Quinta-feira, 1 de Outubro de 2009
Escrever a Vida em Capítulos

 

Se a vida fosse um livro, podia dividi-la em capítulos. Num primeiro esquisso pensava logo em dividir a vida em capítulos de acordo com as etapas tradicionais; o nascimento, a infância, a adolescência, a vida adulta, o começar a trabalhar, o casamento, os filhos, as etapas do crescimento dos filhos, os netos, a velhice e a morte...

 

Além destas etapas, acho contudo que existem muitas outras que podemos encontrar na nossa vida.  Estou mesmo certa que existem acontecimentos na nossa vida que mereciam só por si um capítulo autónomo. Acontecimentos que surgem e claramente marcam etapas bem distintas no nosso percurso de vida!

 

Há mudanças que marcam etapas de vida: uma mudança de casa faz-nos transportar para novos espaços do nosso quotidiano, faz-nos re-inventar e mudar o cenário da nossa rotina e durante algum tempo vivemos com uma nova disposição dos objectos pessoais que usamos diariamente e adoptamos uma nova rotina face à disposição do novo espaço. O simples facto de mudarmos de emprego, implica também e quase sempre uma mudança de hábitos e ambientes, um conhecimento de novas pessoas, uma mudança nas tarefas diárias, nos percursos e nas relacções. Um novo relaccionamento, seja ele de amizade, amor ou simplesmente profissional marca sempre a nossa vida como um início de uma nova etapa. De alguma forma, qualquer mudança ou alteração faz-nos aprender sempre coisas novas e faz-nos crescer.

Um acidente ou uma doença podem também marcar uma etapa, porque nos marca para a vida, fisicamente ou psicologicamente ou de ambas as formas, e porque nos faz encarar a vida de modo diferente, porque é normal que passemos a dar um valor diferente às coisas, às pessoas, às situações e às atitudes que nos rodeiam.

Uma grande desilusão com algo ou até mesmo com alguém, faz-nos repensar a forma como acreditamos e confiamos no mundo que nos rodeia, abrindo a porta a uma nova fase na nossa vida.

A morte de alguém que nos é próximo, deixa-nos saudades pela sua ausência forçada e permanente, e isso pode ser o início de um novo período, uma nova etapa em que re-aprendemos a viver sem aquela pessoa.

 

Estes acontecimentos podem de facto marcar a nossa vida, no momento em que acontecem fazem-no sem dúvida nenhuma. Mas é com o passar do tempo, quando olhamos para trás, que conseguimos identificar quais destes acontecimentos foram realmente marcantes na nossa vida e nos provocaram uma alteração na forma de estar na vida. É nessa altura que damos valor ao que aconteceu e sentimos que se a nossa vida fosse um livro então estaria ali um novo capítulo.

 

Por mais negativo e cinzento que possa ser um capítulo ou um determinado momento, haverá sempre novos capítulos plenos de novas oportunidades, e novos acontecimentos para podermos viver momentos felizes.

 

A diferença entre o livro e a vida, é que o autor depois de escrever um episódio pode apagar ou alterar o que escreveu, mas na vida os episódios que vivemos não podem ser eliminados e passam a fazer parte integrante da nossa memória. Temos que os aceitar e seguir em frente. Para isso precisamos de um optimismo realista, que nos permita acreditar que conseguimos viver momentos felizes sem deixar de respeitar e aceitar os obstáculos que sabemos que nos vão aparecer pela frente.

 

A vida não é um rascunho que se passa mais tarde a limpo num novo caderno.

Verdadeiramente importante é conseguir manter o prazer de escrever o livro da nossa vida.

 



publicado por Sheila às 23:32
link do post | comentar | favorito
|

18 comentários:
De noitesemfim a 2 de Outubro de 2009 às 00:43
Tens razão minha Amiga, seja em forma de livro, seja em forma de filme a vida não permite o uso de borracha que apague palavras, linhas ou capitúlos ou o uso de rewind.
A semelhança ente episódois não passa mesmo disso, semelhança.
Bonito pensamento, cheio de verdade e realidade.
Tenho-te lido como sempre, mas comentar, como? e para quê?
Vou passar a deixar apenas uma pequena e insigniicante marca da minha passagem como se de um visto se tratasse..
Fica bem e um beijo


De Sheila a 2 de Outubro de 2009 às 02:09
meu querido amigo,
a tua passagem ou marca nunca poderá ser insignificante para mim, pelo contrário diz-me muito e cada palavra que deixas permite-me conhecer-te e valorizar-te ainda mais.
Escreves textos lindos, de uma imensa profundidade, reveladora de sentimentos sinceros e que não aprisionas dentro de ti, o que acho maravilhoso. Nunca percas essa capacidade de amar e de escrever o que sentes e o que faz sentido para ti e que eu muito valorizo e aprecio
Obrigado pelo carinho
Beijinhos doces e o desejo de uma noite feliz


De MIGUXA a 2 de Outubro de 2009 às 12:13
Sheila,

Olá minha querida,

É bom chegar aqui, e serenamente ler o que escreves. Cada texto nos preenche como uma lição de vida...Admiro a tua maturidade, especialmente por seres ainda tão jovem.

Um óptimo fim de semana para ti e teus amores
Beijos doces
Margarida


De Sheila a 5 de Outubro de 2009 às 20:17
:) Olá Doçura linda
A vida é já de si uma grande lição e que nos dá sempre a possibilidade de sermos cada vez melhores :)
Obrigada pelas palavras meigas de carinho :)
Espero que tenhas tido um excelente fim de semana prolongado :) Eu aproveitei bem para passear e descansar e agora paragens só mesmo em Dezembro.
Desejo-te uma excelente semana minha querida, com tudo de bom e dias felizes
Beijinhos doces plenos de carinho e amizade


De Infinito e Mais Além a 2 de Outubro de 2009 às 13:06
Boas! =)

A vida pode ser vista desta forma. Com um livro que se divide em capitulos, textos, frases e palavras. E cada um terá o seu significado real ao que chamamos vida.

Nada deve ser melhor que seguirmos e percebermos que está a dar-nos um grande gozo escrever o livro da nossa vida

Beijinhos


De Sheila a 5 de Outubro de 2009 às 20:19
É verdade meu querido amigo.
O melhor sentimento que podemos ter é mesmo esse: o pleno gozo de escrever o livro da nossa vida!
Beijinhos doces para ti e o desejo de uma excelente semana


De cumplicedotempo a 2 de Outubro de 2009 às 22:37
sinto me por vezes demasiado repetitivo em dizer o quanto me sinto cumplice com os teus textos
mas mais uma vez não lhe posso retirar nem por uma virgula
Será este um capitulo extra que se pode escrever no livro de todos nos ?, sim talvez
porque muitas das nossas historias de vida se cruzam e misturam nos sentimentos, momentos passados e na forma com a encaramos
escrevemos cada qual a nossa , e dos actos palavras e das palavras actos se vão encerrando e abrindo novos capítulos , pedaços de vida
somos autores em cada minuto que passa , narradores de cada momento passado
e tal como disseste e bem minha amiga

"A vida não é um rascunho que se passa mais tarde a limpo num novo caderno.
Verdadeiramente importante é conseguir manter o prazer de escrever o livro da nossa vida"

beijo enorme de cumplicidade :)





De Sheila a 5 de Outubro de 2009 às 20:39
Querido cumplice e doce amigo :)
É bom sentir a tua cumplicidade e após uns dias de ausência é óptimo regressar e ler palavras tão doces e meigas :) Bem haja pelo teu carinho sempre.
É assim que vejo a vida e há étapas que são autênticos capitulos, que marcam e nos impulsionam a viver mais assertivamente.
Que continuemos a ter prazer em viver e escrever diariamente o nosso livro de vida :)
Beijinhos doces e plenos de sintonia e cumplicidade
Desejo-te uma excelente semana


De Sindarin a 3 de Outubro de 2009 às 21:03
Olá amiga! está simplesmente belíssimo esta "divagação" sobre o livro da nossa vida. Adorei. Deixo uma beijoca grande para ti amiga e para a linda Inês. Tudo de bom e bfsemana!


