Quinta-feira, 11 de Novembro de 2010
Pequenos Grandes Momentos...

 

Enquanto fazia um pouco de fotosíntese e esperava pela minha companhia de almoço, um carro estacionou ao lado do meu.

O ocupante era um rapaz na casa dos 30 anos. Trocámos um olhar pontual e ali permanecemos por mais uns minutos, sob um sol delicioso, uma paisagem outonal magnífica de uma mistura de tons amarelos, verdes, castanhos e laranjas.

Chega mais um carro, que estaciona mais à frente. Vejo passar à minha frente o tal rapaz com uma cesta na mão... o casal cumprimenta-se demorada e apaixonadamente. Caminham juntos em direcção aquela paisagem magnífica e instalam-se confortavelmente numa das mesas, sem que as suas mãos se desprendam uma da outra.

Mais uns beijos e uns sorrisos genuínos e o rapaz inicia o ritual de partilha do conteúdo da cesta. Ele estava de costas para mim e por isso tapava o conteúdo que ia colocando estratégicamente em cima da mesa. Pelas expressões faciais dela foi inevitável não reparar como estava surpresa e feliz. É incrível como pequenos (grandes) momentos estão ao alcance de qualquer um de nós e às vezes o bom (o melhor) da vida é tão simples de realizar :)

 


tags:

publicado por Sheila às 10:18
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Terça-feira, 12 de Outubro de 2010
Momentos

 

A nossa vida é feita de momentos, alguns únicos ou oportunidades únicas que surgem em determinado momento e em que temos que decidir entre fazer ou não fazer, reagir ou não reagir, lutar ou não lutar, ousar ou não ousar, arriscar ou não arriscar... por vezes momentos que podem ser de viragem ou não... tudo a qualquer momento é possível de acontecer.

Momentos fáceis e momentos dificeis que implicam uma capacidade de resposta que nem sempre temos e em que tomamos decisões complicadas.

Momentos bons, de renovação interior como decidir fazer ou não uma viagem, planear umas férias, aceitar ou não um novo emprego, em que nos deixamos levar por uma nova paixão ou momentos dificeis em que sentimos desilusão pelos outros, que decidimos colocar um ponto final numa relação, numa amizade, numa paixão, num emprego, etc.

Momentos bons ou maus, fáceis ou mais dificeis são todos diferentes, são experiências que a vida nos faz vivenciar e que ao sucederem nos levam a uma reacção diferente pela experiência já vivida...

Momentos de tristeza, aqueles em que nos sentimos no fundo do poço, em que chegamos ao nosso limite. Momentos de felicidade, que muitas vezes nem os valorizamos como devemos, mas momentos em que estamos bem, nada naquele momento nos afecta, que sentimos uma paz interior incrível, em que sorrimos francamente a sério. Momentos secretos, que só nós conhecemos e não dividimos com mais ninguém, e que sabem tão bem recordar...

Momentos únicos, momentos nossos, momentos especiais, momentos que a qualquer momento estão bem presentes na nossa retina... que fechamos os olhos e temos a capacidade de os vivenciar outra vez.

E a vida é isto... Momentos!

Quero que muitos dos meus momentos fiquem bem gravados na minha memória ao longo da minha vida. Eles passam e devemos viver ao máximo o presente e cada momento novo. Momentos dificeis jamais se esquecem, mas têm tendência a perder a sua força com o passar dos anos e acabam por se tornar ténues lembranças porque há que ter a capacidade de saber respeitar o passado, mas nunca ter medo dele ou deixar que seja um fantasma preso no nosso presente, momentos que passaram e no momento presente devemos tirar apenas a lição do que aconteceu.

 

Não devemos perder de vista que temos ainda que viver muitos momentos únicos futuros e que as escolhas de hoje podem condicionar as de amanhã.

 

Hoje vivi um momento especial e de grande felicidade, o futuro adivinha-se mais risonho e mais momentos especiais e felizes podem acontecer... cá estarei sempre pronta para os receber de braços abertos...

 

 


tags:

publicado por Sheila às 16:55
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

Terça-feira, 2 de Março de 2010
Serenamente contagiante...

