Quarta-feira, 8 de Maio de 2013
Cats Love
Zora - a menina
 
 
Zucky - o menino
 
Os manos - Zucky e Zora
 

 

Muitas saudades deste cantinho :)

 

Algo especial na minha vida nos últimos meses são estes novos inquilinos cá de casa :)

 

Apresento o Zucky e a Zora, dois maravilhosos Bosques da Noruega :) e que nos fazem companhia já desde Outubro de 2012.

 

Vou tentar regressar calmamente a este refúgio. Tenho recebido muitos emails pelas publicações ligadas à Tiroidectomia Total a que me submeti há quase dois anos atrás e sinto que devo continuar a escrever sobre o assunto e a dar o meu contributo para que este problema de saúde seja encarado da melhor forma :) Prometo rapidamente escrever deixar mais relatos :)

 

Beijinhos



publicado por Sheila às 11:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011
O que procuramos?

 

Eu diria que todos procuramos a Dona Felicidade. Às vezes passamos muito tempo a tentar encontrá-la e esquecemo-nos de a procurar no sitio mais lógico de todos: dentro de nós. Há quem encontre a Felicidade no dinheiro, nos bens materiais, no sucesso profissional... tudo é relativo.

Quando sabemos que encontrámos a felicidade?

Para mim a felicidade mora bem dentro de nós, é nos nossos gestos, comportamentos, palavras, sentimentos que revelamos se somos felizes.

Se formos pessoas felizes creio que encontrámos a felicidade. Encontro a minha em pequenos momentos da minha vivência: ao acordar de manhã (mesmo quando me custa horroress levantar da cama), a cada beijo do meu rei e da minha princesa, em cada palavra amável e simpática, em cada gargalhada ou em cada regresso a casa, ao meu aconchego, aos mimos daqueles que amo.

Antes de procurar a felicidade... é preciso senti-la primeiro... senão, tenho para mim, que nunca a vamos encontrar!

 

Happy Friday :)

 



publicado por Sheila às 02:33
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Quarta-feira, 16 de Novembro de 2011
Querida Cátia :)

 

Tão bom ler-te.... tão bom! tão bom! TÃO BOM!!!! ehehehehe

 

Quando na última SMS me falaste em crosta eu confesso que fiquei a pensar... mas agora tem toda a lógica a retirada dos pontos logo no dia seguinte à cirurgia... desta forma a pele é obrigada a esforçar-se mais, tal e qual uma ferida que temos e a pele se obriga a proteger. Está linda a tua tattoo... a verdadeira arranhadela de gato ehehe

 

Ai linda o meu primeiro feeling está cumprido... tudo correu bem, e é como te digo quando chegares ao Natal já mal te vais lembrar :))) O 2º feeling veremos no dia 6... mas estou certa que tudo será bom também :) Avisa-me mal saibas o resultado :)

 

Para quem me lê aqui fica a razão deste meu post especial... de alguém muito especial também

 

http://www.atiroidedamel.blogspot.com/

 

Continuação de óptima recuperação :)

 

Beijinhos doces

 

 

 



publicado por Sheila às 23:29
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Há coisas que nos passam ao lado, por vezes...

Possivelmente olham para a foto e apenas vêm um sapo... mas é um sapo "especial" e passa bem despercebido aos nossos olhos a verdadeira razão de ser na escolha deste animal.

Como já sei disto há algum tempo, hoje decidi tirar uma foto e mostrar a alguns amigos (já tinha sido tema de conversa com alguns) que de facto acontece em algumas lojas. No caso desta foto, o fofo sapinho não é mera decoração de montra... a escolha de um sapo recai numa superstição partilhada pelas comunidades de etnia cigana... que vêm no sapo a figura do azar. Havendo um sapo à entrada de uma loja, nenhum cigano entra... é esta a nossa realidade... Talvez com a crise acredito que muitas lojas desistam disto, que a meu ver é completamente discriminativo e baixo!

 

 



publicado por Sheila às 15:55
link do post | comentar | favorito
|

Estou uma lamechas...

das duas uma: ou é das hormonas ou estou mesmo a ficar velha!

 

Mas chorei (acho que andava a precisar) ao ver este video. Esta música é poderosíssima!

