Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2010
Limites para Voar?

 

 

 

 

Gosto de voar, de dar liberdade à imaginação, de sentir as rédeas da vida nas minhas mãos e projectar as minhas vontades, sonhos e desejos na ténue linha da minha realidade.

 

Comecei o ano a voar ligeiramente mais baixo do que é habitual.

Mas e mesmo mais em baixo não desisto do meu voo e não deixo de observar ou desejar o teu.

Como é bom voar devagar como um beijo que se dá sem a preocupação com o que está para além dele.

 

Um beijo ou um voo fazem parte da eterna sucessão do pousar e levantar, porque sempre existirá quem voa pelo simples prazer de o sentir, ou por gostar de contemplar as coisas de um modo diferente e mais pessoal.

 

Quando decido voar, o ar à minha volta confunde-se com a vontade e logo ali se forma um vórtice capaz de agitar o meu mundo. Nem sempre é a força que faz deslocar os objectos, ou que produz sentimentos, ou que despoleta paixões, ou desencadeia ilusões. Sem dúvida que a nossa vontade e determinação em voar é a nossa maior força.

 

Há dias que consigo voar mais alto do que é habitual em mim. Por vezes niguém repara, até porque a diferença não está no voo, está na altura em que se pratica o voo. Um voo em si é simples: impulso interior, agitação da vontade, um pouco de intensidade emocional, um pouco de leviandade e lá estamos nós no ar sem saber bem porquê. Quem voa não se apercebe da dificuldade que têm em voar aqueles que não sabem. É sempre bom superar as dificuldades ou sonhar em fazer qualquer coisa que saia do habitual.

Voar para quem voa é trivial. Voar para quem não voa é uma impotência muito íntima.

 

Há dias em que não consigo voar. Há pessoas que implicam com a possibilidade de voos. Pessoas demasiado agarradas à mesmisse de sempre, ao marasmo do conformismo. Talvez porque não sabem, ou porque não querem, ou porque não desejam, ou porque incomodam, ou porque, e para elas, voar é fútil, e caminhar é bem mais estável. E dou por mim a achar que caminhar é de facto aquilo que a maioria pratica. Afinal andar é só pôr um pé à frente do outro e depois seguir o movimento e praticar a rotina.

 

Voar é bem diferente! Além das asas da vontade, é preciso ter coragem.

É preciso ter os olhos bem abertos, porque o acto de voar só se consuma quando se consegue avistar o mundo de distinta feição.

Quem voa não se contenta em andar...

Quem voa gosta de voar...

... e de ver por onde voa.

Num voo não há limites... ou, pelo menos, não devia haver!

 



publicado por Sheila às 10:23
link do post | comentar | favorito
|

4 comentários:
De pingodemel a 11 de Fevereiro de 2010 às 11:06
:)


e que nunca nos falhem as asas :)

beijinhos


De Sheila a 15 de Fevereiro de 2010 às 23:24
... nem a coragem de continuar a voar :)
Beijinhos doces


De cuidandodemim a 11 de Fevereiro de 2010 às 14:29
Admiro pessoas como tu, que têm essa imensa coragem de se lançar sem medos e ir em busca do que sonha. Eu vou aprendendo a fazer isso aos poucos, a deixar o medo para trás e de ir em busca do que quero... É difícil estender as asas e voar para quem gosta de ter certezas e os pés bem assentes no chão...
Bjns


De Sheila a 15 de Fevereiro de 2010 às 23:27
Acho que a nossa passagem pela vida é efémera, e devemos arriscar quando a vida nos dá essa oportunidade. Voar só por voar não faz sentido, o sentido da vida é termos objectivos e lutarmos por eles... o voo é o objectivo e a capacidade de voar é a nossa vontade :)... até porque depois de um voo há sempre a altura da aterragem e logo logo os pés voltam assentar no chão :)))
Beijinhos doces Linda


Comentar post

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
eXTReMe Tracker
* Doces Refugiados (desde 3 ABR 2009)
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!