Momentos serenamente contagiantes que enchem os meus dias de luz, carinho, afecto e tranquilidade. Momentos singelos e puros que me transmitem sorrisos e serenam o meu coração num final de dia...

 

 

 

 

"Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira" (Goethe)

 



publicado por Sheila às 23:05
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Domingo, 20 de Dezembro de 2009
Momentos de Natal... passado... presente... recordações

Não me canso de dizer que a vida é feita de momentos...

Tenho andado ausente e tenho imensa pena, mas esta última semana foi para esquecer.

O ritmo tem sido alucinante... demasiado trabalho, demasiadas horas na empresa e pela noite dentro, e demasiado stress no cumprimento de deadlines... Ando numa ansiedade (quase infantil) para que chegue o Natal... a Inês também mas por outros motivos completamente diferentes lol. Anseio sobretudo por fazer uma paragem de ritmo, de reunir a família e os amigos, de esquecer por uns dias a desmotivação que tenho sentido a nível profissional..  Optimismo é obrigatório! Mesmo!

Como sou bem disposta por natureza e em jeito de época de Natal aqui deixo momentos especiais. Uns pertencentes a um passado mais longínquo, outros mais recentes, mas todos reflexo de boa disposição, sintonia e alegria partilhada.

 

 

Natal de 2003 - A Inês ia a caminho dos 2 aninhos e neste Natal deu as chupetas ao Pai Natal... eu ainda "jogava" na equipa dos (v)intes! Saudades...

 

 

 

Natal 2008 - a Inês não tinha os dentes da frente LOL

 

 

 

 

 

Natal 2009 - a Inês cada vez mais crescida e eu a ficar mais velha lol

 

E para terminar nós...

 

 

 

... desejamos a todos um Feliz Natal, com muita saúde, bem estar familiar, harmonia, tranquilidade, amor e amizade...

e que no vosso sapatinho encontrem o que mais desejem.

Beijinhos Doces

 

 



publicado por Sheila às 02:13
link do post | comentar | ver comentários (31) | favorito
|

Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009
Momentos de Ternura

 

 

 

 

 

 E esta ternurinha é o Twiggy, o nosso novo membro na familia desde 28 de Agosto. Só foi díficil na primeira noite, porque sentia a falta da mãe, mas desde ai até agora tem sido espectacular ver a sua adaptação dia após dia.

Adora dormir, mas tem também os seus momentos de brincadeira, de correrias, de saltos. Um encanto! Momentos de ternura é o que sinto sempre que olho para ele. Desejo que seja feliz connosco ( e que não nos estrague muita coisa cá por casa...)

 

Excelente Semana!

 



publicado por Sheila às 23:20
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
|

Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009
Epílogo de uma história...

 

"Trago dentro do meu coração,

Como num cofre que se

não pode fechar de cheio,

Todos os lugares onde estive,

Todos os portos a que cheguei,

Todas as paisagens que vi através

de janelas ou vigias,

Ou de tombadilhos, sonhando,

E tudo isso, que é tanto,

é pouco para o que eu quero.”

 

Fernando Pessoa

 

Há momentos na vida que nos marcam, que nos fazem crescer e que têm o seu ciclo de duração. Quando encerramos um capítulo damos início a um novo ciclo. Não é fácil aceitarmos e convivermos com o fim de alguma coisa. Mas devemos aproveitar estes momentos e pensar que tudo o que nos acontece na vida pode ser re-avaliado no futuro, independemente daquilo que sentimos hoje.

É curioso pensar que o que nos acontece de bom no presente pode um dia vir a ser considerado mau, assim como o que hoje consideramos mau pode num futuro ser visto como algo bom!

No presente temos a tendência para nos sentirmos tristes ou felizes com as surpresas da vida, mas quantas vezes nos acontece mudarmos de opinião mais tarde, face ao desenrolar da vida e ao encadeado de passos que damos dia após dia.

Ninguém consegue vislumbrar o futuro e tudo depende do que se suceder no futuro, depende do ângulo com que vamos analisando as situações e não podemos esquecer que nós próprios ao evoluir, crescer e mudar de atitude e forma de pensar ao longo da vida vamos também tendo diferentes pontos de vista sobre os acontecimentos.

 

Acima de tudo não podemos nunca desanimar, temos de procurar os pontos positivos em cada situação por mais frustrante que seja, por mais triste que seja o nosso estado de alma, temos de acreditar que existe algo de positivo ali que nos vai ajudar a recuperar o nosso sorriso.

 

A vida vai sendo feita de momentos únicos, momentos bons, momentos de escolha, momentos maus, momentos intensos, momentos calmos, momentos mágicos, alguns vão mesmo ficar bem gravados na nossa memória ao longo da vida, outros perdem a força com o passar dos anos acabando por serem ténues recordações.

 

Reviver o passado não nos faz mais felizes por mais feliz que ele tenha sido, mas pode sempre trazer uma pitada de tristeza mesmo que tenha sido bom. Devemos saber respeitar o passado mas não ter medo dele, foram momentos que já passaram, e no momento presente devemos tirar apenas deles a lição do que aconteceu ou deixou de acontecer. E ao viver o momento presente, não devemos perder de vista que temos ainda de viver muitos momentos únicos futuros e que as escolhas de hoje podem condicionar as de amanhã.

 

Vai haver sempre muita coisa boa para viver!

 

 

 

 

Querido Diogo, obrigado pelo teu email, pelo video que publico aqui no meu cantinho, pelo teu carinho, por essa força e coragem que demonstras hoje, face aos acontecimentos passados, presentes e futuros da tua vida. E parabéns pelo sucesso profissional. Ficaste lindo (já és aliás :P) na foto do J.N. Estarei sempre por perto e a fazer votos sinceros para que o futuro te traga rapidamente a felicidade que tanto mereces. Beijo enorme amigo! E nunca te esqueças que ainda há muita coisa boa para viver!

 

 



publicado por Sheila às 23:34
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|

Domingo, 19 de Julho de 2009
Momentos de Festejar!

 

Desde algum tempo atrás que na vida faço por manter dois ficheiros distintos no meu interior.

Ao primeiro dou o nome de "arquivo morto" e ao segundo de "experiências".

 

No ficheiro do "arquivo morto", coloco todas aquelas lembranças que me causaram algum tipo de dano, que me colocaram em conflito com os meus próprios sentimentos: de erros cometidos e que jamais pensei em cometer, de desilusões que tive e não consegui ainda perdoar, da lembrança de amigos que falharam na hora em que mais precisava deles, de um amor que não deu certo, daquelas situações de uniões de alguém conhecido que acabam em desastre e até hoje se procuram os culpados, as frustrações, os desencantos, a raiva, o ódio por determinada situação e todos os sentimentos que de uma forma ou de outra me têm desiludido e magoado ao longo dos últimos tempos.

 

Preciso de me livrar destes pesos desnecessários. Tenho necessidade de me renovar para viver dias melhores, libertar-me de determinados sentimentos de uma prisão chamada "passado".

 

No ficheiro das "experiências", faço por guardar comigo e levar para onde for, as imagens e os detalhes dos momentos felizes, das situações difíceis que superei, das vezes em que dei a volta por cima, das lágrimas que chorei mas que consegui secar, da mão que estendi para alguém, do abraço que dei, que recebi e senti paz e alento, da alegria de ter amigos, da esperança que me socorreu várias vezes, do beijo bem dado e daquele bem recebido, do amor correspondido, daquela pessoa que me é muito especial, daquele trabalho que foi especial e me deu alento, enfim todos os sentimentos que me ajudaram a ser forte e me impulsionam para a próxima batalha.

 

Guardo um cantinho para os erros, acho saudável que eles existam na minha vida. Para mim eles servem de espelho para que não tropece no mesmo caminho que já conheço. Hoje sou uma pessoa mais selectiva, mais racional e embora tenha um sexto sentido apurado, prefiro dar tempo ao tempo e não ter pressa de formar uma opinião imediata e irrefutável.

