseguimos evitar as tais ervas daninhas que aparecem sempre quando menos desejamos e por mais que as tentemos retirar, voltam sempre mais cedo ou mais tarde! Como diz o texto, e muito bem, devemos ter em mente a tal flor amarela... a tal positividade que nos é tão necessária para que olhemos para o jardim relvado da nossa vida e tenhamos sempre a percepção que encontraremos nele, verdadeiras belezas escondidas!

 



publicado por Sheila às 00:57
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009
Melancolia

 

Acho que a melancolia é um sentimento suavemente triste. Não nos sentimos totalmente tristes nem apáticos, mas num estado de espiríto que existe em nós como uma leve cortina que consegue encobrir as cores garridas da realidade. Os dias ou as horas decorrem tranquilos, não fosse essa melancolia que nos mantém estáveis na escala das emoções.

A melancolia pode trazer bem estar mas raramente nos deixa alegres, pode fazer-nos sentir aborrecidos mas raramente nos deixa completamente de mau humor.

A melancolia desperta em nós memórias de vivências, experiências, hábitos, vontades quando em determinada altura o passado ou um determinado acontecimento os despoleta.

A melancolia pode ser a porta de entrada ou de saida da tristeza e da saudade.

A melancolia é tristemente suave se não se instalar definitivamente, porque ao persistir, impedir-nos-á de viver novos momentos e intensamente a vida!

 

Sem querer e sem conseguir evitar sinto-me melancólica. Pela primeira vez entrei num período de férias sem planos, sem aquela azáfama de fazer as malas, enfrentar o caos do trânsito no primeiro dia de Agosto e sem aquela tão desejada vontade de ir de férias...  daquele fugir desenfreado da rotina.

Dou-me conta que é a primeira vez em 20 anos que fico por Coimbra nesta altura do ano!

Fico triste por um lado, eu de férias com a minha filhota e o pai a trabalhar, mas consigo sentir-me feliz, apesar de tudo, de estarmos todos bem, porque isso é o principal!

As próximas 3 semanas serão ao sabor do tempo, a fazer 130kms diários para ir à praia... talvez umas idas ao cinema... uns programas ao fim de semana para bem longe de Coimbra lol enfim, planos que só poderei fazer tendo em conta o tempo... sim porque pensava que era Verão... mas... até nisso me sinto melancólica! Onde estão aqueles dias quentes? Aquelas noites de verão, abafadas e que estavamos bem com pouca roupa!

 

Como sou bastante positiva, pelo menos vou poder dormir até mais tarde (lol) sem aquela obrigatoriedade de ir para a praia ou necessidade de aproveitar a 200% cada instante fora de casa, onde tudo é novo e explorável!!

Boas férias para todos e para mim também!

... que embora de férias, estarei por aqui! Beijinhos

 



publicado por Sheila às 02:09
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito

Domingo, 2 de Agosto de 2009
A Agenda da Felicidade

 

O Sorriso

É o cartão de visita das pessoas saudáveis.

Distribui-o gentilmente.

 

O Diálogo

É a ponte que liga as duas margens, do eu ao tu.

Transmite-o bastante.

 

O Amor

É a melhor música na partitura da vida.

Sem ele, serás um(a) eterno(a) desafinado(a).

 

A Bondade

É a flor mais atraente do jardim de um coração bem cultivado.

Planta estas flores.

 

A Alegria

É o perfume gratificante, fruto do dever cumprido.

Esbanja-o! o mundo precisa dele.

 

A Paz na Consciência

É o melhor travesseiro para o sono da tranqüilidade.

Vive em paz contigo mesmo.

 

A

É a bússola certa para os navios errantes, incertos, que buscam as praias da eternidade.

Utiliza-a sempre.

 

A Esperança

É o vento bom empurrando as velas do nosso barco.

Chama-o para dentro do teu quotidiano...

 

Autor Desconhecido

 

Sem dúvida que com esta agenda... a felicidade pode ser a companheira e aliada para levar a bom porto o barco da vida!

 



publicado por Sheila às 03:39
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito

Sábado, 1 de Agosto de 2009
Os teus olhos...

 

São uns olhos verdes, verdes,
Uns olhos de verde-mar,
Uns olhos cor de esperança,

Uns olhos que me fazem sonhar.
São como duas esmeraldas,
Iguais na forma e na cor,
São verdes da cor do prado,
Que exprimem enormes paixões,
Tão facilmente se inflamam,
Tão meigamente derramam

Fogo e luz

Fios de lágrimas;

São uns olhos verdes, verdes,
Que podem também brilhar;
Não são de um verde embaçado,
Mas verdes da cor do prado,
E verdes da cor do mar.
Como se lê num espelho,
Pude ler nos teus olhos!
Os olhos mostram a alma,
Também refletem os céus;

São uns olhos verdes, verdes

Os olhos do meu coração!

 



publicado por Sheila às 17:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Persistência

 

Quantas pessoas acham que é difícil começar uma caminhada!

Pessoalmente não penso assim...

Para mim, mais difícil que iniciar é continuar…

O mundo está cheio de começos: há os que começam uma relação, um casamento, os que começam a abandonar um vício, os que iniciam uma nova aprendizagem ou um novo desafio e por ai fora.

O ir em frente e continuar é bem mais complicado. Exige persistência , perseverança e muita força de vontade.  Requer que nós olhemos para trás com sentimento de satisfação pela experiência adquirida e não com remorso ou sensação de arrependimento.

Que nós tenhamos sonhos, mas que não vivamos de sonhos.

Que choremos, mas não deixemos as lágrimas turvarem a nossa visão. 

Que consigamos amar os outros, mas que nos amemos a nós próprios primeiro, 

Que escutemos os outros, mas que não desistamos de fazer o que julguemos certo, por causa deles.

Tudo isso de tão simples parece coisa de crianças. E é mesmo! Antes de aprendermos a andar precisamos: cair muitas vezes, de nos magoarmos, de chorar, de ser motivo de riso, e nem por isso tudo desistimos ou deixamos de nos levantar.

Nisso temos muito que aprender com as crianças. Elas “sabem” que antes de dar os primeiros passos, é preciso ficar de pé, e antes disso é preciso gatinhar. Notem que elas arranjam sempre uma forma de se manterem inicialmente seguras, e depois disso arriscam... se as pernas fraquejarem, voltam agarrar-se à persistência de continuarem a tentar.

Todos precisamos do apoio de outras pessoas, mas, devemos ter consciência que elas não são bengalas e nós não somos aleijados. Se todas as pessoas soubessem disso teríamos bem menos fracassados no mundo.  

O mundo teria muito mais gente que poderia atingir grandes coisas.

Infelizmente muitas desistem a meio do caminho...

Diante disto só temos que agradecer a predisposição para certas aprendizagens na infância. Se fosse o contrário, muita gente hoje estaria numa cadeira de rodas.  

 

Muitos começam, mas poucos persistem. Persistência é uma teimosia com um propósito e não é uma longa corrida; ela é muitas corridas curtas, uma depois da outra. O empenho que devemos colocar activamente no alcançar de determinado objectivo é que dá significado, consistência e substância à nossa vida!

Por isso e incansavelmente persistam...

 

 



publicado por Sheila às 02:06
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!