 

E os abraços? Um abraço diz-me tão melhor um gosto de ti, ou um que bom que estás aqui!

 

 

 


tags:

publicado por Sheila às 02:18
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 14 de Novembro de 2011
Há dias como o de hoje…

que chego ao final do dia com o sentido de dever cumprido, com aquela sensação de ter feito um bom trabalho.

E é bom, muito bom!

Posso sentir-me cansada, este tempo escuro e chuvoso tem este efeito no meu organismo, mas a satisfação interior que sinto, essa ninguém me tira!

Chegar a casa já tarde, mas respeitar aqueles 20 minutos em que me mimo, é o culminar de mais um dia… um bom dia!

A idade trás-nos serenidade e quietude :)

Existe no entanto aquela parte de mim que me diz (assim baixinho) que ando a perder tempo. O diabo seja cego, surdo e mudo, não me estou a queixar da minha vida ou das minhas escolhas… mas olho para o futuro e não me vejo chegar a lado nenhum. Assusta-me. Apenas isso.

No entanto esta sensação boa, de estar bem (muito bem) comigo própria ninguém me tira… e o futuro é só amanhã e ainda tenho o hoje para disfrutar.



publicado por Sheila às 20:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Delicia :)

Pausa de 3 minutos para ver esta delicia, sorrir (com o coração essencialmente) e deixar uma importante mensagem :)

 

 

Yes... I'm back again :)    {#emotions_dlg.funchal}


 



publicado por Sheila às 16:26
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 18 de Outubro de 2011
4 meses e meio :)

 

 

 

... e tudo tem corrido pelo melhor {#emotions_dlg.blink}

 



publicado por Sheila às 00:02
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Sábado, 20 de Agosto de 2011
Tiroidectomia Total – 2 meses e meio depois

Estou a caminho do 3º mês pós cirurgia. Sinto-me bem e atrevo-me a dizer que estou em boa recuperação.
Pequenas alterações que a cirurgia me trouxe, mas que já quase não há vestígios delas no meu organismo. Vou mais uma vez deixar um pouco do meu testemunho e algumas fotos.

 

Primeiras duas semanas do pós operatório:

 

Passei 2 dias no IPO, como já tinha referido anteriormente, e foi na primeira semana, quando regressei a casa, que comecei a sentir algumas alterações, motivadas não só pela cirurgia mas também pela anestesia geral. A primeira foi a pele da cara extremamente seca, principalmente na zona da testa, quando a minha pele é bastante oleosa até. Depois sentia a voz extremamente rouca, ao ponto de ficar cansada e sem fôlego só de falar por breves momentos. Outra alteração, esta muito chata e que nunca me tinha acontecido, foi a nível dos intestinos: obstipação. Ter vontade de fazer cocó e não conseguir foi para mim a pior das experiências. As fezes estavam extremamente secas e duras e cheguei a ter que comprar “ajudas” para conseguir fazer esta necessidade fisiológica lol. Outra alteração foi no cabelo: tenho o cabelo bastante comprido. Ainda o cortei um pouco antes da cirurgia e precavi-me também com a compra de um shampoo seco. Sabia que nos dias posteriores à cirurgia não iria conseguir lavar o cabelo. A minha experiência com o shampoo não foi das melhores! Quando o usei fiquei com o cabelo cheio do pó branco do shampoo… valeu-me a minha cabeleireira (obrigada Carla) que me lavou o cabelo, estando eu numa posição bastante cómica na cadeira lol literalmente de rabo pró ar! No pós cirúrgico e até tirarmos o penso não conseguimos (e não é aconselhável) esticar o pescoço e levantar a cabeça. Por isso e nas 2-3 semanas seguintes à cirurgia lavei sempre o cabelo no cabeleireiro (na tal posição…). A dizer-vos que o meu cabelo também ficou extremamente seco e baço, mesmo utilizando os melhores produtos de cabeleireiro. Outra alteração que senti foi ao nível dos movimentos do pescoço.
Tive que re-aprender a espirrar e a bocejar. O espirro saía tipo tosse e o bocejar nunca era profundo. A cicatriz parece estar bem, pelo menos as criticas são nesse sentido. Eu como nunca tive nenhuma, o que noto é ainda o sitio dos pontos e uma parte da cicatriz (a meio) está ainda mais grossa e vermelha, parece que a pele não uniu como deve ser… ou que os pontos nesta zona foram mais apertados. Comprei umas compressas em tecido e um substituto de sabão (ph neutro e sem cheiro) para limpar a cicatriz e repito este gesto várias vezes ao dia. Limpo, seco bem e aplico B-Pantene plus alternado com o creme Barral. A cicatriz doí-me e sinto a pele muitas vezes a repuxar por dentro. Dizem-me que é normal e que é a própria pele a restabelecer-se… Não deixo que a cicatriz fique seca e ao colocar creme gordo várias vezes ao dia, sinto-me mais aliviada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 O "V" da Vitória lloll

 

(9 de Junho - com metade dos pontos tirados)
 

Mês e meio depois…

 

Voltei ao IPO pela 2ª vez no passado dia 18 de Julho. As análises já estavam normais, mas continuo descalcificada, e por isso mantenho a toma de cálcio, desta vez combinada com vitamina D3 e acompanhada com mais 2 comprimidos de fixação de cálcio. Não me sinto cansada ou alterada com o medicamento que substitui a Tiroide, estou a tomar Eutirox 150mg. Tenho bastante sono e faço noites/manhãs de sono com mais de 10horas. Sempre que acordo doi-me imenso a cicatriz… creio que seja das posições em que durmo, de me virar, de transpirar e de durante o sono, a pele absorver o creme gordo por completo. Felizmente durmo bem, embora tenha noites que demoro mais tempo adormecer e encontrar a posição em que me sinto mais confortável. A voz continua rouca. Por esta altura a terapia já é esforçar ao máximo e puxar pela voz. Lá vou cantando e aumentado o timbre o máximo que consigo e tenho breves momentos que fico sem voz… mas tusso e a voz regressa. Os espirros ainda não acabam em “im” mas já consigo bocejar profundamente. Tenho saudades de rir às gargalhas… a garganta ainda não me permite esse timbre. Tenho dias que fico preocupada… tenho a sensação que já passou tanto tempo… Começo a semana do dia 25/7 em contagem decrescente para as férias… Os meus intestinos já voltaram ao que eram… e retomei as duas vezes ao dia (the usual) {#emotions_dlg.lol}

O cabelo continua seco e tenho algum receio de o pintar. Um mês pós operatório o cabelo cai-me desmesuradamente. Já me tinham avisado disto… nunca pensei foi passar a mão pelo cabelo e virem tufos de cabelos agarrados aos dedos. Assustador!  Os brancos não perdoam e começam aparecer…aguento 3 semanas a mais do tempo habitual de pintar (ainda bem que consegui ficar a trabalhar em casa) e pinto o cabelo 7 semanas depois do pós operatório. Por esta altura já estou a tratar da minha cicatriz de forma diferente. Deixei os cremes gordos… se no pós operatório me aliviavam as dores, passado um mês comecei a sentir que o facto do creme secar, me fazia doer imenso a pele. Por conselho de uma amiga farmacêutica (obrigada Teresa)e que também já passou pela mesma cirurgia, comecei a usar um gel em silicone, chamado Kelo-Cote. Não é barato, mas compensa imenso. É uma bisnaga de 15ml e custa 40€, e eu estou muito satisfeita com os resultados. Uso duas bisnagas, a normal que coloco à noite e durante o dia aplico outra que tem protector solar, factor 30. Mediante o meu dia ou para onde vá… reforço a protecção solar e uso factor 50 em toda a cicatriz, e por cima do Kelo-Cote.

Retomei a minha vida sexual! Movimentos bem calculados e com muita calma e tudo se consegue na perfeição… Yeahhh llooolll {#emotions_dlg.sarcastic}

 

Parti um dente não sei bem como… e as gengivas doiem-me de vez em quando. Só de pensar na cadeira da dentista tremo por dentro lol Mas ainda não estou em condições de ir ao dentista, de esticar a cabeça e de levar anestesia.

 

2 meses depois

 

A 3 de Agosto estou de Férias em Espanha e comemoro 2 meses de cirurgia com uma bela Paella de Marisco. A voz está muito melhor… já só fica mais rouca se falar mesmo muito. Religiosamentetomo o meu medicamento todas as manhãs. Como já tinha dito no post anterior este ano não fiz praia. Andei imenso a pé e dores apenas tive nas pernas… de resto não senti que o facto de ter sido operada recentemente me tenha alterado.
Por esta altura já estou mais que habituada a andar de lenço ao pescoço, tenho muito receio do sol. Trato da minha cicatriz 2 vezes por dia, com o tal gel de silicone. Não tenho mais dores na cicatriz e não sinto a pele a repuxar. Um dos dias faço a experiência de colocar creme barral à noite, em vez do gel de silicone… e na manhã seguinte tenho dores na cicatriz e à volta do pescoço. Coincidências ou não, arrumei o creme Barral e a minha opção será continuar o tratamento só com o gel de silicone. A minha cicatriz está mesmo com bom aspecto. Os pequenos pontos das extremidades já quase não se notam e nas extremidades a pele colou na perfeição e mal se nota mesmo. Só na pele por cima dos ossos mais salientes do pescoço é que se nota que ainda está um pouco mais grossa, mas a tonalidade passou de vermelha a esbranquiçada. Está sem qualquer dúvida com muito melhor aspecto que há um mês atrás.

 

31 Julho 2011

 3 Agosto 2011

 

Actualmente, e dois meses e meio passados, todas as alterações referidas anteriormente estão ultrapassadas. Nas últimas duas semanas o meu cabelo voltou a ser o que era: brilhante e macio. A pele da minha cara já voltou ao normal também. A voz creio estar totalmente recuperada… já não fico rouca. Os meus espirros já dizem “atchim” e felizmente bocejo profundamente na perfeição. Recuperei as minhas gargalhas… (coitados dos meus colegas). A cicatriz continua óptima… e sem dores. Fiz pausa do cálcio e do fixador de cálcio por alguns dias (de 31 de Julho a 9 de Agosto)… e retomei porque não consigo beber leite, porque sinto os meus dentes muito fracos e interiormente tenho uma vozinha que me diz para continuar a tomar por mais uns meses. Neste momento sinto que a dose do medicamento deverá ter que baixar para os 125mg. Não me sinto mal, mas tenho a sensação que a dose dos actuais 150mg está a ser muito forte. Não alterei o peso, mantenho os meus 49-50kgs. Apenas noto é que estou a ficar com celulite nas coxas e foi muito de repente e atribuo isto ao medicamento. Nas últimas 3 semanas tenho feito km’s a pé, e não tenho ficado parada… por isso esta alteração na pele em sítios específicos fazem-me crer que seja mesmo do medicamento. Espero recuperar com a nova máquina elíptica que adquirimos cá para casa e com algumas alterações no meu regime alimentar. A nível psicológico não deixo que isto me afecte. Depois de ter engordado mais de 30kg na gravidez, de ter aumentado 10 números de roupa, passando de um 34 para um 44 e de num ano ter voltado ao meu tamanho XS-S, sem uma única estria ou celulite… acho que tudo é possível. Não vou negar que isto me preocupa, mesmo que o marido ou os amigos me digam que a idade não perdoa lol mas sou muito teimosa para me deixar vencer pelas desculpas da idade. Esta minha cirurgia fez-me foi ver que há muitas coisas em mim e na minha rotina que têm mesmo que ser alteradas e o meu trabalho nos próximos meses será nesse sentido.

 

 

18 Agosto 2011 

 

Neste momento e quase a terminar as férias, quero marcar consulta de Endocrinologia e passar a ser seguida a 100% e ter a certeza que estou a recuperar bem. Ando mentalmente a preparar-me para umas consultas de dentista… e acho que me vão custar mais que a própria cirurgia e últimas semanas de recuperação lol mas tem mesmo que ser. Os meus dentes sofreram imenso com a minha gravidez e com esta anestesia geral torna-se obrigatório levar este assunto muito a sério. No passado dia 15 de Agosto tentei fazer um bocadinho de praia… ou pelo menos estive 2 horas a sentir os pés na areia, debaixo do chapéu de sol e com o lenço ao pescoço. Mas foi sol de pouca dura e o tempo ficou bastante enublado e desagradável.  Pelo menos deu para sentir o cheiro do mar e mais uma vez sentir que cada momento deve ser sentido, aproveitado e vivido de forma intensa e especial…que nada do que temos é um dado adquirido… porque de um momento para o outro a nossa vida altera-se sem nos pedir permissão.

Mais uma vez digo que esta cirurgia (e recuperação) não é nenhum bicho de sete cabeças. Sentir medo, receio, pânico no pré operatório é normal e é humano de sentir. Eu também o senti. Acima de tudo há que “trabalhar” a nossa forma de lidarmos com a situação, como em tudo na vida, há que ter uma atitude positiva, não entrar em stresses, não vermos problemas onde não existem. A vida é uma passagem e enquanto nos for permitido cá andar, temos e devemos ter a atitude mais optimista e positiva que conseguirmos. Há dias menos bons… vejo-os como um ensinamento para que valorizemos muito do que temos à nossa volta… re-aprendemos a viver, com uma força redobrada e com uma vontade enorme de sermos e de fazermos melhor… principalmente por nós próprios!!

 

 

 La Coruña - Agosto 2011

Até breve, beijinhos doces {#emotions_dlg.redflower}



publicado por Sheila às 17:53
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|

Sexta-feira, 22 de Julho de 2011
Tiroidectomia Total

 

 

No passado dia 3 de Junho submeti-me a uma Tiroidectomia Total no IPO de Coimbra, e vou deixar aqui um breve relato da minha experiência pessoal. Com isto espero conseguir deixar um apoio extra a quem ler este post, a quem estiver a passar pelo mesmo e a quem precisa de muita força e de pensamento positivo. Acreditem que não é assim tão difícil passar por esta cirurgia, que é simples e a recuperação é rápida também.

 

Descobri que tinha um alto, tipo um nódulo mais saliente no pescoço em Agosto de 2009. Estava na praia e foi casualmente que notei e comentei com uma amiga que estava comigo. Na altura não liguei porque desde tenra idade que tinha uma gânglio sebácio debaixo do queixo e ao apalpar o nódulo no pescoço achei que o gânglio tinha mudado de sitio. O tempo passou e o alto foi crescendo lentamente. Nunca tive qualquer sintomatologia de que teria um problema de saúde. Em Maio de 2010, tive duas situações em que desconhecidos me perguntavam o que tinha no pescoço. Foi aqui que senti que algo não estava bem e que o tal alto estava já muito maior. Fiz uma ecografia em Junho de 2010 que veio a revelar a existência de 2 nódulos na Tiroide, de 2,4cm e 3,3cm respectivamente, sendo este último interior e não palpável no pescoço. Seguiram-se meses de exames, biópsias, espera pelos resultados e pedidos de algumas opiniões médicas. Não tinha problemas de Tiroide, os valores das análises estavam normais, mas os nódulos já eram actualmente 4, de origem benigna, e como prevenção deveria seguir para a remoção total da tiroide.

 

Obtive 3 opiniões médicas, todas no sentido de seguir para cirurgia. Apesar de não ter problemas de tiroide, e das análises estarem ok, os nódulos poderiam ser problemáticos no futuro... podendo evoluir de uma situação benigna para maligna.

 

Consegui ser seguida no IPO de Coimbra e apesar de inicialmente pensar que a minha cirurgia seria só em Setembro, acabou por ser antecipada, dado o cumprimento dos prazos de lista de espera e acabei por marcar cirurgia no dia 3 de Junho. Eu tinha imenso medo de ser operada, da anestesia, de algo correr mal. Ficava angustiada quando pensava que a minha qualidade de vida poderia diminuir depois de ser operada... metemos na cabeça que vamos tirar um orgão e que é um problema enorme. Acreditem que não é. Neste momento e a uma semana de fazer 2 meses da cirurgia sinto-me normalissima e a mesma pessoa que era quando tinha a Tiroide.

 

Li imenso e ajudou-me a enfrentar a situação com mais força. E quando lia que era uma cirurgia simples e com uma recuperação rápida pensava muito nisso e de facto é mesmo assim. O que muda na nossa rotina é aquele pequeno comprimido que temos que tomar todas as manhãs em jejum... rapidamente passa a ser um hábito. Também para quem se esqueça um dia, não há problema porque a hormona que tomamos fica no sangue por vários dias e quando há um esquecimento não é necessário tomar dose extra... basta retomar a toma normal no dia seguinte.

 

O dia da cirurgia foi um pouco stressante, não vou negar. Fiquei muitas horas em jejum, apenas molhava os lábios e fui operada às 17h da tarde. A minha cirurgia demorou pouco mais de uma hora. Às 18h30 já estava no recobro, sentia-me bem, tinha a voz rouca e só queria dormir. Não tinha dores nenhumas. Passei dois dias no IPO. Entrei numa 6ªf e sai no Domingo. Para quem nunca foi operado, como foi o meu caso, só custa habituarmo-nos por esses dias de internamento ao dreno. Abaixo da cicatriz colocam-nos um dreno com uma pequena garrafa portatil... re-aprendemos os nossos movimentos com este novo companheiro, mas conseguimos fazer tudo. No 2º dia tomei duche sozinha sem problemas. Tirei metade dos pontos no dia 9 e os restantes no dia 11. Passei a tratar da minha cicatriz dois dias depois de ter tirado os pontos todos. A partir daqui fazemos já uma vida normal... porque felizmente vemo-nos livres do penso enorme que nos fazem no pescoço quando temos alta e que nos protege a cicatriz ainda com pontos. Não tive dores fisicas, mas o adesivo do penso é muito incómodo e arrepanha imenso a pele do pescoço. A partir do momento que começamos a tratar da cicatriz e a colocar creme gordo é um alivio que sentimos. Iniciei com creme barral alternado com o B-pantene Plus. Actualmente e de há umas duas semanas iniciei tratamento com um gel de silicone, chamado Kelo-cote e tenho obtido óptimos resultados. Optei por deixar os cremes gordos de lado pela incompatibilidade com o protector solar de ecran total, que passei a usar sempre que saio de casa. Fiz a minha primeira consulta de pós cirurgia no passado dia 20/6 e voltei novamente ao IPO agora no dia 18 de Julho. Continuo com os níveis de cálcio em baixo e com os suplementos de cálcio e fixador de cálcio... e Eutirox 150. Tive alta do IPO e apesar do médico que me operou me dizer que passava a ser seguida pela Médica de familia, vou optar por ser seguida por um bom endocrinologista... tenho muito respeito pela minha médica que me acompanha desde tenra idade, mas tenho um problema de saúde que deve ser seguido por um especialista nesta área. A minha dose de Eutirox terá tendência a descer.

 

Para quem passa por isto, acreditem que não é assim tão dificil. Creio que devem ter em conta que no periodo em que estamos hospitalizados nos tiram sangue todos os dias, temos que andar com o dreno e a garrafita atrás, eu ainda tive uma dose extra de 6 horas a levar cálcio pela veia. É perfeitamente suportável e tudo se passa. A anestesia também faz efeito rápido e é exactamente como nos contam, apagamos e só acordamos depois de já estar tudo bem. O nosso corpo é a máquina mais bem pensada deste mundo e rapidamente voltamos à nossa rotina. Estive apenas uma semana off... ao fim de duas semanas já conduzia. A ter em mente é que o período de repouso é para cumprir, evitar fazer esforços ou movimentos bruscos e é na primeira semana. Na 2ª semana pós cirurgia já estava a cozinhar e a fazer muitas das tarefas rotineiras de casa (fazer as camas, estender roupa)... importante é medir bem os movimentos e a força que exercemos em cada movimento.

 

Medos a desmistificar e que eu tinha antes da cirurgia: tinham-me dito que iria ser dificil levantar-me sozinha, ou que não iria segurar a cabeça, ou que teria que ficar uns tempos a dormir de barriga para cima. Posso dizer que no recobro dormi a maior parte do tempo virada de lado, na manhã em que acordei tomei um duche e andei pelo meu próprio pé sem quaisquer problemas. Aprendemos a levantarmo-nos da cama para evitar fazer o esforço com o pescoço: deitamo-nos de lado e fazemos força com as pernas e com o cotovelo para levantar o corpo e sair da cama. O penso que trazemos ao pescoço faz-nos sentir a pele do pescoço extremamente esticada e temos tendência a andar de cabeça mais baixada... contornem isso e tentem andar o mais direitos possíveis e evitar a tendência de andar com o pescoço arqueado.

 

Neste momento sinto-me muito bem e espero ter conseguido transmitir alguma calma a quem está a passar por uma situação idêntica. Nada de pânico ou sofrer por antecipação... eu senti tudo isso e hoje vejo que os medos que tinha não têm razão de ser. Tinha medo que me afectasse a voz. De facto fiquei rouca e andei algumas semanas com um timbre de voz muito baixo e rouco. Uma das cordas vocais atrofiou mas cada dia sinto melhoras. Já consigo espirrar e bocejar normalmente (todos os movimentos da garganta ressentem-se com a cirurgia). Nunca tive problemas a engolir e quando estive hospitalizada só comia sopa e fruta cozida, alimentos faceis de engolir. A cicatriz está a recuperar bem, a visibilidade dos pontos começa a desaparecer e a ficar cada dia com melhor aspecto.

 

Este ano o Verão será diferente... nada de praia infelizmente. Ainda pensei colocar um penso sobre a cicatriz... mas não vou arriscar... o receio do sol directo na pele, o receio de alguma alergia faz-me jogar pelo seguro e pensar que haverá mais Verões e para o ano vingo-me da praia :)). Também o iodo de algumas praias não é benefico para quem passa por esta cirurgia. Por isso este ano vamos ter aqui por casa umas férias diferentes, de passeio essencialmente e vamos à descoberta do Gerês e bater toda a Galiza... apesar da crise compensa fazer férias em Espanha e mais uma vez será a nossa escolha de férias. No ano passado foi sul de Espanha, este ano vamos para norte e para a parte mais verde e serena de Espanha.

 

Qualquer dúvida ou desabafo estarei aqui para ajudar no que puder.

 

A quem me acompanha aqui ficam noticias minhas. Estou a recuperar bem e deixo apenas um até já. Habituei-me mais a publicar no Facebook mas prometo dar mais atenção ao meu cantinho tão especial e doce :) mas confesso que o meu refúgio tem sido mais em mim própria, na minha força e vontade de ultrapassar mais esta etapa da vida.

 

Beijinhos doces 

 



publicado por Sheila às 09:29
link do post | comentar | ver comentários (28) | favorito
|

Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011
Vida

 

A vida é uma constante procura...

 

... de conhecimento

... de motivação

... de objectivos

... de informação

... de afecto

... do nosso eu (por vezes)

... de algo novo

... de respostas (a muitos dos nossos anseios e dúvidas)

... de novos rumos

 

mas essencialmente...

 

... de amor, da alma gémea, da felicidade!

 

O melhor da vida é quando encontramos...

 

... e quando  a vida te dá o melhor que tem, não há mais nada que possas pedir!

 


tags:

publicado por Sheila às 16:30
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Quarta-feira, 16 de Fevereiro de 2011
Adoro...

 

… que tenhamos sempre tempo, uns minutos que seja, para aquela preguiça matinal, para enroscarmos os nossos corpos um no outro, entrelaçarmos as nossas mãos, dizermos bom dia enquanto os olhos teimam em não querer abrir e os nossos lábios se tocam ao de leve.

Adoro, adoro mesmo muito… de começar assim o meu dia!

 



publicado por Sheila às 09:56
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 15 de Fevereiro de 2011
Imprescindível...

 

O que é realmente imprescindível nas nossas vidas? Já alguma vez pensaram nisso?

 

Passamos toda a nossa vida a correr atrás de tantas coisas, na maioria materiais... mas o que acho verdadeiramente é que damos pouco valor a pequenas coisas, e que se pensarmos bem, nem nos damos conta do quanto são importantes e imprescindíveis na nossa vivência!

 

Seria incapaz de viver sem:

 

- afecto (amor)

- gargalhadas

- música

- sentido de humor

- sonhos

- imaginação

- criatividade

- calor (tanto de sol como humano)

- amizade

- esperança

- optimismo

- emoção

- movimento

- dinamismo

- ritmo

- carinho

- paixão

- serenidade

- equilíbrio

- paz

 

E tu? Pensa um pouco... não podes viver sem o quê?