De Sheila a 5 de Outubro de 2009 às 20:43
Minha querida amiga :)
Estive fora estes últimos dias e que bem que me souberam. Dei aqui uma saltada enquanto tenho o jantar a fazer lol nada como rentabilizar o tempo. Mas mais logo prometo fazer-te uma visita. Confesso que já tenho saudades :)
Aqui te envio muitos beijinhos e também para as tuas lindas princesas. Que tenhas uma excelente semana, plena de coisas boas :)




De Selene a 4 de Outubro de 2009 às 10:07
Este post está maravilhoso. Além da mensagem que a vida é um livro que não permite que se apague nada gostei das sugestões de capítulos que deste...
Eu penso que todos os bocadinhos, todas as pequenas coisas que acontecem que perturbam o equilíbrio e nos fazem redefinir a nossa forma de estar e impulsionam a adaptatibilidade são novos capítulos.
Um coisa é certa, não há nada como gostarmos do "livro" que estamos a escrever e de sermos os protagonistas...
Beijo enorme.


De Sheila a 13 de Outubro de 2009 às 00:46
A nossa vivência é como um livro e tudo o que vivemos são capitulos que constituem a história de cada um de nós. Momentos bons ou maus são essenciais para a nossa evolução, são a nossa bagagem e cabe-nos evitar saltar capitulos porque tudo o que nos acontece é de facto importante :)
Grande beijo minha querida, e desculpa a minha resposta tardia :)


De Caminhando... a 4 de Outubro de 2009 às 21:55
Olá!
Tão bom que é ler-te! Entar aqui faz mesmo bem à alma.

Mando-te um beijo muito grande e, espero que esteja tudo bem contigo!

Ps. Agradeço a tua preocupação comigo! Está tudo a caminhar para algo que espero muito bom :)
Obrigada pelo carinho terna amiga!



De Sheila a 13 de Outubro de 2009 às 00:48
Minha doçura linda
E sempre que me visitas, não duvides que deixas o teu encanto e a magia do teu carinho :)
Desejo que a tua caminhada continue tranquila e risonha e muito feliz :)
Beijo muito doce e terno


De Just Moments a 5 de Outubro de 2009 às 10:32
Olá Fofusca Linda,

A diferença entre Nós e um livro, é que não podemos reescreve-lo!!

Apenas seguir em rente com as decisões que tomamos todos os dias!
E que sejam sempre as melhores possíveis para que o no final possamos escrever um livro repleto de felicidade!

Beijos lindos ..adorei como sempre!


De Sheila a 13 de Outubro de 2009 às 00:50
Olá Fofusca linda :)
É verdade e também acrescentava que nem podemos saltar capitulos na nossa vida!
Que continuemos a sentir a grande satisfação de escrevermos dia após dia mais uma página do livro da nossa vida :)
Beijo cheio de carinho
Até breve amiga


De Marta M a 5 de Outubro de 2009 às 11:48
Katy:
Bonita "viagem escrita" sobre as metáforas da vida, às vezes doce (como é a tua linha) e às vezes amarga (como é, tantas vezes, a vida)...
Tens razão é uma pena não ser possível passar a "limpo" certa épocas...
Abraço e até qualquer dia!
Marta M

Nota: Não te cheguei a responder, mas não, não era eu no Parque Verde. Há algum tempo que não ando por lá.
Com pena ;)


De Sheila a 13 de Outubro de 2009 às 00:54
Olá Marta :)
É verdade, às vezes é pena não podermos passar a "limpo" algumas coisas, mas se formos positivos o suficiente conseguiremos perceber que mesmo alguns momentos menos bons das nossas vidas têm uma razão de existirem. É dificil eu sei :)
Desculpa só hoje conseguir responder, também eu vou passando aqui a correr. Espero que esteja a correr tudo pelo melhor e que estejas a gostar da nova rotina.
Grande beijo para ti amiga


Comentar post

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
eXTReMe Tracker
* Doces Refugiados (desde 3 ABR 2009)
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!