Segunda-feira, 6 de Abril de 2009
Memórias!

 

Passou

Passou mais um dia...

E o que ficou?

Talvez mais uma preocupação?

mais uma arrelia?

mais uma frustração?

mais um desejo bem patente

de uma outra realização,

do meu anseio de ser diferente.

Vagueia assim o meu pensamento,

quando decorre mais um momento

e, de novo, passou...

tento apagar a sombra do tempo

e procurar o que restou.

Mas como?

Como balançar o que se fez?

Se o que se passou foi só uma vez!

Vencer todas as barreiras,

ultrapassar-me no além,

galopar o desejo de melhor,

não será caminhar bem?

E em tudo uma interrogação!

É sempre a mesma conclusão!

Penso assim e melhor,

quando abstraída do que me interroga,

quando convencida da face diferenciada,

da minha vida complicada!

Embora muito sonhadora

consigo viver neste nosso planeta

que tantos dissabores nos traz,

dia após dia...

Para quê evidenciar um defeito...

exaltar uma virtude,

se os dois elementos

sintetizam a mesma realidade?

É da fusão desta dualidade

que se caracteriza a personalidade

e não pretendo confundir,

nem subtrair

a minha potencialidade!

 

Escrevi isto em Fevereiro de 1989, tinha quase 15 anos e passava uma fase difícil da minha vida... talvez fossem coisas dessa idade...

Confesso que há situações das quais já não tenho lembrança. Temos a capacidade de "aninhar" vivências em recônditos espacinhos da nossa memória!

Resta-me um pequeno livro de memórias onde passados estes anos posso reviver uma parte que já não está presente de mim!

 

Dedico este post à minha doce amiga Sugar!

 



publicado por Sheila às 22:37
link do post | comentar | favorito

10 comentários:
De Tudo SobreTudo a 7 de Abril de 2009 às 09:33
Olá!
O poema está lindissimo!
Ainda bem que fazes uma triagem das lembranças!
É bom lembrarmo-nos de momentos bons!
Beijinhos
TST


De Sheila a 7 de Abril de 2009 às 15:25
Olá linda :)

Nesta altura acho que andava naquela fase de querer ser independente e ninguém me levar a sério. Não sei se foi um momento bom se não... sei que era mais crescida para a idade e tinha muita necessidade de exteriorizar o que sentia. Mas é giro re-ler estas coisas escritas há já tanto tempo! Hoje acho que me sinto cota! LOL
Beijinhos


De mamaepedro a 7 de Abril de 2009 às 11:31
Eu, infelizmente também apaguei muitas coisas da memória, não me recordo da minha infância e muito pouco dos anos a seguir, tenho a capacidade de esquecer tudo o que me arrelia que ás vezes até me preocupa, ás vezes penso que não tenho coração...Enfim...

Beijinhos


De Sheila a 7 de Abril de 2009 às 15:29
Não penses assim até porque eu encaixo-me no que tu sentes e nessa capacidade de esquecer o que me arrelia, o que não quero de maneira nenhuma recordar... eu chamo-lhe bom senso para comigo própria... não tenho feitio para chorar sobre o leite derramado ou chover no molhado! E considero-me uma pessoa de bom coração :)
Beijinhos grandes


De Infinito e Mais Além a 7 de Abril de 2009 às 13:00
Olá! =)
Gostei muito do poema... A capacidade que nos surge, em momentos, que nos leva algumas memórias, que mais tarde não recordamos. Resta-nos as memórias das memórias =)

Beijo


De Sheila a 7 de Abril de 2009 às 15:31
Que lindo! "resta-nos as memórias das memórias" e que grande sentido que essa frase faz! Parabéns :)
Obrigado pelas tuas deliciosas palavras!
Muitos Beijinhos!


De Sugar a 7 de Abril de 2009 às 20:30
Obrigado por tudo mesmo, tens sido um grande apoio. O poema é lindo e diz-me muito!
Obrigado por te teres lembrado de mim e por me teres dedicado este poema maravilhoso.
Grande beijo
E mais uma vez muito, mas muito obrigado.


De Sheila a 8 de Abril de 2009 às 03:00
Olá minha doce Amiga!
Não precisas de me agradecer. Apoiar-te-ei sempre. Na minha vida sempre tive pessoas que me acompanharam sempre, me deram imensa força e acima de tudo me ensinaram e incutiram esse sentimento tão bom! Quando tudo parece feio ou desconcertado pode ser só dos nossos olhos... se "olharmos" melhor com coração talvez algumas daquelas "coisas" que parecem turvas passem a fazer algum sentido. Não é à toa que damos valor aos momentos bons e felizes só depois de passarmos por maus bocados... não é à toa que sentimos a falta de alguém quando a perdemos e por vezes temos que contrariar os sentimentos negativos... reagir... acreditar e direccionar o nosso rumo para os nossos objectivos e para o que nos faz feliz!
Beijo muito doce e com muito carinho para ti.


De cuidandodemim a 7 de Abril de 2009 às 21:10
Relembrar coisas como esta trazem à memória muitas recordações. Espero que tenhas no presente tudo o que desejaste nesse momento...
Bjns


De Sheila a 8 de Abril de 2009 às 03:07
É sempre bom recordar... mesmo momentos menos bons. Olhando para trás e fazendo aquele rewind de vivência posso dizer que tenho tido imensa sorte. A vida pode mudar muito ainda... mas nada me pode tirar o que já vivi até agora. Presentemente tenho o que desejei... essencialmente muito equilíbrio na minha vida, uma familia linda, um companheiro há já 20 anos que continua a ser companheiro, que me respeita, me ama muito e me apoia incondicionalmente.
Beijinhos para ti linda :)


Comentar post

* mais sobre mim
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar