Domingo, 30 de Agosto de 2009
Os Olhos do Coração

 

 

 

"Certa vez um homem estava no deserto e claro, por lá só havia areia...

Ele segurava a areia entre os dedos e queria que ela ficasse...  e não escapasse.

Finalmente, como não encontrava a fórmula de fazer a areia permanecer na sua mão,

começou a chorar e as suas lágrimas caíram sobre a areia.

E, surpreso, viu que a areia agora não mais escorregava das suas mãos.

Compreendeu que o sofrimento tem o seu valor...

Que as lágrimas fazem com que a areia não deslize...

Que o sofrimento pode irrigar as ideias e tornar as colheitas da mente mais abundantes."

 

 

Germano de Novaes

 

Lidar com o sofrimento não é fácil!

As pessoas constroem muros em vez de pontes porque já foram magoadas, rejeitadas, desiludidas, desencantadas ou traídas e estes muros tornam-se imprescindíveis para a sua sobrevivência.

Muitas preferem permanecer isoladas do que abrir uma porta e arriscar a sofrer de novo.

Há pessoas que não constroem um só muro, mas grandes e impenetráveis muralhas.

Mas um dia, uma janela esquecida é a abertura para o muro deixar de fazer sentido.

Não conseguimos viver a vida em sofrimento e é preciso acreditar que quando sentimos a "porta" fechar necessitamos de ter a força suficiente para procurarmos a "janela" mais próxima e evitar os muros e as muralhas nas nossas vidas!

 



publicado por Sheila às 00:25
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|

Quarta-feira, 6 de Maio de 2009
Há certas horas na vida

 

 

Uma mistura de sentimentos faz-me escrever este post.

Há certas horas em que não precisamos de um amor, não precisamos de paixão, não ansiamos por nada material. Do nada uma doença que chega silenciosamente abala a nossa vida por completo... e tudo o que até aqui considerávamos importante assume uma dimensão tão minúscula! Há certas horas em que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado, o estar ali, quietinho, ao nosso lado ... sem nada dizer ...

Há certas horas, quando sentimos que estamos para chorar, que desejamos uma presença amiga, que nos ouça, que nos mime, que nos faça companhia e que nos faça sorrir e acreditar. Apenas alguém que nos faça sentir o quanto é nosso amigo e que a sua presença nos faça sentir que está ali connosco. Este é o sentimento que invade uma pessoa que faz parte da minha vida. A minha cunhada Adelaide, a quem dedico este post.

Querida Laida

 

Há certas horas na vida que temos que ser fortes, para ti esta etapa da tua vida é das mais difíceis por que alguma vez passaste.

Quero dizer-te que vamos estar sempre ao teu lado, que o nosso ombro será o teu ombro. A nossa companhia, carinho e presença será infinita.

Lembra-te sempre que...

Deus não nos criou para nos sentirmos derrotados perante os problemas e os obstáculos que a vida nos apresenta.

Deus não nos criou para nos deixarmos levar pelo desânimo e tristeza que bate, por vezes, à porta do nosso coração sempre que alguma coisa não corre bem.

Quando parece que o sonho se desfaz e aparece aquela ruga no rosto, sinal de toda uma preocupação que nos ocupa a mente e passa a viver no pensamento nunca deixes de acreditar que o amanhã, à luz de um novo dia, tudo poderá parecer menos grave e sem o impacto inicial causado.

À pequenez da minha fé, sabes que não sou católica praticante, que não acredito num Deus mas acredito na protecção de uma força poderosa (que teimo em não personificar) que existe e que nos acompanha sempre.

Esta força acompanha-nos, coloca-nos em situações em que temos que evoluir mas não coloca nos nossos ombros um peso maior do que aquele que podemos suportar.

As experiências desagradáveis, pelas quais passamos na vida servem para evoluirmos, para fortalecermos o espírito, enriquecer os nossos conhecimentos e a darmos valor às pequenas grandes coisas que temos na vida. A dor e a tristeza tornam-nos mais fortes... os sentimentos negativos são inimigos perante os quais não podemos esmorecer, e sabes porquê?

Porque ao evoluirmos e lutarmos contra um cancro o gosto da vitória será sublimemente doce e reconfortante!

 

Sabes que não tenho o hábito de rezar, mas hoje quando me chegou a sms do R a dizer que ias começar a quimio, não pude deixar de o fazer. Prometo-te que todos as noites farei uma oração por ti, pela Marina e por todas as Mulheres que enfrentam a dura realidade de lutarem contra um bicho cruel chamado cancro de mama!

 

Beijo doce pleno de força, coragem e esperança!

 


sinto-me:

publicado por Sheila às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Os Olhos do Coração

* Há certas horas na vida

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
eXTReMe Tracker
* Doces Refugiados (desde 3 ABR 2009)
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!