 

Acho que temos que estar sempre prontos para a luta, porque a vida é a eterna batalha entre o bem e o mal, entre o sonho e o pesadelo, entre a esperança e o desânimo, entre a guerra e a paz, entre o amor e o ódio, entre o trabalho e a preguiça, entre os estudos e a ignorância, entre a visão e a cegueira, e só faz uma distinção entre as pessoas: busca os vitoriosos, entre os que lutam e não se acomodam, os que fazem mais e reclamam menos, entre os que preferem ver o lado bom em tudo aos que em tudo só sentem o mal, entre os que decidiram ser felizes e os que se acomodaram com a dor e o desalento da infelicidade e da pena.

 

É o momento de festejar sim, o que foi bom, guarda e aprende.

O que foi motivo de dor, descarta no lixo das emoções passadas.

Acima de tudo temos que estar preparados para seguir em frente e vencer.

 

Tenham uma Excelente Semana!

 



publicado por Sheila às 23:32
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

Quinta-feira, 25 de Junho de 2009
Um momento cheio de alento

Ora aqui está um grande momento de alento!

 

Do baú das minhas recordações e lembranças felizes... este é sem dúvida um dos momentos que me faz sorrir de imediato, que me transporta para a fantasia e que me faz sentir que afinal não estou só, mas momentaneamente acompanhada pelas minhas memórias!

E esta foi tão boa!

 

 

... e se algum dia ficar desempregada...

talvez tenha futuro como Minnie!

Beijinhos!

 



publicado por Sheila às 02:54
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|

Quarta-feira, 17 de Junho de 2009
Haja paciência... e venha alguma paz de espírito!

E hoje que não está a ser um dia particularmente fácil ou agradável, sinto vontade de me abstrair nesta música, que me transmite calma e paz! É incrível o poder que a música tem em nós, de facto!

E o meu problema não é romântico como retrata a música, apenas mais uma desilusão de "amizade" para juntar à colecção que a vida teima em impor!

 

Enjoy!

 

 

 

"Something always brings me back to you.

It never takes too long.
No matter what I say or do

I'll still feel you here 'til the moment I'm gone.
You hold me without touch.

You keep me without chains.
I never wanted anything so much than to drown

in your love and not feel your rain.

Set me free, leave me be.
I don't want to fall another moment into your gravity.
Here I am and I stand so tall,

just the way I'm supposed to be.
But you're on to me and all over me.

You loved me 'cause I'm fragile.

When I thought that I was strong.
But you touch me for a little while and all my fragile strength is gone.

Set me free, leave me be.
I don't want to fall another moment into your gravity.
Here I am and I stand so tall,

just the way I'm supposed to be.
But you're on to me and all over me.

I live here on my knees as I try to make you see that you're
everything I think I need here on the ground.
But you're neither friend nor foe though I can't seem to let you go.
The one thing that I still know is that you're keeping me down.
You’re on to me, you’re on to me and all over...
Something always brings me back to you.

It never takes too long."

 

 



publicado por Sheila às 15:46
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

Domingo, 14 de Junho de 2009
É hora de brilhar!

 

E cá estou eu de regresso a este meu doce refúgio :)

Melhor que as mini-férias foi termos recebido a noticia que o meu marido tinha sido o escolhido para uma posição muito boa numa conceituada empresa em Lisboa.

Salamanca acolheu-nos doce e calorosamente e proporcionou-nos momentos de imensa cultura, excelentes passeios e de uma perfeita e doce sintonia...

Regressámos com o sabor de uns dias bem passados (prometo fazer um post sobre Salamanca e publicar as fotos muito brevemente) e com a vontade de olhar de frente para o futuro.

A partir de amanhã renascem sonhos, novos desafios se adivinham e a força de viver volta a ser rainha!

 

Para ti meu amor o meu desejo que amanhã inicies esta nova etapa da tua vida em pleno.

Nunca te esqueças que todos nós trazemos connosco estrelas que a vida nos concede.

Estrelas de brilhar, estrelas de crescer.

Estrelas de encontrar o caminho do sonho que se persegue.

Saber reconhecer os brilhos e as estrelas é o nosso destino.

Brilhar é acreditar na força que as estrelas têm.

Que leves as estrelas no teu coração e que te ajudem a iluminar o caminho deste novo desafio!

Não te esqueças de viver com os 3 E's que brilham das Estrelas: Energia, Entusiasmo e Empatia. 