 



publicado por Sheila às 16:20
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011
Amar...

 

 

"Olhares... suores...

Toques... tremores...

Ah, o amor e suas manifestações!

 

Com ansiedade e sem pudor

O prazer se vislumbra

Meia luz, penumbra

Êxtase... delírio... amor...

 

Desejos saciados

Sexo... orgasmo... vida...

Quanta beleza contida

Numa simples e sublime acção: amar!"

 



publicado por Sheila às 14:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2011
Espera...

 

... e esta espera pelos resultados

começa a ser difícil de suportar!

Diz o ditado que " quem espera sempre alcança"...

não fiando...

também costumo ouvir "quem espera... desespera!"

Aguardo...

somente para perceber se vou no encalce... se no desespero!

 

 



publicado por Sheila às 17:48
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Terça-feira, 18 de Janeiro de 2011
Arrependimentos...

 

 

Dá que pensar?

 

Mas opto pela 2ª hipótese... fazer sempre, mesmo que o arrependimento venha à posteriori... :)



publicado por Sheila às 14:25
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011
Love...

tags:

publicado por Sheila às 01:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2011
Riscos

  

  

 

Ninguém avança ou melhora a sua vida sem correr riscos. A análise do risco é importante e é necessário estarmos preparados para enfrentar os desafios que vamos atravessar a cada instante.

 

O fracasso é sempre uma possibilidade nas apostas que fazemos. Se este resolver aparecer, temos que estar preparados para aceitá-lo e para aprender com ele tudo o que nos for possível. Para minimizar os riscos e as consequências dos fracassos, podemos procurar dividir a nossa aposta em várias fases e passo a passo concretizá-las. Podemos até errar numa dessas etapas sem invalidar o nosso caminho rumo à meta estabelecida. Esta solução significa transformar o risco inicial numa colecção de pequenos riscos, que vamos domando e enfrentando sem medo, ao mesmo tempo que ganhamos confiança em nós próprios para podermos concretizar o nosso objectivo.

 

Diz o provérbio "Quem não arrisca não petisca", mas não temos de o fazer na totalidade. Podemos progredir em passos mais pequenos e evitar correr alguns riscos desnecessários, ao mesmo tempo que controlamos as perdas em caso de falha.

 

Dividir o projecto, estabelecer pontos intermédios e concretizar cada etapa. No final podemos atingir o nosso objectivo com o nosso conjunto de pequenos riscos alcançados e com a nossa confiança reforçada.

 

O momento perfeito não existe. A vida passa e cada momento é sempre perfeito...


tags:

publicado por Sheila às 22:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

2011

 

 

 


tags:

publicado por Sheila às 22:32
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010
Happy 2011

 

Quase quase a despachar 2010...

 

 

 

 

... que venha 2011 em grande, com muita saúde, paz, boa disposição, carradas de optimismo, muito amor e que nunca nos falte trabalho e dinheiro... são os meus sinceros votos para todos vós :)

 

Beijinhos Doces

 


tags:

publicado por Sheila às 13:46
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

* mais sobre mim
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!
* Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


* posts recentes

* Cats Love

* O que procuramos?

* Querida Cátia :)

* Há coisas que nos passam ...

* Estou uma lamechas...

* Há dias como o de hoje…

* Delicia :)

* 4 meses e meio :)

* Tiroidectomia Total – 2 m...

* Tiroidectomia Total

* Vida

* Adoro...

* Imprescindível...

* Amar...

* Espera...

* Arrependimentos...

* arquivos

* Maio 2013

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Agosto 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* tags

* todas as tags

* favoritos

* Chocolate

* Destino

* FoodScapes - Absolutament...

* O tempo voa...

* Escrever a Vida em Capítu...

* Afastamentos

* As Surpresas da Vida

* Momentos de Ternura

* A força da nossa vitória

* Orgasmo da Vida

* links
* Doces Miminhos
* pesquisar
 
* Doces Visitas (desde 9 MAR 2009)
Hit Counter
* Playlist


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

* Time



More Cool Stuff At POQbum.com

* Contador de Doces Refugiados
free counters
eXTReMe Tracker
* Doces Refugiados (desde 3 ABR 2009)
Vamos concretizar um sonho! Vota Luís Pingu Monteiro!