O amanhã nasce do que tu sonhas hoje!

 



publicado por Sheila às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|

Terça-feira, 26 de Maio de 2009
A vida é feita de Momentos!

 

As nossas memórias não são lineares como a seta do tempo em que passado, presente e futuro se seguem em ordem cronológica.

Há momentos que se sobrepõem uns aos outros na nossa mente, arrumados na escrivaninha da memória em pequenas gavetas, organizados pelos nossos afectos.

Certos dias, agarramos o momento presente e vivemo-lo com ousadia e garra.

Outros dias, deixamos o tempo correr como se estivessémos a ver um filme e estivessémos alheados de nós mesmos…

Há momentos que são oportunidades que foram adiadas, recusadas, ignoradas; oportunidades que voltam ou talvez não.

Há momentos que são dobragens improváveis de outros dias, como se o tempo fosse um disco riscado e ficasse repetidamente a tocar a mesma faixa.

Não esperar demasiado tempo para viver, não acelerar o querer que ainda não é existente.

Não desejar o momento inalcançável e não desperdiçar o momento que se oferece como perfume em flor.

 

Segue a estrada da vida sem medo e sente-os! Vive-os!

 

Porque A vida é feita de momentos!



publicado por Sheila às 12:09
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

Segunda-feira, 25 de Maio de 2009
Sensibilidades...

 

Fácil é ocupar um lugar na agenda telefónica.

Difícil é ocupar o coração de alguém. 

 

Fácil é julgar os erros de outros.

Difícil é reconhecer os nossos próprios erros.

 

Fácil é ferir quem nos ama.

Difícil é curar essa ferida. 

 

Fácil é perdoar a outros.

Difícil é pedir perdão.

 

Fácil é exibir a vitória.

Difícil é assumir a derrota com dignidade. 

 

Fácil é sonhar todas as noites.

Difícil é lutar por um sonho.

 

Fácil é orar todas as noites.

Difícil é encontrar Deus nas pequenas coisas. 

 

Fácil é dizer que amamos.

Difícil é demonstrá-lo todos os dias...

 

Fácil é criticar os demais.

Difícil é melhorar-nos a nós mesmos... 

 

Fácil é pensar em melhorar.

Difícil é deixar de pensá-lo e realmente fazê-lo..

 

Fácil é receber.

Difícil é dar. 

 

Fácil é ler este texto

Dificil é pô-lo em prática...

 



publicado por Sheila às 18:52
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|

Terça-feira, 19 de Maio de 2009
Ciúmes!

  

 

O ciúme é como uma figura de um baralho de cartas no jogo dos relaccionamentos!

 

Numa relação a dois temos inicialmente o naipe de copas. Há um rei e uma rainha.

Às vezes intromete-se um valete chamado ciúmes! Chegam com o naipe das espadas, sejam eles damas ou duques, mas as copas tentam sempre ter o trunfo na mão, um certo poder ou o ás da sedução e do desejo, ou o ás de ouros da confiança que o valete, seja de que naipe for, não conseguirá abalar!

 

Nas relações de amizade e entre várias cartadas e jogos baralham-se as cartas, entre duques, ternos, quadras, senas, manilhas ou ases, poderá haver um valete (ou uma dama) chamado ciúmes. Tempos passam em que cartas do mesmo naipe se unem em cartolinas amarelecidas pelo tempo e nada mais as separa, mas por vezes o baralho da amizade também fica parado num estojo, guardado numa mesinha de jogo forrada a tecido verde e já ninguém joga! Tudo porque um valete ou uma dama, de paus ou de espadas prevaleceu e conseguiu atingir todas as outras.

 

Há sempre a esperança de um tão esperado dia em que novas mãos recolhem as cartas, querendo aprender o jogo, e duques, ternos, quadras, quinas, senas, manilhas, ases, reis e rainhas regressam à dança de mão em mão, reavivando o que outroura um simples valete (ou dama) chamado ciúmes deixara adormecido.

  

No “jogo” dos relaccionamentos, tal como num baralho de cartas, todas elas são necessárias ao objectivo do jogo, cada uma com a sua pontuação é certo! Mas no jogo dos afectos não pode haver valetes ou damas que prevaleçam, mesmo que apareçam nos quatros naipes de um simples baralho de cartas!

  

Os amigos não se perdem... se deixaram de o ser é porque nunca o foram!

 



publicado por Sheila às 21:43
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|

Sexta-feira, 15 de Maio de 2009
Amizade Colorida

 

As Cores dos Amigos

 

 

Amigos são "cores",

cada qual com o seu matiz,

e um jeito sempre muito marcante!

 

 

Há o Amigo "cor verde"

é aquele que em tudo

ressalta a beleza da Vida

e põe esperança nela.

Ele nos ergue !

 

Há o Amigo "cor azul"

ele sempre traz palavras

 de paz e de serenidade,

dando-nos a impressão, ao ouvi-lo,

  de que estamos

em contacto directo com o céu

ou com o profundo azul do mar.

Ele nos eleva !

 

 

Há o Amigo "cor amarela"

ele aquece-nos assim como o sol;

Ele faz-nos rir, sorrir e

visualizar o amarelo brilho das estrelas

bem ao alcance das nossas mãos.

 

Há o Amigo "cor vermelha"

é aquele que domina as regras de viver,

e é como o nosso sangue.

Ele acusa perigos, mas nunca nos abala a coragem.

É pródigo em palavras apaixonadas

e repletas de caloroso amor.

 

Há o Amigo "cor laranja"

ele traz-nos a sensação de vigor, de saúde.

Ele enriquece o nosso espírito

com energias que são verdadeiras vitaminas

para o nosso crescimento.

 

Há o Amigo "cor cinza"

ele ensina-nos o silêncio,

a internalização e o autoconhecimento.

É um indutor a pensamentos e reflexões.

Ajuda-nos a nos aprofundarmos em nós mesmos.

 

Há o Amigo "cor violeta"

ele traz à tona

a nossa essência majestosa,

como a dos reis e dos magos.

As suas palavras têm nobreza,

autoridade e sabedoria.

 

Há o Amigo "cor preta"

ele é mestre em mostrar

o nosso lado mais obscuro,

com palavras geralmente duras,

Atinge-nos sem "anestesia" 

mas com boas intenções,

e leva-nos a melhorar e

a considerar as nossas

atitudes perante a vida.

 

 ... E há o Amigo "cor branca"

este revela-nos verdades

nascidas da vivência

e da incorporação de conhecimentos.

Ele prova-nos que, não só ele,

mas também todos os outros,  

têm verdades aprendidas

para partilhar conosco.

 

E se os reunirmos a todos num Grande Encontro,

veremos um enorme arco-íris de Amizade!

 

Que na nossa vida tenhamos este matiz de amizades!

 

 

 

Imagens de Penny Black


publicado por Sheila às 11:48
link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito
|

Domingo, 10 de Maio de 2009
Há dias assim...

A vida é feita de momentos!

 

Os de hoje são de puro e doce relax... no conforto do lar e do meu sofá em especial, num "difícil" confronto com a televisão lol. Lá fora o céu cinzento também ajuda a este momento de dolce fare niente e que, aproveitando mais um intervalo no filme que estou a ver, me faz ver que já há muito não passava momentos tão tranquilos e relaxantes e me faz sentir como é boa a felicidade intima destes pequenos momentos!  Que são mágicos e são tão nossos!

 

Feliz Aniversário Bruno! Que o teu dia tenha sido feito de doces e felizes momentos!

 

Tenham uma boa semana!

 


sinto-me: tranquilidade

publicado por Sheila às 19:23
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Pequenos Grandes Momentos...

* Momentos

* Serenamente contagiante.....

* Momentos de Natal... pass...

* Momentos de Ternura

* Epílogo de uma história.....

* Momentos de Festejar!

* Um momento cheio de alent...

* Haja paciência... e venha...

* É hora de brilhar!

* A vida é feita de Momento...

* Sensibilidades...

* Ciúmes!

* Amizade Colorida

* Há dias assim...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
eXTReMe Tracker
* Doces Refugiados (desde 3 ABR 2009)
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!